O nome de Deus é santo

.: OUÇA ou ASSISTA esta pregação na íntegra :. "Ele é a expiação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. Eis como sabemos que o conhecemos: se guardamos os seus mandamentos. Aquele que diz conhecê-lo e não guarda os seus mandamentos é mentiroso e a verdade não está nele. Aquele, porém, que guarda a sua palavra, nele o amor de Deus é verdadeiramente perfeito. É assim que conhecemos se estamos nele: aquele que afirma permanecer nele deve também viver como ele viveu". (1Jo 2,2-6) Eis se sabemos se O conhecemos, não um conhecer bíblico simplesmente, mas um conhecer experimental. É dessa maneira que sabemos que O conhecemos, quando experimentamos a Deus, respeitando os seus mandamentos. "Eis como sabemos que o conhecemos: se guardamos os seus mandamentos. 4Aquele que diz conhecê-lo e não guarda os seus mandamentos é mentiroso e a verdade não está nele".(1Jo 2,3-4) Quanto mais guardamos os seus mandamentos, mais cresceremos em Deus. Você quer sentir a cada dia o amor de Deus? Viva os mandamentos. "Aquele que afirma permanecer nele deve também viver como ele viveu" (1Jo 2,6). O tentador, nos engana dizendo que Deus é autoritário, mas isso não é verdade. Os mandamentos existem porque Deus sabe todas as coisas e só quer o nosso bem. Ele só quer que vivamos conforme Ele mesmo viveu. E como não sabemos viver da maneira d'Ele, Ele deixou para nós os mandamentos. Talvez para você seja demais viver como Jesus, então viva como Maria; e se ainda for muito, viva então como José.


.: DEPOIMENTOS: O que esta pregação causou na vida de algumas pessoas


Jesus deixou para nós o seu Espírito Santo para nos plasmar, dar a nós o movimento certo. O Espírito Santo nos move. Se você segue as moções do Espírito, Ele vai movê-lo a viver do jeito que Jesus viveu. Eu não sei qual é o seu santo de devoção, mas peça ao Espírito Santo que Ele se mova em você da mesma forma que Ele se moveu no seu santo de devoção. O segundo mandamento é: "Não pronunciará o nome do Senhor em vão". E por que não falar o nome do Senhor em vão? Porque o nome do Senhor é santo. Não devemos usar o nome do Senhor, a não ser para bendizê-Lo, adorá-Lo e glorificá-Lo. O nome de Deus diz o que Ele é. Quando nós professamos a nossa fé em Deus estamos honrando o nome do Senhor. Você percebe que cada vez está mais difícil de fazer isso? Porque cada vez mais o mundo quer fazer o oposto do que Deus quer. Quando você professa a sua fé, você é chamado de "carola", "beato", "beata". Mas é lá que nos devemos professar a nossa fé, porque nós somos luz. Você precisa ser luz nas trevas, mesmo que o chamem de "carola", de "beato". Deixe que as pessoas comentem. Não é para você fazer sermão, mas a boca fala daquilo que o que o coração está cheio. Não se envergonhe do seu Deus, dos mandamentos do seu Deus, da sua Igreja, como você ama a sua mãe. A mãe é um bom exemplo. Ela é mãe, nos ama, mas tem defeito. Você percebe hoje como se tem feito um ataque maciço contra a Igreja para difamá-la. E nós somos tão tolos que a qualquer matéria na TV já acreditamos. Assim como um corpo é feito de células, assim é a Igreja, na qual suas células somos nós. Os defeitos da Igreja somos nós. Mas a Igreja é nossa mãe e devemos honrá-la. O nome de Deus é santo. É proibido rogar praga, blasfemar. Quando uma pessoa roga uma praga ou uma maldição, ela não está falando em nome de Deus, porque Deus é amor, mas ela está chamando o próprio demônio. Você, pai, mãe, tem poder sobre as suas palavras de autoridade. E ao ouvir suas pragas ou maldições o demônio as cumpre [suas palavras de autoridade]. E quantas pragas rogamos contra a Igreja, contra autoridades, filhos, parentes e amigos. Perdoa-nos, Senhor, pelas nossas palavras. "Invoco a Deus por testemunha: juro por minha vida que foi para vos poupar que não voltei a Corinto". (2Cor 1-23). Fazer um juramento é uma coisa muito séria. É como São Paulo fez: "rogo a Deus como testemunha". E tantas autoridades têm feito juramentos com a mão na Bíblia e depois fazem totalmente ao contrário. Nós que seguimos Jesus, precisamos seguir a verdade. O Catecismo da Igreja Católica, fala da importância do nosso nome. Quando você é batizado em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, você é selado em Deus. Quando você comparecer diante de Deus, Ele vai chamar você pelo seu nome. E necessário você honrar o seu nome. Precisamos fazer as nossas coisas, começando o nosso dia em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Não só quando você acorda, mas muitas vezes durante o dia, faça o sinal da cruz sobre todo o seu ser.

Transcrição: Priscilla Rodrigues Fotos: Caio Rigotti

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo