Por isso, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher

Ricardo Sá
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Hoje, queremos dedicar o dia para nossas famílias e casais. Na vida de casados, precisamos muito de diálogos e da graça Deus.

Que os casais tenham força de permanecer unidos e ninguém interfira no seu relacionamento. Para isso, entregue para Jesus cada membro da sua família, suas lágrimas, suas dores e seus sofrimentos para que Jesus possa renovar sua família e abençoá-la.

O amor que temos pelos nossos é um reflexo do amor de Deus por cada um de nós. Nosso coração precisa, a cada dia, tornar-se cada vez mais orante por nossas famílias, pois o mundo está necessitando disso.

Precisamos trazer, no nosso coração, a certeza de que a nossa família é linda e que Deus cuida de cada um de Seus filhos, pois a família está no coração d'Ele.

Existem muitos casais desistindo da família, mesmo aqueles que caminham com o Senhor. Temos que ser perseverantes com Jesus Cristo para que Ele possa restaurar nossa casa.

Em oração, diante do Senhor, devemos levar, no coração, aqueles dos quais temos vontade de nos afastar e desistir. Temos que entregá-los para Jesus.

Por isso, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher”(Mc 10,9). Deus criou a humanidade, criou o homem e a mulher, por isso o homem não separa o que Deus uniu pelo matrimônio, pois por meio desse sacramento eles se tornam uma só carne.

"Temos que crer na família como Deus a criou!", afirma Ricardo Sá.
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Temos que crer na família como Deus a criou!

Há tantas manifestações pelo Brasil, mas, na Canção Nova, podemos ver a manifestação mais linda: a graça de acreditarmos na família.

Nossa casa é uma igreja, e nós deveríamos ter, em nossa casa, o Sagrado Coração de Jesus, um crucifixo, Jesus Misericordioso e a Virgem Maria, porque, assim, ela se torna aquilo que a Igreja fala: “uma comunidade de amor”.

Deus constituiu a família no amor e na esperança. Temos que confiar no Senhor e colocá-Lo no meio da nossa família para que possamos ser únicos e ter o discernimento de separarmos o tempo de sermos mães, pais, esposos (as) e organizar o tempo com os filhos.

A Igreja diz que a família é uma comunidade cristã, imagem de Deus. Peçamos ao Senhor a graça de vivermos os desafios de um casamento. E que o Senhor possa abençoar nossas famílias com muito amor e perdão!

Transcrição e Adaptação: Thaís Rufino de Azevedo

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo