Novas todas as coisas

“Eis que faço novas todas as coisas” é uma verdade

Esperamos a gloriosa vinda do Cristo Salvador e a Igreja e a própria Liturgia colocam em nossos lábios esse pedido: ‘Vem, Senhor Jesus!’. Para que chegue esse dia glorioso em que Ele fará novas todas as coisas e, quando Ele fizer novas todas as coisas, não haverá mais morte, nem luto, nem dor.

O mundo novo só acontecerá quando Jesus vier em sua segunda vinda, por isso, nesse dia, o dia da Ascensão de Jesus, Ele nos lembra que é o Espírito Santo que fará a criatura nova.

O Senhor já nos prometeu o Espírito Santo.
Daqui a uma semana estaremos reunidos novamente para celebrar o dia de Pentecostes. Nós temos uma semana para pedir ao Senhor que derrame sobre nós o Seu Espírito Santo, “Dá-me, Senhor, o Teu Espírito Santo”.

É promessa de Jesus esse Batismo no Espírito Santo. O Senhor quer que, onde você esteja, você leve o Espírito Santo. O que você tocar, será tocado por Ele. Seu olhar, seu sorriso vão tocar as pessoas, porque você estará cheio do Espírito Santo. Você mesmo O levará, por estar cheio d’Ele.

O Senhor nos dá de graça o Espírito Santo e quando Ele nos dá, o Espírito vem com os dons. Quando O recebemos, nós recebemos os dons d’Ele, desde o dom “menor”, que é o dom das línguas; até o dom maior, o dom do amor. Não dá para separar as duas coisas: Espírito Santo e os dons.

O dom das línguas dá abertura para todos os outros dons. Nós precisamos desse dom para chegar ao dom maior, que é o amor.

Transcrição e adaptação: Tatiane Bastos

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo