Pedir o necessário: o Espírito Santo

 

Padre Arlon Christian
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Hoje, cinquenta anos depois do Concílio Vaticano II, se faz ainda mais necessário e urgente a evangelização, proporcionando assim que as pessoas tenham seu encontro pessoal com Deus.

O papa Bento XVI nos diz que o povo passa por um deserto espiritual, por isso, a Igreja precisa de pessoas de fé neste mesmo deserto. Que, mesmo diante da dificuldade, acreditem e continuem lutando, pois sabem que este tempo é passageiro.

Esse tempo se faz necessário em nossas vidas porque é no deserto que aprendemos a dar valor à água, à sombra e a companhia de nossos queridos. Muitas vezes, um copo de água pode parecer pouco, mas para quem está no deserto, uma gota de água, é tudo que precisam.

Começamos o Ano da Fé sabendo que vivemos este tempo, e que estamos passando por dificuldades. A Igreja, ao contrário do que muitos pensam, não se preocupa em esconder isso, mas sim de conscientizar os fiéis de que este tempo é passageiro.

Por isso, eu te pergunto hoje: sua fé está fundamentada em algo sólido ou ao primeiro sinal de tribulação tudo cai em ruínas?

No Evangelho de hoje, Jesus nos mostra uma realidade muito clara de como devemos enfrentar nossos desertos espirituais. O primeiro sinal que Ele nos dá é quando fala sobre quem devemos procurar nos momentos de dificuldade, como aquele homem que busca por alimento para sua visita que acabara de chegar.

Jesus é muito claro quando diz para procurar um amigo, caso você tenha. Ele não nos fala para procurar qualquer pessoa, mas sim alguém de nossa confiança e, além disso, uma pessoa que seja capaz de nos ajudar. Ele pede para termos atenção em relação a quem vamos escolher para nos ajudar, pois o mundo está cheio de pessoas capazes de nos confundir e tirar nosso foco.

Diante da parábola que Jesus conta, Ele quer nos mostrar que por mais nos esforcemos para encontrar alguém que, acreditamos, ser capazes de nos ajudar, é possível que nos decepcionemos. Mas existe Alguém que jamais nos decepcionará e para alcançarmos aquilo que buscamos só é preciso pedir ao Pai.

"Não existe deserto capaz de sobrepor o poder de Deus." Padre Arlon Christian
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Veja + fotos no Flickr

 :: Comente as fotos no Facebook

Agora não podemos confundir a bondade de Deus com o que é vontade nossa. Porque, talvez, hoje você esteja pedindo algo a Deus que não seja, ainda, capaz de receber. E o Senhor, como um Pai cuidadoso, sabe o que é melhor para seus filhos e não deixá-los mal acostumados.

A liturgia nos ensina que pedir ao Espírito Santo é certeza de que receberemos a graça que necessitamos. Não importa qual seja a sua carência ou o problema que hoje se alojou no seio da sua família, pois Espírito Santo sabe exatamente o que você precisa para que seu deserto seja aliviado.

Não tenha medo de clamar a Deus o milagre que hoje você precisa. Peça por você e, principalmente, pela pelos seus, pois nada alegra mais o coração do Senhor do que ver seus filhos unidos em oração. Não existe deserto ou tribulação capaz de sobrepor o poder de Deus na sua vida.

 

 

Confira um trecho da pregação:

 

Transcrição e adaptação: Gustavo Souza 


Padre Arlon Cristian


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo