PHN: Campo de batalha

.: Assista ou ouça essa pregação, na íntegra

Diante de tudo o que já nos foi dito nas palestras nesse acampamento e do espetáculo do Gen Rosso, ontem à noite (sábado), Deus colocou em meu coração que nós somos um exército que passa por uma seleção e exames.

Estou usando esta figura de linguagem como exemplo para você entender que a partir do primeiro momento em que você disse \’sim\’ a Deus, você entra num verdadeiro combate e não dá para você ir para este combate sem se preparar. Como no Antigo Testamento, que é permeado por guerras, Deus dá uma ordem expressa para o seu exército:

“Não fique com nada dos despojos do inimigo”, eu e você não precisamos da arma que é o nosso inimigo comum, como a rivalidade, a prepotência, a arrogância. Isso não pertence a você. Deus quer você livre de todo e qualquer tipo de arma que pertença ao diabo, não existe necessidade disso, pois nós temos as nossas armas, as Deus.

É interessante perceber que muitas pessoas que não morriam nas guerras, eram colocadas fora de combate, e agonizavam no próprio campo de batalha. Imagina um soldado morrendo dentro da área de combate. Este é exatamente o retrato de quem está no \”campo de batalha\” da vida e está morrendo no pecado.



.: DEPOIMENTOS:
Jovens decidem-se pela santidade no dia a dia, após esta pregação


Quando você deixa de usar as armas do diabo, você aprende a usar as armas de Deus. Pensemos agora no nosso Batismo, neste dia foi-nos dado uma \’roupa\’, a primeira \’roupa\’ do Sacramento do Batismo, e depois recebemos outro Sacramento: o da Confissão, e veio ainda outra \’veste\’, ou seja, outra armadura: o Sacramento da Reconciliação e da Eucaristia, e a outra é o Matrimônio, e quando estive enfermo recebi a Unção dos Enfermos, quando recebemos uma das \’roupas\’ mais lindas. Diga comigo: “Tudo isso sou eu, tudo isso está na minha alma em forma de sentimentos”. Tenho que lhe dizer que você é uma pedra preciosa, e por isso, o mundo não pode o tratar de qualquer jeito.

“Finalmente, irmãos, fortalecei-vos no Senhor, pelo seu soberano poder. Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio. Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares. Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever. Ficai alerta, à cintura cingidos com a verdade, o corpo vestido com a couraça da justiça, e os pés calçados de prontidão para anunciar o Evangelho da paz. Sobretudo, embraçai o escudo da fé, com que possais apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai, enfim, o capacete da salvação e a espada do Espírito, isto é, a palavra de Deus. Intensificai as vossas invocações e súplicas. Orai em toda circunstância, pelo Espírito, no qual perseverai em intensa vigília de súplica por todos os cristãos. E orai também por mim, para que me seja dado anunciar corajosamente o mistério do Evangelho, do qual eu sou embaixador, prisioneiro. E que eu saiba apregoá-lo publicamente, e com desassombro, como é meu dever!” (Efésios capítulo 16, versículos 10-20).

PHN não é apenas para os jovens que estão aqui, ele é para todos que estão vivos e podem pecar em potencialidade. Por isso Deus nos diz que devemos nos revestir com a Sua armadura, pois toda a nossa história está desprotegida.

Você entrou numa batalha espiritual, sem uma armadura, por isso em nossos acampamentos vêm pessoas sangrando na alma, nos pensamentos, e você trouxe tudo isso para nós, você estava batalhando e logo no começo veio o inimigo e lhe deu uma pancada, por isso Deus está dizendo para você: \’revista-se com minha armadura!\’, pois todos nós vamos voltar para a nossa área de combate.

Não pense que você veio para cá e todos os seus problemas vão ser resolvidos. Nós, Canção Nova, vamos lhe dar uma armadura para você continuar o combate. Cada um de nós vai se assumir como cristão, pois até isso acontecer o diabo não estava nem aí conosco, mas quando nos declaramos católicos e cristãos, já entramos num campo de combate, o qual já está acontecendo.

Pegue a sua Bíblia comigo, coloque-a na cabeça, nos olhos, na boca, no coração, pois esta é a nossa armadura de Deus, para resistir no dia mau. Na palavra, que estamos lendo, são palavras de guerra que Deus usa.

Todo mundo pode ter maus pensamentos, por isso Deus pede para nos revestirmos da Sua armadura para resistirmos, pois uma coisa é o mau pensamento chegar até você, coisa que não é pecado, e outra coisa é você deixar o pensamento ficar e dar-lhe permissão para que ele o faça pecar. Ter maus sentimentos é uma coisa, mas ruminar aqueles sentimentos é se maltratar e pecar é outra bem diferente. Tudo isso é uma batalha. Deus lhe dá o que é necessário para caminhar. Há momentos em que a gente cai, há momentos em que \’andamos de quatro\’, lentamente, mas nos levantamos porque estamos com as \’sandálias\’ que Deus nos deu.

Tenho que lhe dizer que Deus sabe fazer as coisas, pois gládio é uma arma pequena que os gladiadores usavam para nunca perder uma batalha, porque esta arma era ágil, e quando chegava no corpo a corpo ganhava-se a batalha. A Palavra de Deus é o \’gládio\’ de que você precisa fazer uso.

Quem chegou aqui ferido, sangrando, machucado, eu quero estar bem na sua frente para lhe perguntar qual é a sua ferida, lhe dar um abraço e dizer que você não tem culpa, a culpa é do diabo, e você foi para o combate sem a \’armadura\’. O seu casamento, a sua faculdade, o seu namoro é uma batalha.

Você agora pode dizer ao Senhor o que quer que Ele lhe faça, aponte a ferida para Jesus.
Deus está lhe dizendo uma coisa, hoje, você entrou num campo de batalha, talvez você esteja fazendo coisas muito importantes, como estudar, trabalhar, está namorando; outra situação importante é estar desempregado. Você está no seu campo de batalha, talvez você não esteja mais namorando porque o seu último namoro o deixou arrebentado, talvez seja outra coisa, outra situação… Temos algo em comum: estamos vivos e operantes e não podemos mais ficar sem a Palavra de Deus, pois podemos ficar como o homem que indo para Jerusalém, foi assaltado. Quem o assaltou? Quem lhe tirou as coisas boas que você tinha? Quem o assaltou e o tirou do combate?

Eu fiquei cinco anos fora de combate, cinco anos consumindo drogas e me prostituindo. Houve um dia em que voltei ao combate, e o seu dia pode ser hoje. Como aquele samaritano que desceu de sua montaria e o acolhe e derrama sobre você o óleo do amor, sobre o seu coração que já foi muito enganado, como numa relação sexual fora do casamento, quando nos mastubamos, quando nos drogamos, é um engano, é uma mentira, só parece que estamos sendo amados, mas é uma mentira.

Você foi para a guerra, você foi sem \’armadura\’, foi ferido porque não estava preparado. Deus agora está descendo até você e derramando o seu Espírito Santo, dizendo: “Pare de mendigar este falso amor”. Agora Jesus o quer colocar no coração d\’Ele.

No dia em que você ficou bêbedo, foi envolvido por uma sexualidade desregrada, foi tomado por drogas, agora acabou, o Senhor derrama o verdadeiro amor que muitas vezes você buscou. Ele derrama o Espírito Santo sobre você.

As pessoas que o levam a pecar… chega de tudo isso! É hora de começar a viver uma vida nova com Jesus. Reze e diga tudo o que você está sentindo e vivendo, peça para o Espírito Santo vir. Diga: \’Chega da droga! Chega do pecado! Chega até mesmo dessa pessoa que me leva a pecar!\’ Deus está fazendo, diga a Ele: \’Muito obrigado! Eu estava fora de combate, ferido profundamente, mas agora eu volto a combater!\’.

Preste atenção: você vai voltar para o seu campo de batalha, você vai voltar e se voltar sem a armadura de Cristo, vai voltar mais uma vez para o ciclo de morte, de queda. Você chegou até aqui para pegar o que Cristo está lhe dando. Revista-se da armadura de Deus. Põe esta armadura e saiba que ao voltar, lá existem pessoas que também precisam do mesmo que você recebeu.

\’Família, cheguei! E cheguei revestido do Espírito Santo. Cheguei para ser um vitorioso!\’, é assim que você tem que chegar em sua casa, e mais, talvez o problema da sua casa tenha vindo para cá, talvez seja você aquele que bate a porta, chuta o gato, mas que bom que você está aqui, pois quando você voltar para casa as pessoas vão perguntar o que aconteceu, dizendo-lhe: \’Foi para lá uma coisa e me devolveram está bela pessoa\’. Então, todos os seus problemas até sexta-feira eram seus, mas agora o seu problema é nosso, nos estamos com você. Através deste encontro PHN estamos juntos. Pode ser que todos nem acreditem mais em você, como aconteceu comigo. Talvez as pessoas façam aquele comentário bem baixinho dizendo que você não tem mais jeito. Saiba: Deus pode mudar você.

A sua vida é um campo de batalha, por isso, Deus está com você para que não se entregue ao diabo, ao pecado. Volta para a sua casa, mas volta como guerreiro!

.: Dunga canta \”Foi assim\”, no final dessa pregação

Transcrição: Ana Paula Rosa

Você pode adquirir essa palestra através do telefone: (12) 3186 2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo