O que não cabe a nós, precisamos confiar a Deus

Daniel Godri Junior
Foto: Wesley Almeida
“No terceiro dia, houve um casamento em Caná da Galiléia, e a mãe de Jesus estava lá. Também Jesus e seus discípulos foram convidados para o casamento. Faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: 'Eles não têm vinho!' Jesus lhe respondeu: 'Mulher, que é isso, para mim e para ti? A minha hora ainda não chegou'. Sua mãe disse aos que estavam servindo: 'Fazei tudo o que ele vos disser!' Estavam ali seis talhas de pedra, de quase cem litros cada, destinadas às purificações rituais dos judeus. Jesus disse aos que estavam servindo: 'Enchei as talhas de água'! E eles as encheram até à borda. Então disse: 'Agora, tirai e levai ao encarregado da festa'. E eles levaram. O encarregado da festa provou da água mudada em vinho, sem saber de onde viesse, embora os serventes que tiraram a água o soubessem. Então chamou o noivo e disse-lhe: 'Todo o mundo serve primeiro o vinho bom e, quando os convidados já beberam bastante, serve o menos bom. Tu guardaste o vinho bom até agora'. Este início dos sinais, Jesus o realizou em Caná da Galiléia. Manifestou sua glória, e os seus discípulos creram nele” (São João 2,1-11).

Vocês já ouviram esta passagem muitas vezes. Maria estava em Caná, também Jesus e seus discípulos. Maria percebendo a situação constrangedora no casamento, leva a questão até Jesus e Ele realiza o milagre. O interessante é que a primeira intervenção de Jesus Cristo, a pedido da mãe, é em uma festa. Isso ocorre para sabermos que o Senhor está preocupado com todas as coisas, não só com doenças, problemas, ele também realiza milagres nas pequenas coisas.

Os servos não tiveram preguiça de encher a talha de água; eles, simplesmente, fizeram aquilo que Jesus Cristo lhes ordenou. Jesus podia fazer jorrar vinho de onde ele quisesse, mas ele quis precisar de nós. Aquilo que nos cabe, o Senhor vai pedir para que façamos; o que cabe a Ele, Ele faz.

Nós precisamos do nosso esforço humano e de nada adianta você pedir algo a Deus sem fazer nada para que este algo aconteça. Deus precisa de pessoas que sacrifiquem a sua vontade. Isso é difícil e nós sempre queremos ter o controle em nossas mãos. O milagre aconteceu na hora certa naquele casamento. O Altíssimo experimenta a fé do homem. O Evangelho diz que o vinho era o melhor, pois tudo que passa pelas mãos de Deus volta melhor.

'Deus não atende nosso pedido quando este prejudica outras pessoas'
Foto: Wesley Almeida

Vou contar a você uma história real: “Uma moça trabalhava em uma casa de família e seu patrão tinha várias latas de biscoito um mais bonita que a outra. Esta moça sempre dizia que as latas eram bonitas. Até que um dia esta moça se casou e convidou seu patrão para o casamento. Na festa, o patrão foi até ela para lhe dar o presente. Quando ela o abriu, eram várias latas de biscoito. Ela ficou decepcionada, porque ele era tão rico e tinha dado biscoitos de presente para ela. Ttudo bem que ela achava as latas bonitas, mas não para ganhar de presente de casamento. Como ela não gostou muito do presente, deixou as latas de canto, sequer as deslacrou. Muitos anos depois, seus filhos, mexendo em suas coisas, acharam as latas que ainda estavam lacradas. Eles a abriram e dentro dela havia muitas notas de dinheiro, mas já desvalorizado. Os filhos converteram o dinheiro para a moeda atual e calcularam que havia ali cerca de 120 mil reais. O mais triste é que esta mulher passou a vida inteira pagando aluguel e questionando a Deus por que Ele não a ajudava”.

Deus tem muita coisa reservada para nós. Ele tem presentes inimagináveis, mas nós temos que aceitá-lo e abri-lo. Muitas vezes, o povo reclama da embalagem, porque ela pode ser a mesma de sempre, mas as graças que estão dentro, não. Nós não podemos correr o risco de passar a vida inteira se lamentando, porque Deus não nos deu uma chance.

Quantas pessoas perderam oportunidades por não fazer a parte que lhes cabe. O que cabe a nós precisamos fazer bem feito. Como vamos pedir para Deus abençoar algo mal feito? O que não cabe a nós precisamos confiar a Ele.

Existem algumas coisas que nos impedem de abrir a lata:

A primeira coisa que faz a lata ficar fechada é a falta de perdão. Muitas vezes, não somos perdoados, porque não perdoamos. A primeira maneira de abrir a lata é perdoar.

A segunda coisa que impede a graça de Deus de chegar até nós é o ocultismo. Deus nos chama a ser pessoas de fé que creem em alguém; supersticiosos creem em alguma coisa.

Terceira coisa: não pense que só coisas ruins acontecem com você. Deus é incapaz de mandar um mal a alguém, mas Ele pode usar de uma situação ruim para fazer algo bom. Todas as coisas concorrem para aqueles que amam a Deus. Ele pega coisas ruins e faz disso um bem maior.

A quarta coisa é a falta de fé na oração. Muitas vezes, a lata não se abre pela nossa falta de fé. Aqueles que acreditam veem maravilhas. Tenha fé.

Quinta coisa: nós não sabemos pedir, por isso, às vezes não somos atendidos. Precisamos rezar pela raiz dos nossos problemas.

Sexto ponto é a falta de pedir. Há muitas graças que Deus quer derramar na humanidade, mas nós ficamos presos em nossos mundinhos; a nossa oração precisa extrapolar os nossos muros. Deus tem muito a dar, por isso peça muito, porque Ele pode dar muito.

A sétima tampa pode ser o pecado. Peça o perdão e Ele o perdoará. A autocondenação impede a entrada de Deus. Nós não precisamos pagar por nada, até porque, mesmo que queiramos não conseguimos retribuir a Deus o que Ele nos dá.

Outra tampa é a autopiedade. Há pessoas que gostam de ser doentes, preferem continuar doentes, porque receberem carinho. Nós temos pena de nós mesmos, isso impede que o Senhor se aproxime.

Outro motivo é que Deus nos faz esperar para nos dar a perseverança. Deus quer que aprendamos a perseverar e, por isso, às vezes, ele nos faz esperar um pouco. Nem sempre Deus nos dá tudo de uma vez, para perseverarmos.

Quando nosso pedido influencia um terceiro, a tampa também não pode ser aberta. Não tem como Deus nos atender quando nosso pedido prejudica o outro.

Quantas vezes o Senhor quis lhe dar um presente e você não aceitou? Às vezes, Ele lhe dá o presente de uma forma que você já está acostumado a ver todos os dias, mas a graça esta lá. Tudo que você entrega a Deus, Ele devolve melhor a nós. Confie no Senhor.

Transcrição e adaptação: Pollyana Fonseca

 

 


Daniel Godri Junior


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo