O seu sim nos trouxe a paz

Padre Rodrigo Natal
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

“E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel por Deus a uma cidade da Galiléia, chamda Nazaré. A uma virgem desposada com um homem, cujo, nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta. Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus. E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e por-lhes-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai. E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim. E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum? E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus. E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e éste o sexto mês para aquela que era chamada estéril. Porque para Deus nada é impossível. Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor, cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela. E, naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Judá” (Lucas 1,26-38).

Estamos iniciando maio, mês de Maria, no qual o 'sim' dela nos trouxe a paz. A primeira lição da Virgem Maria foi aceitar o convite do anjo. O Senhor colocou os olhos em Maria e viu coisas lindas. É assim que Deus nos olha, com carinho, e vê coisas belas; não somente os defeitos. No mais íntimo do nosso coração, temos muitas coisas boas, por isso precisamos deixar aflorar as riquezas e belezas que Deus colocou em nós.

O Senhor também faz o convite a nós como fez a Maria. Precisamos ter coragem de aceitá-lo, pois, com este 'sim', podemos transformar nossa casa, salvar nossa família. É preciso resgatar, do mais íntimo do nosso coração, as coisas boas.

A Virgem Maria é exemplo para o mundo!

"A Virgem Maria é exemplo para o mundo!", afirma padre Rodrigo.
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Não podemos ser reservados. Muitas vezes, oferecemos somente as migalhas para Deus, mas precisamos ser mais generosos na doação da nossa vida, nas coisas da Igreja. Ao longo do dia, fazemos muitas coisas e acabamos nos perdendo, esquecemos de buscar o Senhor. Busquemos Nossa Senhora, pois Ela nos encaminhará até o Pai.

Também não podemos deixar as coisas de Deus para última hora, porque acabamos nos perdendo. Devemos fazer bem e abrir as portas do nosso coração, assim como Maria, que foi generosa. Temos de escancarar o nosso coração e deixar o Pai tomar conta da nossa vida.

Muitas vezes, nosso coração é teimoso e acabamos vivendo as situações da nossa forma, mas é preciso que nos coloquemos, diante da Santa Mãe, e nos deixemos ser transformados por ela.

O Senhor nos fez para estarmos de pé e termos dignidade! Portanto, é preciso ter atitude. Deus sempre faz a parte d'Ele, e nós precisamos ser generosos e entregar tudo ao Pai e à Virgem Santíssima.

Entreguemos nossos medos, nossas aflições, angústias, dores, nossos desânimos e problemas a Nosso Senhor Jesus Cristo, pois somente Ele pode transformar tudo. E com o nosso 'sim', assim como fez Maria, aceitemos o Senhor, de todo coração, porque, dessa forma, tudo se faz novo em nossa vida.

Que a Virgem Maria interceda por nós!

Transcrição e adaptação: Thaís Rufino de Azevedo


Padre Rodrigo Natal


Sacerdote da Diocese de Taubaté (SP)

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo