Nossa vida precisa agradar a Deus

Padre Edmilson Lopes
Foto: Maria Andréa/Cancaonova.com

"Tú és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja" (Mt 16, 18b).

Olhemos para Pedro e Paulo. Pedro morre crucificado e Paulo morre pela espada. A Palavra de Deus diz que enquanto Pedro era mantido na prisão, a Igreja rezava continuamente por ele.

Talvez alguém da sua família esteja preso em muitas dependências, diante de diversas condições, Nosso Senhor revela como ele(a) será liberto(a).

É preciso manter o coração unido a Deus continuamente. Onde está o seu coração? Ele precisa estar ligado a Deus.

É terrível quando você busca uma estação de rádio e só ouve ruídos. Se você não encontra nada é preferível desligar o rádio. Hoje Nosso Senhor nos convida a mantermos a frequência com Ele.

Se você quer a libertação, a Palavra de Deus nos exorta a mantermo-nos em oração. Vamos ao Antigo Testamento e ver o que é manter-se em oração. Tomemos a história da Rainha Ester, naquele período o povo judeu estava sendo ameaçado de morte. Ela precisava ganhar o favor do rei para manter vivo o seu povo, porém, ela não era uma rainha qualquer, era judia, e diante daquela ameaça de morte, foi tomada de compaixão e decide rezar e motiva o seu povo ao clamor.

Eu digo a você no dia de hoje: não empurre o que é de sua responsabilidade para os outros, tome a situação nas mãos. Prostre-se em oração como fez a Rainha Ester.

"Pedro e Paulo viveram na autenticidade da mensagem aprendida de Cristo"
Foto: Maria Andréa/Cancaonova.com

E eu lhe faço uma pergunta: A sua vida tem agradado a Deus? Ou é uma fachada? Nossa vida precisa agradar a Deus, ela precisa ser coerente. O Senhor desce no meio do fogo se necessário for. Ele é capaz de descer até a nossa miséria. Busque honrá-Lo, coloque-O no centro da sua vida.

Tenho medo de sermos influenciados pelo meio moderno e nos tornarmos pessoas preguiçosas e ainda acharmos que estamos agradando a Deus. Ester, diante da ameaça, se colocou na condição de alguém que necessita do auxílio de Deus Pai.

Pedro e Paulo viveram na autenticidade da mensagem aprendida de Cristo, eles não deturparam a Palavra de Deus, ao contrário, eles a viveram coerentemente a ponto de dar a vida.

Temos visto inúmeras realidades que nos tem cercado no decorrer dos tempos.

Eu sempre penso nessas almas que ainda não experimentaram a Deus, por isso elas fazem parte do meu Carisma, da minha Missão.

Eu me tornei padre por causa de um povo. Eu honro muito a sua doação, porque onde eu não consigo ir, os meios de comunicação chegam. Aí Deus realiza e faz o milagre. Eu e você estamos evangelizando, é uma linda parceria, levamos o evangelho a muitos.

Amados eu poderia ir longe nessa pregação, porém encerro deixando uma meditação sobre a vida desses dois homens, Pedro e Paulo.

Ambos responderam com a vida a pergunta feita por Cristo: “E vós quem dizeis que eu sou?”

Pedro e Paulo viveram para dar essa resposta em toda a sua vida e foram até o fim. E você que resposta dará?

Transcrição e adaptação: Cris Henrique


Padre Edimilson Lopes


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo