O lava-pés como significado da Eucaristia

Padre Fernando Santamaria
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

O contexto deste dia é o Tríduo Pascal de Nosso Senhor Jesus Cristo. Teremos a grande oportunidade de avaliar as promessas de Deus para nós. Dentro do Tríduo Pascal, estamos fazendo memória de Nosso Senhor Jesus Cristo, que instituiu o sacramento da ordem para que fizéssemos memória d'Ele. Hoje, é o Dia do Sacerdócio, é o dia de orarmos pelos padres, pelos sacerdotes, a oração é o maior presente que podemos dar a eles.

Jesus deu o Seu mandamento: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei!”. Deus demonstrava, no lava-pés, que um dos significados era o “amor serviço”. O lava-pés é o significado da Eucaristia. Quando Jesus fez este gesto de grande amor, estava nos concedendo a chave da Eucaristia. Mas esta é muito mais! O Senhor se entregou ao Pai para a nossa salvação. A Eucaristia celebrada é a Páscoa acontecendo.

“Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou. Logo, se eu, vosso Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar-vos os pés uns aos outros. Dei-vos o exemplo para que, como eu vos fiz, assim façais também vós. Em verdade, em verdade vos digo: o servo não é maior do que o seu Senhor, nem o enviado é maior do que aquele que o enviou. Se compreenderdes estas coisas, sereis felizes, sob condição de as praticardes” (João 13, 13-17).

Jesus é o Mestre, é o Senhor, é o único Salvador, Ele é tudo!

O Senhor, o Kyrios, atribuído a Deus, não é pronome de tratamento. São João, apresenta, em Seu mistério, o verdadeiro Deus e o verdadeiro Homem: Jesus.

Quem lavava os pés das pessoas na época de Jesus? Os escravos, ou os filhos lavavam os pés de seus pais. Mas Jesus não é Filho de ninguém; no entanto, lavou os pés de todos os Seus discípulos por amor! O Senhor não precisava lavar os pés de ninguém para mostrar que era Deus, mas Ele fez isso para mostrar que o amor é sempre humilde, que o amor é trabalho!

Quem é o Senhor? Jesus! Ele é o maior, é o Senhor! Deu-nos o exemplo para que nós, que somos menores do que Ele, tivéssemos esse exemplo de amor uns com os outros. Nós vivemos em um mundo marcado pelo individualismo, no qual não dependemos de ninguém. Há muitas mensagens no ar que querem nos mostrar que não precisamos uns dos outros. Muitos estão fechados no individualismo.

"O céu se abre para derramar as graças, mas os corações precisam estar abertos para recebê-las!", ressalta padre Fernando
Foto: Wesley Almeida/ Cancaonova.com

Jesus nos deu esse exemplo para que não fiquemos em nós mesmos, pois o outro precisa de nós. É um dado de humanidade: nós precisamos uns dos outros, mas precisamos uns dos outros com amor! Ninguém deu mais à humanidade do que o Senhor, pois Ele se doou e tem se doado por cada um que se ordena; por isso, é sempre Jesus a quem você encontra em cada comunhão, é Ele quem nos batiza e está sempre conosco.

Você tem um trono de graça à sua disposição, aonde você possa se achegar com segurança? Pois Ele deu prova de que nos ama com esse amor de serviço. Acorde para este trono! Você não está só!

Jesus está sempre próximo, mas Ele não quer só lavar os nossos pés, quer também lavar a nossa mente, os nossos relacionamentos, as nossas famílias. É muito triste quando o Senhor quer derramar bênçãos, graças em nós, mas não o percebemos.

“Semelhantemente, vós outros que sois mais jovens, sede submissos aos anciãos. Todos vós, em vosso mútuo tratamento, revesti-vos de humildade; porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes. Humilhai-vos, pois, debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele vos exalte no tempo oportuno”
(Pedro 5, 5-6).

O céu se abre para derramar as graças, mas os corações precisam estar abertos para recebê-las!

A Palavra de Deus é para o nosso relacionamento, porque Deus dá a Sua graça aos humildes. A humildade é muito mais do que algo que possamos enxergar no outro, é muito mais do que um gesto físico. O humilde não dá ordens para Deus, ele espera, pede. Diante do Senhor, reconhecemos que o lava-pés é para nós também! O lava-pés não é apenas um gesto, mas um estilo de vida para reconhecermos que há um trono de graça ao qual podemos nos achegar com confiança. Se Deus não lhe dá aquela graça que você está pedindo a Ele, é porque Ele reserva outras a você!

Deus é o Todo-poderoso, e nós precisamos d'Ele cada vez mais! O orgulho é uma praga muito grande dentro da humanidade! Temos de lutar contra o "homem velho", que está em nós e que não quer aprender que dependemos de Deus. Não é um fardo confiar plenamente em Jesus; muito pelo contrário, podemos e devemos confiar n'Ele!

O lava-pés nos dá significado, nos faz entender a Eucaristia. É bom compreender, mas o significado profundo só irá acontecer se o colocarmos em prática. É na prática da Palavra de Deus que recebemos a misericórdia. Não podemos desistir dos outros nem de nós mesmos! Se há esse trono, por que nas situações mais difíceis não recorrer a ele? A nossa sinceridade tem de ser aberta para receber Deus!

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida


Padre Fernando Santamaria


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Facebook

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo