Para que nele tenhamos vida

Faz hoje dois meses que celebramos Pentecostes e pediram que eu falasse de uma frase que orientou os bispos da América Latina e do Caribe. Precisamente, o documento que os bispos publicaram foi em três partes:
1 – A vida de nossos povos
2 – A vida de Jesus Cristo e dos discípulos e missionários
3 – A vida em Jesus Cristo para os nossos povos

As três partes falam da vida, este é um documento para viver, a vida que estamos todos convidados a viver em Nosso Senhor. Ontem fiquei impressionado com a quantidade de jovens que vieram aqui por se sentirem chamados por Jesus. Iluminados pelo documento dos bispos de Aparecida, o que significa ser um missionário de Jesus Cristo é um missionário pela vida.

Primeiro: Deus nosso Pai nos escolheu desde antes de criar o mundo, para que fôssemos santos e imaculados no amor (Efésios 1,3-4). Porque nos elegeu e nos abençoou com todo o tipo de bênção material e espiritual, para que fôssemos santos e imaculados em sua presença.

OUÇA: "Antes que fossemos formados no seio materno, Deus já tinha nos escolhido"

Desde quando você se sente chamado a levar o Evangelho de Jesus Cristo? Pode ser que você tenha sentido este chamado durante a noite. Deus te chamou antes que as estrelas existissem, desde antes Deus já estava pensando em ti, e te elegia. A gente costuma pensar que Paulo foi chamado somente no caminho de Damasco, mas Deus já o havia chamado desde o ventre materno. E nós, antes mesmo que fôssemos formados Ele já nos havia escolhido e chamado.

Deus Pai, saindo de si mesmo, nos chamou por meio de Jesus Cristo. Se somos discípulos de Jesus é porque fomos atraídos pelo Pai. Já diz São João ninguém pode chegar a Jesus se o Pai não o atrair.

Quero mencionar o evangelho de João 1,35. Porque Jesus está sempre passando perto da nossa vida, está passando aqui na Canção Nova perto de nós. Não esteve conosco somente por alguns instantes para nos abençoar, mas está aqui neste momento para dizer nos segue-me.

Quando Jesus passava, Ele via os homens e os homens o viam. A primeira coisa a Igreja nos recorda: Hoje todos nós somos convidados a ter um encontro pessoal com Jesus. É evidente que podemos nos encontrar com Jesus através da Palavra, no sacramento da Eucaristia ou podemos encontrá-lo na comunidade cristã, em nossos irmãos. Mas somos convidados a encontrá-lo pessoalmente e corremos o rico de não nos encontrarmos com Ele, de construirmos prédios nos ares.

Como foi o encontro de Jesus com o apostolo André, que estava conversando com João Batista, e ao ver Jesus disse era o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.

OUÇA: "Padre Diego nos traz alguns exemplos daqueles que se encontraram com Jesus no Evangelho"

Zaqueu abriu sua casa porque queria hospedar Jesus, e Ele lhe disse “este é um dia de salvação para este filho de Abraão”. Pense como foi o encontro com aquela mulher que acreditava que uma chuva de pedras viria sobre ela, e só veio misericórdia. Como foi o encontro de Jesus com Pilatos, que o deixou perturbado.

Mas se vocês querem se encontrar com Jesus, é preciso pedir ao Espírito Santo que nos abra os olhos e os ouvidos. Que imagem de Jesus vocês tem? Alguns pensam em Jesus como um menino, outros como o Bom Pastor, outros imaginam Jesus morrendo por nós na cruz, outros lembram dele como o ressuscitado.

Diz o Papa João Paulo II que nós temos que ver os dois rostos de Jesus – o rosto doloroso e o rosto de Jesus glorioso.
Jesus nos chama porque somos pobres e pecadores. Ele gostava de comer com publicanos e pecadores e por isso nos convida a comer aqui na missa, comer dele. Não somos nós que o escolhemos mas é Ele quem nos escolhe e nos envia.

Muitos quando começaram no caminho da renovação, tiveram a experiência com Jesus que nos perdoa, que é misericórdia. Muitos tiveram, nesta tarde, a graça de cura e de libertação, mas temos que continuar seguindo, lendo sua Palavra, temos que conhecer este mistério que estava escondido e que foi revelado a nós, temos que conhecê-lo.

Ouvimos muito com os bispos em Aparecida sobre o Kerigma: Jesus ressuscitou e nos dá uma vida nova, porque Ele ressuscitou e está a direita do Pai derramando o Espírito sobre a Igreja. Se com Ele morrermos, com Ele viveremos! Se com ele ressuscitamos, com Ele somos cheios do Espírito, então seremos verdadeiramente discípulos e missionários.

OUÇA: "Somos chamados a nos transformarmos em Jesus Cristo"

Que possamos ir a todas as partes da América latina, onde existir cultura de morte, para levar a Jesus Cristo.

Transcrição e áudios: Célia Grego
Fotos: Lucilene Silva


Adquira essa pregação pelo telefone:
(12) 3186-2600



Padre Diego Jaramillo, CJM


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo