O avivamento passa pela cruz

Ironi Spuldaro
Foto: Wesley Almeida


Bom dia a todos! Reze comigo: "Vinde, Espírito Santo e enviai do céu um raio de Vossa luz. Vinde, Pai dos pobres, vinde, distribuidor dos bens, vinde luz dos corações. Consolador ótimo, doce hóspede das almas e suave refrigério. Nos trabalhos sois o repouso, no calor o frescor, nas lágrimas a consolação. Ó luz beatíssima, inflamai o íntimo dos corações dos Vossos fiéis. Sem a Vossa graça nada há no homem, nada de inocente. Lavai o que é sórdido, regai o que é seco, sarai quem está ferido. Dobrai o que é duro, abrasai o que é frio e reconduzi o desviado. Concedei aos Vossos servos, que em Vós confiam, os sete dons sagrados. Dai-lhes o mérito das virtudes, o êxito da salvação e a alegria perene. Amém."

Hoje é um dia de vitória para nós, porque a glória de Deus virá sobre nós, o próprio Senhor nos diz: "Recebereis o Espírito Santo" (At 1,8). Então, não nos resta outra coisa a não ser nos abrirmos ao avivamento. Diga ao Senhor que você quer ser avivado, quer ser “queimado” pelo fogo do Espírito Santo.

São Lucas, no Atos dos Apóstolos, nos ensina: “Recebereis uma força do alto e sereis minhas testemunhas” (At 1,8). Quando olhamos para os santos e os profetas, vimos que estes sempre foram cheios do Espírito Santo de Deus. A Palavra de Deus é cheia destas experiências. Nós recebemos o Espírito Santo e Ele nos dá coragem e ousadia, por isso precisamos suplicar a presença d'Ele em nossa vida todos os dias a fim de vencermos o mal e vivermos na graça de Deus.

Meus irmãos, carismas abundantes foram derramados sobre nós, e esta é a nossa esperança como São Paulo nos ensinou: “A esperança não decepciona, porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado” (Rm 5,5). Não podemos viver uma vida velha, precisamos ser profetas do avivamento, cheios de esperança; e dessa forma, sermos ousados em nossa fé.

O avivamento é uma graça que todos podem pedir. A beata Helena Guerra, apóstola do Espírito Santo, nos ensina que precisamos ser escravos do Espírito Santo Paráclito, e somente os homens e mulheres avivados no espírito serão, de fato, conduzidos pelo Espírito Santo. Não tenham medo de ser escravos do Espírito, avivados.

Já pude ver muitos sinais da manifestação da graça do Senhor e muitos milagres realizados pelo Espírito Santo na vida das pessoas. O Espírito Santo realiza obras maravilhosas na vida daqueles que se abrem inteiramente ao Senhor.

"Recebereis uma força do alto e sereis minhas testemunhas" (At 1,8).
Foto: Wesley Almeida

 : Veja + fotos no Flickr
:: Comente as fotos no Facebook

 

Porém, quem vive uma vida com o Senhor saiba que muitas perseguições e sofrimentos o acompanharão, visto que o avivamento passa pela cruz. O Pentecostes vem após a cruz. No entanto, não podemos ter medo do sofrimento, o homem avivado [pelo Paráclito] passa pelo sofrimento.

O profeta é um homem do seu tempo, é aquele obediente e fiel à Igreja. A beata Helena Guerra nos ensina que uma verdadeira profecia nunca se coloca em oposição à Igreja e suas autoridades, mesmo que isso gere sofrimentos e grandes renúncias. Os profetas vivem fiéis à Igreja, mesmo quando chegam as "noites escuras".

Quero dizer a você que busca ser cheio do Espírito Santo: se pensa que o Pentecostes o livrará dos sofrimentos, você está muito enganado, pois quando estamos cheios do Espírito Santo, a perseguição é ainda maior. Veja, por exemplo, os sofrimentos que nossa Igreja tem passado, o próprio Papa tem nos falado das dores, das perseguições que a Igreja e ele mesmo têm vivido neste tempo. Tudo isso é fruto da profecia e da graça do Espírito Santo sobre ela.

Meus irmãos, com o derramamento do Espírito Santo recebemos uma missão, um chamado para trabalharmos na vinha do Senhor, os carismas nos impulsionam a nos colocarmos à disposição dos outros. Desta forma, cheios do Espírito nos tornamos profetas do próprio Senhor.

Rezemos: Senhor Jesus, derrama a graça do Espírito Santo sobre nós para que sejamos batizados n'Ele [Espírito Santo] e libertos de todo mal físico e espiritual. Queremos ser profetas, ungidos, cheios do Seu Espírito Santo.

Diga comigo: Senhor Jesus, eu quero ser cheio do Espírito Santo! Quero agora sentir a experiência dos apóstolos em Pentecostes, e quero receber a ousadia para me comprometer com o Senhor e viver no Seu Espírito Santo.

Tenho certeza de que o Senhor está realizando uma obra nova em nós, e, cheios Espírito Santo, somos convidados a perdoar, pois o perdão é a porta de entrada de toda a libertação.

Não tenha medo de ser cheio do Espírito Santo e viver, com ousadia, o avivamento que o Senhor tem desejado a nós.

Deus nos abençoe!

 

 

Transcrição e adaptação: Ricardo Gaiotti

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo