O poder da oração

Padre Reginaldo Manzotti
Foto: Robson Siqueira

Todos nós precisamos da cura de Deus. A cura é diária, é constante, por isso entregue sua vida, sua história, sua família, suas feridas nas mãos de Deus.

O amor de Deus se manifestou por Jesus, Seu Filho unigênito.

“Nós amamos, porque ele nos amou primeiro.” (I Jo 4, 19)

As pessoas ficam muito tempo "patinando" na vida espiritual, nos mesmos erros. A nossa santidade precisa crescer e exalar o perfume que ela tem. O começo da vida espiritual é por atração, assim como as plantas são atraídas pelo sol. É preciso ser atraído pelo Deus que é o amor, é sempre importante começar pelo amor, pois pelo medo é perigoso, pelo temor não somente, pois nossa natureza é sermos amados pelo Senhor.

Só o amor cura, mesmo que você esteja em uma situação difícil no seu casamento, em um relacionamento complicado. Só o amor cura.

O primeiro ponto é acreditar no amor de Deus. Se você se der conta deste amor, você não vai voltar atrás, mas vai sempre caminhar para frente, pois sempre vai se lembrar que o Pai te ama. Se me sinto amado por Deus não fico debruçado nem mesmo sobre minhas honras, sobre meus títulos. Ninguém se santifica do dia para a noite, não é o primeiro nem o último acampamento de cura, pois a cura precisa ser constante, quando nos machucamos nos afetos, nos relacionamentos, precisamos estar sempre nesta enfermaria com o Senhor.

Um segundo ponto é querer ser curado. Lembro-me daquele cego e pergunto-me: será que Jesus não sabia que ele era cego? Mas como aquele cego, o Senhor está à sua frente e te pergunta: “o que queres que eu te faça?” Eu preciso querer a cura, eu preciso ir ao encontro desta cura, é fundamental uma atitude. Nós jogamos muito nas costas de Deus, e reclamamos muito da vida, chega de ficar reclamando do passado e colocando a culpa nos outros, se você não pode mudar o seu passado, mude seu futuro em Deus.

"Se você não pode mudar o seu passado, mude seu futuro em Deus"
Foto: Robson Siqueira


O terceiro ponto é a oração
. Nós gastamos muito tempo na oração com queixas, gastamos muito tempo apresentando para Deus nossa lista de compras, e muito pouco tempo pedindo as virtudes espirituais que nos santificam, pois a verdadeira oração leva ao amor. Nós precisamos parar com os fuxicos, com a maledicência. Se estamos falando de cura, o amor precisa ser vontade, precisa ser amor decisão, e não sentimento. Hoje, nós amamos o que convém, enquanto interessa, enquanto me faz bem. Eu não vejo outra forma de crescer se não for pela oração. Na vida de oração você vai ganhando resistência aos poucos, e como ganhar esta resistência? Com disciplina, com fidelidade.

Transcrição e adaptação: Carlos Eduardo

Assista trecho dessa pregação



ADQUIRA ESSA PREGAÇÃO PELO TELEFONE
(12) 3186-2600

Padre Reginaldo Manzotti


Reitor do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe – Curitiba (PR)

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo