O Senhor nos chama à santidade

Tiago Camargo – Tiba
Foto: Fotos: Maria Andrea

Quando Deus intervém em nossa história é bonito porque tudo se transforma, resolvemos seguir um caminho diferente, uma vida nova. Vocação é chamado.

Nosso coração é inquieto, o tempo todo buscamos o sentido da nossa vida. Se não expressamos isso verbalmente, fazemos isso no coração. O ser humano é o único capaz de ter buscas mais profundas que só podem sair do coração.

Toda vocação exige renúncia, o ato de deixar algo. Em todos os momentos na nossa vida é assim, estamos sempre deixando algo. Muitas vezes, precisamos deixar as nossas coisas para responder a vontade de Deus, para responder a tantas perguntas que trazemos lá no íntimo do nosso coração.

Existe a vocação natural de todo ser humano, que é o se voltar para Deus Pai. Desde o momento em que existimos o Senhor está nos chamando pela nossa natureza. Naturalmente o homem é chamado a fazer o bem e não o mal. Nossa consciência já é a voz de Deus em nossa natureza. Temos a vocação natural do Senhor e também uma vocação extraordinária para sermos santos e irrepreensíveis aos olhos d'Ele (cf. Ef 1,4). Essa é nossa primeira vocação, o chamado à santidade.

Nossa vida é repleta de momentos dolorosos. Estamos condicionados a este mundo, porém, nossa vocação não se limita a essa terra; existe um céu. Coisas que os olhos não viram é o que Deus tem preparado para nós: um céu. O que o Pai tem para nós é muito mais que essa vidinha que temos aqui na terra. Quanto mais nós somos presos às coisas dessa terra, tanto mais sofremos. Nosso coração não pode estar preso às coisas que temos e somos. Alegre o seu coração, pois o sofrimento pelo qual você está passando hoje vai passar. Não coloque seu coração nas coisas da terra, acredite, tenha fé, calma porque tudo vai passar.

"Você tem condições de dar tudo para Deus"
Foto: Fotos: Maria Andrea

Você tem uma missão de Deus Pai aqui nessa terra. Não tenha medo. Abraão foi dócil à vontade do Altíssimo e, mesmo sem saber o que fazer, saiu em direção ao local em que o Senhor queria levá-lo. Depois disso teve o filho, Isaac, um filho predileto. Mas o Senhor quis prová-lo [Abraão] pedindo Isaac em sacrifício e esse grande homem de fé foi até o momento em que Deus viu que ele era fiel.

Nós só conseguimos dar respostas grandes assim se treinamos no amor às coisas pequenas. O primeiro chamado que o Todo-poderoso nos fez é para que sejamos santos, por isso não podemos deixar o olhar d'Ele para nós. Jesus nos olha com amor. Toda vocação parte do olhar amoroso de Deus e de nossa correspondência amorosa.

Toda vocação cristã nasce pelo encantamento por Jesus Cristo. Como o menino dos cinco pães e dois peixes que correspondeu ao olhar do Mestre, dando TUDO que ele tinha, sem se preocupar com o que aconteceria depois. Ele correspondeu, encantado por Jesus. Quando me deixo encantar com Jesus Cristo consigo corresponder a Ele. Não tenha medo, seja forte.

Você tem condições de dar tudo para Deus também, pois para o Senhor não existe tempo, para Ele existe o agora. Ele pode fazer muito na sua vida a partir de AGORA.

O que hoje você pode mudar? Em que hoje você pode dar uma resposta diferente? Precisamos aprender a dar respostas nas pequenas coisas para conseguirmos corresponder ao chamado d'Ele nas grandes.

A Igreja, na sua essência, é missionária. A missionariedade é essência de nossa vida na Igreja.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo