Persevere, o Céu está a seu favor

Padre Vandilson Souza
Foto: Arquivo/cancaonova.com

O Senhor verdadeiramente ressuscitou, aleluia! É uma alegria celebrar a experiência de que o choro e o desespero passou porque alguém assumiu todas as dores para fazer de nós pessoas felizes! Esta a experiência grandiosa do amor de Deus para nós.

Em todos os lugares santos que visitamos na Terra Santa, um dos lugares mais fortes é o Santo Sepulcro e sabemos que está vazio, porque o Senhor ressuscitou! Nós, Obra de Maria, temos levado de casa em casa este Jesus Ressuscitado, que mesmo diante das dificuldades percebemos que a morte não é o fim de tudo, mas um Deus que nos ama e faz-nos a cada dia dar uma resposta diferente.

Em comunhão com a Canção Nova, como estamos hoje, travamos uma grande luta contra o mal. Somos todos missionários fazendo da Palavra de Deus vida na vida dos outros, assim como diz o Salmo “Ao Senhor eu peço apenas uma coisa: habitar no santuário do Senhor”. Esta é a nossa alegria: somos missionários e temos a certeza de que o Senhor está conosco em nossa missão.

“Toda e qualquer experiência com o ressuscitado deve ser motivo de alegria”, como diz o Papa Francisco em sua encíclica: “Alegria do Evangelho”. Aquilo que é de Deus, meus irmãos, permanece para sempre! Este é o amor dele para conosco. Bem sabemos que os discípulos foram também aos tribunais, mas Gamalieu, um dos sacerdotes disse: “Deixemos que continue pois aquilo que é do Senhor permanece para sempre”. Amados, esta é a experiência que tem nos incomodado o nosso querido Papa, vivamos a “cultura do encontro”.

Um dos casos que tem causado tristeza são os casamentos, que ão tem sido santificados para sempre, mas por um tempo. Não se pensa em ser casar para sempre, mas “até quando der certo,” não! Busquemos aquilo que é eterno. Quando estamos felizes queremos anunciar para o mundo aquilo que vivemos, assim deve ser o anúncio da Palavra do Senhor: sejamos alegres em anunciá-lo.

“Aonde eu estou o meu Senhor está sempre comigo”, frase de São João Crisóstomo. Esta é uma verdade, onde quer que estejamos, mesmo em momentos em que estamos no Calvário e queremos abandonar a cruz que nos espera, mas devemos assim como o Senhor dizer: “Pai, seja feita não a minha, mas a tua vontade”.

Devemos levar com nossas vidas levar Jesus a qualquer lugar. Não contribua para que seu irmão caía no buraco, mas que ele se salve. Se estamos aqui, irmãos, é que alguém nos chamou, nos evangelizou, façamos o mesmo. Ser católico é testemunhar Jesus na alegria em perceber que existe um lugar melhor para nós. “Em um último momento Deus lhe surpreende”, disse o Papa Francisco aqui no Brasil. Deus é assim, meus irmãos, quanto mais O anunciamos mais Ele faz em nós. A experiência que fazemos com o Senhor deve nos transformar.

A nossa intimidade com o Senhor na oração não é ficar apenas de joelhos, mas ajudar os sofredores. Somos chamados a sermos cristãos solidários. Jesus passou, durante sua vida, por muitos povoados, não se cansava de curar e libertar aquele povo. Sejamos pois como Ele, anunciemo-nos o Cristo que vive e nos transforma.

"Persevere, o Céu está a seu favor"
Foto: Arquivo/cancaonova.com

Somos a extensão do amor de Deus para a humanidade. O amor é renunciar a si mesmo para fazer o outro mais feliz. É olhar para frente e pensar que podemos fazer o melhor. Nos esforçando para fazer o outro feliz com ele também seremos felizes. Contagiemo-nos uns aos outros! Faça uma experiência nova na alegria do ressuscitado.

Jesus quer sempre o nosso melhor e a nossa alegria. Ore mais por quem você deseja santificar. A Igreja só será jovem quando o jovem se torna Igreja. Volte para o Senhor, pois temos um lugar aqui que lhe espera. A tristeza não é o fim de tudo! Dê espaço para a alegria que vem de Deus.

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira


Padre Vandilson de Sousa Lima


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo