O Pai te consola

Padre Alberto Linero
Foto: Maria Andreia/CN

Hoje Deus fala conosco através do profeta Isaías: “Mas, agora, Senhor, tu és o nosso Pai! Nós somos o barro, tu és o nosso oleiro! Somos todos nós, trabalho em tuas mãos" (Isaías 64, 7).

Isaías foi um profeta, que acompanhou o povo de Deus através do exílio, eles passaram pelos piores momentos, sofreram, choraram, e por isso Isaías pode falar com propriedade porque ele estava sofrendo com o povo.

Infelizmente, o ser humano é desobediente, e quando tudo sai errado, nós culpamos Deus.

O povo não perdeu a fé porque o profeta Isaías falou do amor de Deus e de suas promessas ao povo no exílio, e o povo acreditou nele. Deus cumpriu as suas promessas à aquele povo porque Ele ama o Seu povo. Naquela situação eles experimentaram algo totalmente novo, que nunca tinha acontecido na história da Igreja. Israel descobriu que Deus se revelava a eles como um Pai, e Ele não era apenas um deus, mas Ele era o Deus Pai. Esta foi a maior descoberta para Israel. O povo, mesmo em meio a pior crise, fez esta descoberta maravilhosa.

É fácil descobrir Deus como Pai quando está tudo bem, mas quando se está em crise; isso já não é tão fácil assim. Por isso, mesmo em momento de dor, de tristeza, precisamos descobrir que Deus é o Pai. Abençoado exílio que os fez conhecer Deus como Pai. Se você descobrir Deus como Pai em meio a dor, então bem-vinda seja a dor.

Encontro Latino-Amenricano na Canção Nova
Foto: Maria Andreia/CN

É um grande erro comparar Deus Pai com o nosso pai biológico aqui na terra, porque, nem todos tem uma boa experiência com seu pai biológico. Todos os pais precisam compreender que Deus Pai é o modelo de pai. A palavra pai inspira muitas reflexões, porém eu gostaria de citar quatro delas:

– Em Efésios 1,3 diz: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com toda bênção espiritual nos céus, em Cristo". Deus é Pai e providencia tudo o que nós precisamos para viver, ao invés de reclamar, chorar, incomodar, agradeça a Deus por todas as graças que Ele tem te presenteado. Se você quiser ser um verdadeiro filho de Deus Pai seja capaz de agradecer, porque tudo é benção.

2º – Deus Pai é aquele que nos dá toda a consolação
, como diz São Paulo na segunda carta aos Coríntios 1,3 “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e Deus de toda consolação.” O Pai é aquele que nos consola. Crescer dói, amadurecer dói, porém Deus Pai nos consola. Ele não tira a possibilidade de crescer, Ele nos ajuda a crescer. Deus nos acompanha em todas as nossas dificuldades. É Deus quem nos dá forças para enfrentarmos todas as situações difíceis. Ele está ao seu lado. Deus está com você em todos os momentos, principalmente nos momentos que você mais precisa. Deus está com você, não peça a Ele que tire os problemas, mas peça a Deus forças para vencer os problemas. Deus não tira o seu problema, mas Ele está com você para te ajudar a superar os problemas. O problema durará o tempo necessário para o seu crescimento.

3º – Como correspondermos à paternidade de Deus Pai. Pai tem uma palavra correlativa: filho. Se o Pai é aquele que consola, o filho é aquele que faz a vontade do Pai. Colossenses 1,9 “Quanto a nós, desde que tivemos conhecimento dessas coisas, não cessamos de orar por vós e de suplicar para que chegueis a conhecer plenamente a vontade de Deus, com toda a sabedoria e discernimento espiritual.” Como filhos, precisamos ser agradáveis a Deus.

– Em primeira Tessalonicenses 1, 2-3 “Damos sempre graças a Deus por todos vós, lembrando-nos de vós em nossas orações. Continuamente, diante de nosso Deus e Pai, lembramo-nos da ação de vossa fé, do esforço de vosso amor e da constância de vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo.” Como filhos precisamos sempre trabalhar com fé, precisamos ser profissionais que trabalham com fé. A tua fé é visível? Os cristãos precisam viver uma fé visível, assim seremos barros nas mãos do oleiro que é Deus. Outra maneira de ser barro nas mãos do oleiro e servir com amor. Se você quer ser um barro nas mãos do oleiro, então sirva com amor. Pai, sirva seus filhos com amor. Casais, falem palavras bonitas ao seu cônjuge.

Tenha uma esperança capaz de suportar todas as provas. Aquele que quer ser um barro nas mãos do oleiro precisa ser capaz de aguentar todas as adversidades com Cristo Jesus. Porque quanto maior for a prova, maior será o amor de Deus por você .

No pior momento, Israel descobriu Deus como Pai, faça você também essa experiência, não queira ser mais inteligente que Deus, você é apenas um barro nas mãos do oleiro. 

Transcrição e adaptação: Mariana L. Gabriel

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo