Não dá para viver na sociedade como se não conhecesse Jesus

Deus nos dá de presente esta liturgia, na qual Cristo fala que precisamos ser uma Igreja em movimento. 

“Naqueles dias, o Senhor disse a Abrão: “Sai da tua terra, da tua família e da casa do teu pai, e vai para a terra que eu te vou mostrar. Farei de ti um grande povo e te abençoarei; engrandecerei o teu nome, de modo que ele se torne uma bênção. Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão abençoadas todas as famílias da terra! E Abrão partiu, como o Senhor lhe havia dito.”

"Quando encontramos Aquele que é o Tudo, a nossa alegria é capaz nos fazer deixar tudo", afirma padre Roger

Na primeira leitura do livro de Gênesis, vemos um Deus que se manifesta. Ele diz para Abrão: “Saia da sua terra”. Na época, Abrão tinha 75 anos, e o Senhor lhe disse: "Saia do meio de seus parentes".

O Senhor quer que nos movimentemos, Ele não quer que fiquemos parados. Abrão não tinha nenhuma segurança humana, o que ele tinha era uma promessa de Deus.

Hoje, o Senhor nos fala: “Vai para terra que eu te mostrar, saias do teu comodismo”. Essa é ordem de Jesus para nós. Tenhamos coragem, pois Deus está com cada um de nós, e Ele nos guiará. Tenhamos a coragem de entregar a nossa vida para Ele.

Jovem, saia das drogas, da vida velha, saia do adultério, dê uma chace para Deus, pois Ele estará com você na sua decisão. Deus o criou para fazer o bem.

Abrão não tinha nada, ele não conhecia o povo que ia encontrar naquela região para qual o Senhor o enviava. A única coisa que Ele tinha era fé.

Deus não teve vergonha de morrer na cruz para que fôssemos salvos, mas muitos de nós têm vergonha d'Ele. Convertamo-nos! Não dá para viver na sociedade como se não conhecêssemos Jesus. O mundo está esperando a nossa conversão, a nossa mudança de vida. O que está faltando, na nossa vida, para que nos comprometamos mais? Tenhamos a coragem de sair de nossa terra.

"Naquele tempo, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e os levou a um lugar à parte, sobre uma alta montanha, e foi transfigurado diante deles. O seu rosto brilhou como o sol e as suas roupas ficaram brancas como a luz. Nisso, apareceram-lhe Moisés e Elias, conversando com Jesus.

Então, Pedro tomou a palavra e disse: "'Senhor, é bom ficarmos aqui. Se queres, vou fazer aqui três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias'. Pedro ainda estava falando, quando uma nuvem luminosa os cobriu com sua sombra. E da nuvem uma voz dizia: 'Este é o meu Filho amado, no qual eu pus todo o meu agrado. Escutai-o!' Quando ouviram isto, os discípulos ficaram muito assustados e caíram com o rosto em terra. Jesus se aproximou, tocou neles e disse: 'Levantai-vos e não tenhais medo'.  Os discípulos ergueram os olhos e não viram mais ninguém, a não ser somente Jesus. Quando desciam da montanha, Jesus ordenou-lhes: 'Não conteis a ninguém esta visão até que o Filho do Homem tenha ressuscitado dos mortos'".

Jesus quis mostrar que tudo vale a pena em vista do Céu. As perseguições, as perdas, as dificuldades valem a pena por causa do Céu.

Vivemos, aqui, mas somos estrangeiros, nosso lugar é o Céu. Estamos de passagem neste mundo. Todo sofrimento passará, só não passará se formos para o inferno.

Como chegar no Céu? Sendo íntimo de Deus, lendo o Evangelho, todos os dias, para escutar o Senhor.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo