O que eu canto me revela

Padre Delton
Foto: Maria Andrea/Fotos CN

“Sim, Deus é a minha salvação! Eu confio e nada tenho a temer, porque minha força e meu canto é Javé: ele é a minha salvação. Com alegria vocês todos poderão beber água nas fontes da salvação". E nesse dia, vocês dirão: "Agradeçam a Javé, invoquem o seu nome, contem aos povos as façanhas que ele fez, proclamem que seu nome é sublime; cantem hinos a Javé, pois ele fez proezas; que toda a terra as reconheça. Gritem de alegria e exultem, moradores de Sião, pois o Santo de Israel é grande no meio de vocês" Is 12, 2-6

Este trecho do profeta Isaías brotou de uma profunda inspiração e de intimidade com Deus. O Senhor deseja nos marcar com pequenos sinais que são grandes coisas. Ele está derramando sinais de profunda entrega em nosso meio, como simples partilhas, entregas…

Devemos ter a experiência de partilhar a vidas uns com os outros. Conversando com Eugênio Jorge sobre a importância da emoção ao cantar, ele disse:“Eu fico muito triste com as pessoas que perderam a capacidade de se emocionar.” Não podemos perder a sensibilidade até mesmo de ficarmos nervosos diante do povo.

Conhecemos e cantamos em nossas missas a tão conhecida “Te amarei” que em suas estrofes diz: “me pusestes uma brasa no peito e uma flecha na alma”, você percebe o que você está cantando, pois é do coração ferido que brota o desejo de conversão. Das feridas que temos deus nos resgata e nos cura. É ferindo-nos que Deus nos cura. “Quem não chora os próprios pecados não pode receber o Espírito Santo” como diz São Simão. Peça ao Senhor que coloque uma brasa em sua peito e não queira viver sem a saudade de Deus.

Muitas vezes, que Deus espera anos para se revelar a nós. Há certas coisa que o senhor quer lhe revelar, mas Ele espera o tempo certo, portanto escancara o coração para aquilo que o Senhor que fazer em sua vida. Não rejeite aquilo que Ele deseja falar com você.

Na Constituição Dogmática Dei Verbum, vemos que o Senhor nos convida a contemplar as maravilhas criadas por Deus. E Ele lhe trouxe aqui para que você ao contemplar essas maravilhas você mude o rumo de sua vida.

“Deus é o primeiro a se revelar” , como diz o Beato João Paulo II na carta aos artistas.

Uma outra música que costumeiramente cantemos é “Doce, doce Espírito Santo”, onde se canta “revelando coisas que eu não sei, mistérios do grande Autor”. Perceba que o Senhor deseja se revelar a você. Queira acolher toda a revelação que o Senhor tem para você.

A Igreja nunca perdeu de vista as pessoas que estão ligadas a arte.  “Quem tiver notado em si mesmo esta espécie de centelha divina que é a vocação artística — de poeta, escritor, pintor, escultor, arquiteto, músico, ator… —, adverte ao mesmo tempo a obrigação de não desperdiçar este talento, mas de o desenvolver para colocá-lo ao serviço do próximo e de toda a humanidade.” Carta de João Paulo II aos artistas. E como devemos colocar a serviço este talento? Você vale mais do que o serviço que você presta. Você vale mais do que o ministério que você participa, ou seja, você não é a sua missão. Sabemos que o agir segue o ser. Antes de tudo, saiba quem é você. E como descobrir quem que é você? Abrace a fé.

Muitos problemas que você e eu vivemos foram criados por nós mesmos. A fé exige exercício, faça a sua fé crescer em qualidade.

"Sejamos músicos a serviço da Igreja"
Foto: Maria Andrea/Fotos CN

 :: Veja fotos no Flickr
:: Veja + fotos também no Facebook


“Em um mundo que suja a beleza de Deus, crer significa tocar a sua mão e ver o seu amor.”
Bento XVI. É lindo de ver que através de nossas composições Deus tem tocado em tantos de nossos irmãos.

Músico, você tem coragem de se doar por Deus? É melhor você ser odiado pelo que você é, do que lhe amarem pelo que você não é.

Você tem buscado estudar? Não seja medíocre. Estude e faça o melhor! Músicos sejam exemplos para o mundo. Padre crescer em seu dom, além de estudar busque viver a doutrina e os ensinamentos da Santa Igreja.

Viva com entusiasmo sua missão de estar a serviço da Igreja. A sua vocação como músico não é apenas uma aptidão, mas é questão de vocação, é Jesus quem lhe chama!

Peça ao Senhor a graça de abraçar a sua vocação! Que ele nos ensine a viver sua vocação com qualidade.

O que você é? Você é você? Não seja aquilo que as pessoas dizem sobre você! Seu ministério não pode ser um lugar que você esconde seus sentimentos frustrados.

Confira trecho da pregação:


Padre Delton Filho


Sacerdote da Comunidade Coração Fiel

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo