O drama de Jairo

.: Ouça, esta pregação na íntegra

A filha de Jairo tem uma relação muito difícil com o pai, pois esse é o chefe da Sinagoga. Ela se questiona muito sobre quem é, sente-se muito sozinha, porque o pai é um homem importante e não tem tempo para ela. Ela, então, decide que não quer mais viver porque está cansada de ser a \”filha do chefe da Sinagoga\”, porque é como se não tivesse pai (confira: Lucas 8, 40).

Quantos filhos e filhas são destruídos porque a sociedade exige muito de seus pais, de modo que estes se esquecem de seus filhos! Quantos filhos não fazem esse tipo de experiência negativa porque não confiam mais em seus pais!

Imagine a situação da filha de Jairo, que precisava se reprimir o tempo todo, não podia fazer o que queria, o que gostava, porque era a filha do chefe da Sinagoga… Então, ela começa a \”se matar\” pouco a pouco. E o pai ao ver sua filha nessa situação, vê-se desesperado, porque terá de decidir se quer continuar sendo o chefe da Sinagoga ou começar a ser o pai que nunca havia sido.

E você, como está a sua vida? Se você estiver vivendo um drama na sua vida com seu esposo, sua esposa, hoje, é o dia da decisão!. É preciso que se pergunte se você também é como aquele chefe da Sinagoga. Se você está vendo o seu filho ou sua filha se destruir através da droga, da prostituição, ou se o seu casamento estiver se acabando – pergunte-se, assim como o chefe da Sinagoga, se você deve deixá-lo(a) morrer.

Jesus está lhe perguntando: \’O que você quer fazer: ser pai para o seu filho ou ser o \”chefe da Sinagoga\”?\’

Lázaro sabia que Jesus era um homem de poder, que curava os paralíticos, que ressuscitou Lázaro, expulsou demônios, e fez muitos outros milagres. Mas ele também sabia que seus superiores não permitiriam a entrada de Jesus na Sinagoga e, se assim o fizesse, perderia seu cargo e seu emprego.

Jairo estava vivendo uma grande dúvida, pois não sabia se mantinha seu emprego e perdia sua filha, ou vice-versa. Mas, sua filha estava morrendo, então, se ele não escolhesse por Jesus a perderia.

Além desses fatores, outro problema enfrentado por Jairo era o fato de que Jesus dizia coisas que iam contra a lei de Moisés. E se ele fosse para junto de Jesus, estaria aceitando tudo o que estava sendo dito por Ele, em toda a Galiléia.

Ao ver Jesus, Jairo se prostra a Seus pés e Lhe suplica: \”A minha filhinha está prestes a morrer, venha, ponha a mão sobre ela para que ela viva\”. Alguma coisa acontece com esse homem, ele a quem todo mundo reverenciava, coloca-se aos pés de Jesus e Lhe pede a cura de sua filha. Ele, finalmente, se decidiu a se tornar pai, a amar a sua filha, a dar mais valor a ela do que a seu cargo.

Jairo, nesse momento, vive uma situação que, muitas vezes, nós também vivemos. Tudo parece cair aos pedaços e nós não sabemos o que fazer. Quantos de nós temos dramas horríveis na vida e sentimos que Jesus se afastou de nós. Quantos fatos acontecem que parecem paralisar a nossa caminhada espiritual, mas Deus nos permite esse momento de pausa para que possamos escolher.

Enquanto ainda estavam a caminho da casa de Jairo, veio alguém e lhe disse: \”Não perturbe mais o Mestre, sua filha morreu\”. E o que Jesus diz para ele e também para nós é o seguinte: \”Continuem tendo fé!\”

Muitas vezes, na sua vida, você chega a uma caminhada em que fica desesperado, parece que a vida acabou, sua esposa(o) foi embora, seus filhos estão drogados e você já não tem mais esperanças. Nessa hora, parece que Jesus não está mais ao seu lado. Parece que tudo acabou.

No momento em que Jairo chora lágrimas amargas, por ter perdido sua filha, que está morta, branca, fria…, ele vê que do outro lado, Jesus nada faz. Ele se desespera e se lembra do tempo em que Jesus parou para dar atenção à mulher que estava sangrando há doze anos e talvez pense que se Ele não tivesse parado, talvez sua filha tivesse tido tempo para ser curada. Mas Jesus lhe diz: \”Tenha fé\”.

Se a sua vida não faz mais sentido, se você se sente morto na alma e no espírito, é aí, nesta hora, que Jesus pega em sua mão e lhe diz: \”Levante-se, tenha força, tenha coragem!\”.


Padre Antonello Cadeddu


Fundador da Comunidade Aliança da Misericórdia

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo