Palavra de Deus, nossa riqueza

OUÇA NA ÍNTEGRA ESSA HOMILIA

Como é bonito pertencer à Igreja de Deus, é humor, ou seja, encontramos a alegria. E Jesus garantiu que: “Eu vos disse estas coisas para que a minha alegria esteja em vós. E a vossa alegria seja perfeita.”

Não há outra fonte de alegria perfeita além da Palavra de Deus. É ela que provoca a descoberta do sentido da vida. E por isso nós repetimos aos jovens: “Jovens, procurem descobrir o sentido da sua vida antes de gastar as suas energias”.

Para quem se alimenta da Palavra de Deus as suas energias não são deterioradas, não são esgotadas, porque é promessa de Jesus também: “Aqueles que acreditam em minhas palavras, do seu interior jorrarão rios de água viva.”

O diabo tem medo das pessoas alegres, e a Pastoral da Sobriedade, por tratar de tantas coisas tristes, não pode se deixar contagiar pela tristeza, assim como os médicos não podem se contagiar com as doenças. A nossa alegria é essencial para sermos agentes da Pastoral da Sobriedade.

Nós podemos cantar, tocar e comer, mas temos de nos preocupar com o bem do povo. Sobriedade é um estilo de vida, é não esbanjar nada daquilo que vai fazer falta para o outro, é levar uma vida sóbria. Temos de ser sóbrios. E São Pedro disse: “Sede sóbrios!”, este é um estilo de vida proposto por Jesus Cristo.

A sobriedade faz com que às vezes sejamos generosos até com aquilo que aparentemente vai fazer falta para nós. Mas Deus não se deixa vencer em generosidade e para provar o sabor da generosidade de Deus é preciso ser educado na generosidade como aquela viúva que segundo o Evangelho deu tudo o que tinha.

Muitas vezes, não temos sabedoria e ficamos nos agarrando nas falsas seguranças, pensamos que somos 'grandes coisas' porque estamos dormindo em cama de marfim.

Mas a segunda leitura nos diz: “Tu que és homem de Deus, foge das coisas perversas. Procure a justiça, a piedade, o amor, a mansidão” (1Tm 6,11). Forte não é quem enfrenta, mas quem foge das coisas perversas. É combater o bom combate, e conquistar a vida eterna. É se fixar nas coisas que não passam. Basta-nos pouca coisa para sermos felizes, e uma dessas poucas coisas é estar com a consciência em paz e a certeza de que Deus nos ama.

O centro de tudo o que existe de errado é o apego ao dinheiro: “Onde está o teu tesouro, está o teu coração”.

Eucaristia é assim, quando repartimos os cinco pães, Deus os multiplica e ainda sobram. Morrer rico é falta de criatividade!

A Palavra de Deus é lâmpada que guia os nossos passos. Quem lê a Palavra de Deus, aprende quem Ele é, sua identidade, de onde veio, para onde vai, aprende a amar, perdoar, valorizar. Assim como sabe qual é a sua missão, acredita na presença de Deus, sabe da ressurreição, usufrui desta riqueza que a Pastoral da Sobriedade quer devolver nas mãos daqueles que são dependentes.

Transcrição: Célia Grego
Fotos: Natalino Ueda


Adquira essa pregação pelo telefone:
(12) 3186-2600

Dom Irineu Danelon


Bispo da Diocese de Lins – SP

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo