O padre é sinal do sacerdócio de Cristo

Padre Paulo Ricardo
Foto: Wesley Almeida
Estamos no Ano Sacerdotal, convocado pelo Papa Bento XVI. É ele quem nos chama a colocar nossos joelhos no chão e pedir a Deus pela renovação do ministério sacerdotal.

A Bíblia é o melhor manual para entendermos o que é o sacerdote, especificamente a Carta aos Hebreus. Para entendermos o que é o sacerdócio cristão precisamos entender por que um sacerdote é necessário.

Existe um abismo entre Deus e os homens. Olhamos para o ser humano e vemos nossa pequenez; sabemos que precisamos de alguém que nos ajude a entrar em contato com o Senhor. A Carta aos Hebreus fala dos anjos, grandes intermediários entre o Criador e os homens. E quantas vezes confiamos nossas orações a eles para que nossas preces cheguem ao Senhor!

A Carta aos Hebreus nos diz que Jesus Cristo tem um nome maior que o dos anjos, pois qual deles é chamado Filho de Deus? Qual deles pode nos chamar de irmãos? Somos irmãos de Jesus porque Ele tem a nossa natureza humana. Os anjos são sacerdotes intermediários, mas somente Cristo é o verdadeiro sacerdote, que une o céu e a terra, porque Ele é o construtor, é o Pontífice (aquele que faz a ponte).

Enquanto no Antigo Testamento o sacerdócio é de separações; no Novo Testamento, Jesus quer a união. Esta é a diferença entre os dois Testamentos. No Antigo Testamento, os sacerdotes estavam lá para unir Deus e os homens, mas eles tinham um coração que precisava ser transformado.

Olhemos para nós: se dependermos do nosso coração, nós o teremos tão puro a ponto de nos unirmos a Deus? Acredito que não. Jesus é o coração humano capaz de se unir ao Senhor. A Carta aos Hebreus trata isso com clareza no capítulo 5, versículo 7.

A obediência a Deus é o caminho para a união com Ele. No Horto da Oliveiras era o coração humano de Jesus que estava lutando para obedecer ao Pai. Eis a beleza do sacerdócio de Cristo! Precisávamos disso.

Ninguém é sacerdote por sua própria vontade. Ninguém se apropria dessa honra, a não ser aqueles que são chamados por Deus. Então, vocês são chamados para exercer o sacerdócio batismal; e os padres, para exercer o sacerdócio ministerial. Isso quer dizer que precisamos ser sacramentos.

Quantas vezes eu disse: "Senhor, eu O louvo, porque entre os meus filhos espirituais existem pessoas mais santas do que eu".

'O sacerdote é filho de Deus e irmão dos homens'
Foto: Wesley Almeida

As características básicas para ser sinal de sacerdócio são dois adjetivos: fidedigno (digno de fé e confiança) e misericordioso. Isso diz respeito ao sacerdócio com o Senhor e com os homens, pois o sacerdote é filho de Deus e irmão dos homens. Jesus é Sacerdote fidedigno, porque Ele é a Palavra de Deus, que se fez Carne.

Queremos, neste ano, pedir a Deus que nós sacerdotes católicos sejamos fiéis. Essa é a primeira característica de um padre. Um padre não pode inventar modas nem novidades. Ele precisa ser um cordeiro no confessionário: acolhedor e compreensivo.

Jesus é Sacerdote misericordioso porque foi capaz de viver a fragilidade humana. Nós cristãos temos a graça de olhar para o céu e saber que Cristo sofreu e que nenhum sofrimento nosso é pior do que a dor da traição que Ele viveu na Sua Paixão. Ele não é indiferente; Deus sabe pelo que você está passando. Jesus reconhece nossa fraqueza, porque Ele se fez miséria completa por nós ao morrer a morte de um criminoso. Mas foi capaz de transformar essa tragédia em algo positivo. Também o sacerdote precisa ser assim, sinal da misericórdia divina.

No Ano Sacerdotal, precisamos rezar pelos nossos padres, porque eles são homens pecadores e precisam de conversão para configurar o seu coração ao de Cristo. É uma agonia, mas se Jesus viveu essa agonia, também nós podemos passar por ela.

Ofereçamos a Deus preces, súplicas e lágrimas para que os sofrimentos na vida de sacerdotes e bispos sejam um aprendizado para que possamos chegar à perseverança final. Deus dá a vocação aos padres, mas é preciso rezar para que eles sejam firmes e fiéis.

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo