O sofrimento oferecido

.:Ouça esta pregação na íntegra:.

Quem me segurou foi Deus com seu amor de Pai. Quem cuidou de mim foi Deus. Quem me amparou foi Deus…

Quando eu canto essa música, um filme passa em minha cabeça. Lembro-me de todas as dificuldades que vivi sem medo de reviver a minha história.

\”Triunfe em vossos corações a paz de Cristo, para a qual fostes chamados a fim de formar um único corpo. E sede agradecidos\”. Colossense 3, 15

O sofrimento quando não é oferecido vira desespero, angústia, grito, murmuração e tensão alta. Já o sofrimento oferecido nos transforma e dá forças. Não estou dizendo que devemos nos conformar com o sofrimento. O nosso fundador Padre Jonas Abib nos diz que a oficina de Deus é a vida, e que Ele nos formará na dureza do dia-a-dia.

Não podemos acreditar em falsas promessas. Sabemos que o sofrimento faz parte da nossa caminhada. Tem gente por aí desperdiçando-o, mas há uma força imensa no sofrimento oferecido.

Há um tempo, um senhor me pediu para que eu conversasse com sua esposa. Era uma senhora em uma cadeira de rodas que com alegria me dizia: \”Deus é mais do que esta cadeira de rodas, mais do que os meus sofrimentos, mais que minhas limitações.


O que você tem feito com o seu sofrimento?

Na hora do sofrimento somos sempre tentados, e a primeira coisa que pensamos é em nos travar. Dizemos que não daremos conta, que não agüentaremos. Mas Deus não o chamou para viver na angústia.

No mundo de hoje, diante de muitas tensões e vendo o povo sofrer, passando dificuldade, é interessante observar que ele, por mais sofrido que seja, guarda a esperança em seu coração. As pessoas sofrem, mas têm a certeza de que Deus está com eles. Por isso, meu irmão, abra o seu coração para Deus. Triunfe a paz de Cristo em seu coração!

Que vença a paz de Cristo!

O Senhor está falando pra nós: \”Apesar de tudo que você está passando, que triunfe no seu coração a minha paz!\”

Esse é o grito do Senhor que deu a vida por ti:

\”Ó povo meu, que mais eu podia fazer por vocês? Quantas vezes eu chamei por ti? Quantas vezes você não quis me ouvir? Quantas vezes eu te procurei e só encontrei saudades? Quantas vezes quis te dar o meu amor, mas você não me estendeu a sua mão? Porque, me diga por quê? Não consigo entender! Que mais eu podia fazer por você que eu não fiz?

Deus nos chama a sermos intercessores por todos aqueles que estão longe d’Ele. Precisamos aprender a agradecer nos momentos do sofrimento.

Tem hora que parece que não vamos agüentar diante de tanta provação, mas são nesses momentos que vemos o socorro de Deus.

Somos chamados a oferecer ao Senhor o que estamos passando. Quando oferecemos o sofrimento ao Senhor, conseguimos entendê-Lo. Meu irmão, no dia de hoje talvez você esteja mergulhado no sofrimento, mas saiba que Deus o vê. Deixe-O ser Deus em sua vida. Entregue-se a Ele.

Não diga: \”Deus, eu tenho um grande problema!\”. Diga: \”Problema, eu tenho um grande Deus!\”

Transcrição: Claudenilson
Fotos e edição: Anderson Nunes
Áudio: Claudenilson
Correção: Michelle


Diácono Nelsinho Corrêa


Cantor e Missionário da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo