O testemunho de Paulo hoje

Padre Sóstenes
Foto: Célia Grego/Foto CN

:: Leia a liturgia deste domingo

Nós estamos num período especial de Kairos, de tempo da graça de Deus, porque a Igreja vive o Ano Paulino. Neste domingo, somos convidados a olhar para o Apóstolo Paulo. A Igreja nos dá este modelo para seguir. Quando você era criança, olhava aquele herói e queria imitar seu jeito; os santos são os heróis da Igreja, os heróis da fé.

Hoje, celebramos um dia em que marcou a vida desse grande apóstolo, o dia da sua conversão. São Paulo nos dá o testemunho da sua vida, daquilo que ele viveu. É dia de tomarmos posse da vitória de Deus na nossa vida, o Senhor é maior que tudo, maior que nossas faltas e nossos problemas. Faça essa pergunta para o Senhor: “Quem és, meu Pai? Mostre-se na minha vida agora, Jesus; quero deixar de falar aquilo que me disseram e poder dizer a partir daquilo que vi e ouvi”.

Paulo teve seu primeiro encontro pessoal com Jesus Cristo, aquele que venceu a morte, e quer nos ensinar a vencer as dificuldades de nossa vida. O Apóstolo dizia: “Eu tinha o mal no meu coração”. Assim também muitas vezes nós fazemos o mal achando que era bem; o mal nos engana, como enganou a São Paulo. Não deixe que o mal cegue você!

"Não deixe que o mal cegue você!"
Foto: Célia Grego/Foto CN

Paulo queria ir para Damasco, mas ninguém consegue o objetivo final se não está com Deus; faltava algo na vida dele. No caminho para aquela cidade, o Apóstolo escuta uma voz o chamando. Deus chama você pelo nome, Ele conhece você pela palma da mão. Não importa o que você esteja vivendo, Ele está perto. Jesus o chama com voz amorosa como chamou a Paulo.

Jesus diz a você agora: “Por que me persegues?” Cada um de nós tem seus limites, seus pecados; o mais bonito na vida de Paulo é que ele pergunta o que não temos coragem de perguntar: “Quem és tu, Senhor?” E Ele respondeu a Paulo: “Eu sou Jesus, a quem estás perseguindo”. Quando pecamos não estamos somente ferindo a nós, mas a todos os cristãos. O Senhor quer se encontrar com você, assim como se encontrou com Paulo, independente do que você tenha feito.

Primeiro Paulo viveu a experiência do encontro pessoal com Jesus e, depois, o batismo no Espírito Santo. São essas duas experiências que precisamos fazer. Não há como ser um verdadeiro cristão se não vivermos essas experiências. É assim, cheios do Espírito Santo, que iremos levar o Evangelho a todos. As coisas do mundo passam; o que permanece são as testemunhas de Cristo Ressuscitado. Amém.

Transcrição e adaptação: Regiane Calixto


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE (12) 3186 2600


Padre Sóstenes Vieira


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo