O coração do pastor

OUÇA NA ÍNTEGRA ESSA HOMILIA

Eu não vou fazer uma pregação, eu quero fazer uma partilha de coração. Embora eu esteja falando diretamente ao coração dos meus filhos e filhas, tenho certeza de que Deus vai falar ao coração de vocês.

Primeiro, quero buscar palavras para expressar a alegria de tê-los como filhos e filhas. Vocês são os únicos jovens que são capazes de realizar os desejos mais profundos da minha alma. Tudo aquilo que eu peço ao Senhor, que me faz feliz o coração, vocês realizam para mim. Vocês são mais que filhos e filhas, vocês são as únicas pessoas que realizam o desejo da minha alma, então, minha gratidão a vocês. Eu também quero dizer a vocês que eu não tenho e não sei pensar em ter vida sem vocês.

É muito bom partilhar o coração. Eu quero que as pessoas conheçam a Toca por dentro, e não só por fora. Vocês são a minha alegria, vocês são o presente que o Senhor me deu, por isso eu não tenho medo de perder a minha vida por causa de Jesus; pelo contrário, eu quero perdê-la, mas o Senhor sabe o quanto me dói não ter cada um perto de mim. Eu quero me dar para Jesus, Ele sabe que eu não consigo viver longe de vocês, nem vocês de mim, quando eu falo de distância eu falo da alma.

Digo aos pais: os seus filhos hoje se tornam um pedaço latente do meu coração, lá dentro da alma. Só existe um modo de tê-los perto de mim sempre, só há um caminho: consumir minha vida em Jesus que está em vocês. O Espírito me fala isso, não há outro caminho. Eu não posso, em nenhum segundo sequer, pensar em não dar a minha vida por vocês.

Durante todos esses dias na minha alma há um sentimento de gratidão por tudo aquilo que vocês são. Havia momentos neste encontro que meu grande desejo era abraçá-los e dizer: “Eu não consigo ser feliz sem tê-los perto de mim, sem sentir tudo aquilo o que vocês fazem por Jesus, que também é para mim”.

Tudo que vocês fizeram por causa de Jesus é também para me deixar feliz, é por amor ao Pastor, por isso, a minha gratidão. Vocês são alegria da minha alma, o tesouro mais precioso que Jesus me deu, eu os amo profundamente. E o meu desejo ardente e profundo é retribuir, dar a vocês muito mais, fazer muito mais do que eu faço.

No meu dia-a-dia o melhor olhar para vocês é o de gratidão, de fazê-los felizes apesar do meu cansaço e limitação. Eu, de fato, tenho guardados o anel para colocar no dedo de vocês e sandálias para seus pés, quando vocês errarem, porque eu os amo gratuitamente.

Vocês sabem que o musical de ontem foi um desejo de minha alma, aquilo que essa juventude faz a cada dia, não só aqui, é desejo de minha alma. Eu sei que o maior mistério entre o pastor e a ovelha é o amor que salva e dá a vida.

Filhos, que hoje se consagram, vocês são sem dúvida alguma também a minha Eucaristia, vocês são a presença extraordinária de Jesus na minha vida. Isso me faz um pastor feliz. Quanto mais vocês tiverem feridos, venham a mim, não tenham medo, eu nunca vou deixar de amar vocês. Por isso, vocês podem vir. Eu sei que o tempo às vezes nos machuca, pois quanto eu queria estar com todos, mas o tempo vai passando, as vocações vão vindo. A saudade daqueles que professaram aqui e não estão mais conosco, e se sentirem vontade de voltar, voltem, eu estou aqui para acolhê-los, não quero saber o que você fez, mas vou acolher seu desejo de voltar.

Meus filhos e filhas, minha gratidão neste Tocão por vocês terem realizado os desejos profundos da minha alma, só vocês podem realizar esses desejos profundos dela. Ai de quem falar mal de um dos meus filhos, eu – como pastor – os amos e os defendo. Ai daquele que falar mal de um filho ou de uma filha da pobreza perto de mim, a limitação deles não diminui em nada o amor que tenho por eles, mas faz aumentá-lo.

A vida consagrada extravasa tudo, a via dela é o amor. A vida consagrada é a manifestação livre do amor de Deus. O Espírito Santo chama vocês a darem a vida profundamente por amor, e é assim que eu amo vocês. Eu quero vê-los sempre felizes.

Eu não posso viver sem vocês, eu não consigo viver sem meus filhos e filhas da pobreza. Eu também quero ser ovelha de vocês porque eu também preciso de vocês. A ovelha sou eu. Meus filhos e filhas, amo vocês! Obrigado pela vida e entrega de vocês, se não fosse o amor de vocês eu não conseguiria viver. Que essa partilha faça com que a Toca seja cada vez mais transparente. Vocês são a minha Eucaristia.

Transcrição: Willieny Isaias
Fotos: Natalino Ueda


Adquira esta pregação
pelo telefone (12) 3186 2600


Padre Roberto Lettieri


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo