Para Deus não há caso perdido!

Padre Edimilson – Comunidade Canção Nova
Foto: Maria Andreia/Cancaonova.com

Eu quero aproveitar esse momento para e mostrar a vocês, o que nosso Senhor é capaz de fazer na vida das pessoas. Para Deus não há caso perdido. O Senhor é capaz.

“Sou padre Antônio e minha vida não foi diferente da de vocês sarados. Com 10 anos comecei a usar drogas, fui coroinha mas desviei do caminho. Aos 13 anos experimentei a maconha pela primeira vez. Nunca achei que iria me tornar um dependente químico. Com o tempo comei a traficar. Completei 18 anos fui para Bolívia e aprendi a refinar cocaína. Fui preso e no sexto dia tentei suicídio. Meu irmão que também estava preso, me pediu para que eu não tentasse isso mais.

Quando fui para um encontro, pedi a Deus que me tirasse desse vício, e o pregador falava minha história, e a partir daquele dia eu disse que nunca mais eu mexeria com isso. Mesmo diante de ameaças eu permaneci firme. E recebi meu chamado ao Sacerdócio. ”Eu nunca em minha vida pensava em ser Padre.”

Veja como Deus é fantástico. Ele me permitiu passar por isso tudo para hoje trabalhar com dependentes químicos. Sempre digo aos meus filhos espirituais, se Deus agiu na minha vida, Ele também pode agir na sua, não sou melhor que ninguém.

Padre Antônio e Padre Edimilson
Foto: Maria Andreia/Cancaonova.com

Eu não posso alimentar o homem velho. O mundo la fora Jovem sarado quer te mostrar uma branquinha, eu tenho uma branquinha para oferecer para vocês a “Eucaristia”. “Deus nos dá a verdadeira felicidade, o verdadeiro amor!” Tetemunho Padre Antônio.

 

“Na verdade, considero tudo como perda diante da vantagem suprema que consiste em conhecer a Cristo Jesus, meu Senhor. Por causa dele eu perdi tudo. Considero tudo como lixo, para ganhar Cristo e ser encontrado unido a ele” (Fl 3,8)

Eu sempre amei trabalhar com a juventude, porque também sou filho de Dom Bosco. Indo para a Missão de São Paulo, fiz um apelo aos jovens. Nós nos reunimos, o grupo estava crescendo. E Deus foi provendo o lugar.

”Nós não nascemos para disputar com nenhum outro grupo de Jovens, nós nascemos para arrancar da boca do Diabo, os que estão sendo trucidados, esse é papel dos Jovens Sarados. Esse é o nosso trabalho. 100 milhões de Jovens para Deus.”

"A nós cabe o exercício da Misericórdia, esse é o papel dos Jovens Sarados, diz padre Edimilson."
Foto: Maria Andreia/Cancaonova.com

 

”Nosso alvo, são prostitutas, dependentes químicos, são aqueles que andam vagando sem direção. Esse é nosso alvo por excelência.” Esse é o alvo dos grupos dos Jovens Sarados. Os nossos grupos precisam ser lugar onde a misericórdia derrama abundantemente, não devemos apontar o dedo pra ninguém. Não exigimos currículos pra você, mas a sua boa vontade, uma vida de radicalidade.

Quando fui pra campos de Goytacazes, não fui para ser juiz, mas para ser Pastor de almas. Somos chamados a Sempre recomeçar! Se sou o que sou, não por mérito meu. Mas na minha miséria, devo muito ao meu Pai fundador Monsenhor Jonas Abib.

“A nós cabe o exercício da Misericórdia, esse é o papel do grupo dos Jovens Sarados.” Se ele é justiceiro, prepara-se, ele vai acabar, poque não é nosso papel julgar, e sim exercer a misericórdia.

“Nós precisamos do Batismo no Espirito Santo! Não devemos ter medo do FOGO!” Permita que o Espirito Santo te incomode. Se você tem essa gana, este desejo de ter almas, se ainda não há esse desejo em você, é necessário ter a experiencia no Batismo no Espirito Santo.

Transcriação e adaptação: Carlos Biajoni @cncarlos


Padre Edimilson Lopes


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo