Peça confiante e sem duvidar

Hoje nós demos início ao ano da Fé com a celebração da Santa Missa e também festejamos os 50 anos do Concílio Vaticano II. Como católicos somos convidados a alicerçar a nossa fé, por isso precisamos reservar um tempo para meditar a Palavra de Deus para que possamos ser guiados por estes ensinamentos.

Emanuel Stênio
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Como católicos precisamos ser motivados pela Palavra de Deus. Assim, convido vocês a meditarem as palavras do evangelista São Mateus 8, 1-4.

A Palavra de Deus nos mostra muitas pessoas que caminham até ao encontro de Jesus para ouvi-lo, falar e para serem curadas de todas enfermidades e libertas de todos os espíritos malignos. E hoje, nós precisamos ouvir os ensinamentos, porque a Sagrada Escritura tem o poder de nos guiar e fazer que com mal se afasta de nós.

Reze com fé e peça a Deus para que Ele possa te livrar de todas as palavras na qual foi magoado e fez você ferir ao próximo. Portanto, a partir de hoje vamos pedir a Deus para que sejamos guiados pelos ensinamentos do céu.

O primeiro passo que nós precisamos fazer para receber as graças de Deus é nós aproximar do Senhor, pois é nesta hora que devemos reconhecer e questionar se estamos buscando este Deus poderoso. A primeira atitude para sermos curados de todas as enfermidades é procurar pelo Pai, e isto, é possível quando buscamos a Eucaristia.

Não tem oração mais profunda e mais bela do que a Santa Missa e não existe cura de libertação mais poderosa do que a presença de Deus no seu coração quando participa da ceia do Senhor, através da comunhão.

Devemos entregar a nossa vida aos pés de Jesus. Quando nós estamos no pecado o demônio tenta nos convencer de que não devemos estar na presença do Senhor, mas é neste momento que devemos buscar ainda mais Deus.

'Jesus é o Senhor da sua vida', disse Emanuel
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Veja + fotos no Flickr

 :: Comente as fotos no Facebook

O segundo passo para chegar perto do Pai é reconhecer que diante de nós está um Deus poderoso. Se curvar de diante do Senhor não é uma tarefa fácil, mas é preciso colocar os joelhos no chão para que Deus possa tocar em nosso coração e curar nossas feridas.

Nós temos vivido um tempo onde as pessoas não mais se ajoelham diante do Santíssimo, e muitas vezes precisamos nós curvar diante do Senhor para pedir e agradecer. Devemos prostrar de joelhos diante de Jesus, mesmo quando estamos chateados e cansados.

A terceira atitude para estar junto a Deus é rezar, ou seja, colocar tudo aquilo que está no coração. Deus sabe do que nós precisamos antes mesmo de expormos esta enfermidade, angústia e outras situações em nossas orações.

È preciso reconhecer Jesus Cristo como o Senhor da nossa vida e deixar tudo aquilo que nos aflige e amargura para trás. Peça a Deus para que Ele possa ser o Senhor do seu passado, do seu presente e do seu futuro.

Mesmo diante das dificuldades que cada um de nós temos diariamente peça a Deus para que Ele possa ser o Senhor da sua vida! Reze com fé e inicia sua oração declarando que Jesus é o Senhor da sua vida. Faça da sua casa um lugar de benção.

A vontade de Deus é o melhor para nós, porque nós somos criados por Ele para viver um vida plena e para sermos felizes. Ao rezar e pedirmos a intercessão Dele devemos sempre dizer: 'Se queres'. Nós devemos ter a certeza de que Deus tem um plano especial para cada um de nós, e as vezes o que queremos não é o que Senhor deseja para nós.

Devemos crer que Deus tem o poder de curar, mesmo que ainda não tenhamos testemunhado nenhum milagre. Quando rezamos precisamos pedir a misericórdia e a cura do Senhor pelo amor, pois Deus tem o poder de curar cada um dos seus filhos.


Confira um trecho da pregação:

 

 

 

Transcrição e Adaptação: Alessandra Borges

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo