O poder da música cristã

Urbano Medeiros
Foto: Wesley/CN

Aleluia! Louvai a Deus no seu santuário, louvai-o no firmamento do seu poder.
Louvai-o por suas grandes obras, louvai-o pela sua imensa grandeza.
Louvai-o tocando trombetas, louvai-o com harpa e cítara;
Louvai-o com tímpanos e danças, louvai-o nas cordas e nas flautas.
Louvai-o com címbalos sonoros, louvai-o com címbalos retumbantes; todo ser vivo louve o Senhor. Aleluia!

O salmo 150 é um louvor com música instrumental. Davi, mostrando a nós que devemos louvar ao Senhor com sons, porque sons vem de Deus.

Nasci numa região que instrumentos de sopro tem influência muito forte. Quando criança, ouvi meu pai tocando saxofone e senti algo muito forte dentro de mim. Aprendi a tocar no colo do meu saudoso pai. Ele falou: "Este menino tem o dom musical".

Durante muitos anos eu não apliquei este dom para Deus. Talvez por ignorância, por falta de um encontro como este. Mas, um dia aconteceu algo de extraordinário em minha vida. Eu me encontrei com Jesus Cristo. A minha conversão ao cristinanismo foi de uma forma diferente. Morava em meio aos índios na fronteira Brasil, Colômbia e Venezuela. Chegou às minhas mãos um livro que contava a história dos santos. Busquei umas irmãs missionárias salesianas e padres salesianos. Fui educado na fé. Fiz primeira comunhão já grande e consciente, já sabendo o que estava querendo.

Arte é beleza e tem três aspectos: perfeição, harmonia e clareza. Numa pintura, numa dança, num texto, seja o que for. Quando você contempla estes três aspectos é arte. E quando você contempla a arte você contempla Deus. Tudo o que sobre converge.

'A música converte as pessoas', afirma Urbano Medeiros
Foto: Wesley/CN

"Senhor, dá-me o dom da humildade". Trabalhamos com uma coisa difícil. Temos que nos curvar e dizer como sou pequeno diante desta grandeza do Pai do Céu.

Tem músicos fantásticos neste Território Eucarístico. A música converte. A música muda. No Catecismo na Igreja Católica, no número 157, você vai conhecer um homem chamado Agostinho que experimentou de tudo. Ele teve até um filho com uma mulher, vivia experimentando filosofias e não encontrava esta verdade. Um dia ele confessou: "Quantas lágrimas derramei ouvindo seus cantos sagrados na Igreja. Eu nem entrava, mas, algo me puxava". E este homem mudou radicalmente por causa das orações de sua mãe. Só estou aqui por causa do apoio da minha família. Estou aqui porque sou uma pessoa muito bem casada. E viva ao matrimônio!

A música converte as pessoas. Se os discípulos se calarem as pedras falarão. Deus fala pela guitarra, pelo saxofone. A arte grita, a escultura grita! Se cantarmos ou tocarmos a escala das notas musicais podemos ter uma ideia de uma progressão. Tudo tem relação com força imensa de Deus! Tem relação, até mesmo, com sacramentos.

Eu estava uma vez no Paraná. Fui fazer uma palestra num presídio. Havia um preso de alta periculosidade. Ele estava numa cela. Ele falou que queria que eu tocasse uma valsa de sua terra. Eu toquei e me senti livre para tocar uma música para ele. Toquei uma música de Maria. Este homem desmanchou-se em lágrimas e falou para mim que desejava se confessar. saí, o deixei com um padre. Trinta minutos depois voltei e os dois estavam abraçados entre lágrimas. O padre me disse que foi o momento mais sublime de sua vida sacerdotal.

Foi com Dom Aloísio Vitral que aprendi a ser uma pessoa de paz. Aprendi com ele que não ganhamos batalha no grito. Ganhamos moscas, não com barril de vinagre, mas, com gota de mel.

Primeira coisa que o artista precisa: muito amor com Jesus Eucaristia. Tudo de bom e negativo resolvo diante do Santíssimo Sacramento.

Transcrição: Danusa Rego

Veja também:
:: Entrevista com Urbano Medeiros
:: Divulgue sua paróquia na Canção Nova
:: Conheça o conteúdo Canção Nova disponível no iPhone

:: Faça parte do grupo "Eu acesso o cancaonova.com"
:: Escolha um canal e acompanhe a CN on line


Acompanhe as pregações pelo twitter @cancaonova

e retuite a mensagem que mais falar ao seu coração.

Adquira essa pregação pelo telefone
(12) 3186-2600


Urbano Medeiros


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo