Precisamos acordar para a santidade de vida

Padre Ivan Paixão
Foto: Maria Andréa/cancaonova.com
A Eucaristia é a fonte de santidade, o ápice da nossa fé. As obras do Senhor são maravilhosas, são verdadeiras; por isso, nesse Tempo Comum, experimentemos a consciência da verdade: Eucaristia, fonte de santidade.

Deus é Pai, n'Ele podemos encontrar o colo paterno e nos vermos amados pelo Seu amor, que vai muito além do amor de uma paternidade biológica. Deus Pai nos ama tanto que entregou Seu Filho para morrer por nós, para que, na Sua ressurreição, possamos ter vida.

Como podemos ensinar nossos filhos a respeitar pai e mãe numa cultura de morte, na qual estes [filhos] não aprendem, na correção do amor, a ter limites? Hoje, os filhos estão matando os pais, anulando-os de sua vida. O mundo os ensina a ser independentes e os tira da riqueza da santidade de serem filhos de Deus.

Hoje, já se fala no aborto como uma realidade humana, mas ele é algo que desumaniza. Na loucura de uma inteligência distante de Deus, estão assassinando crianças!

Meus irmãos, somos chamados a assumir a vida diante d'Aquele que vive na Eucaristia. Precisamos gerar vida na nossa família. Em nossas casas, a partir de um compromisso com Cristo, precisamos ser luz e romper com a mentalidade do orgulho e do egoísmo.

Como vivenciamos isso? Por meio dos sacramentos. É por isso que Cristo nos deixou o sacramento da confissão, da reconciliação com Ele, com nós mesmos e com o próximo. Ali, diante do confessionário, dizemos que nos arrependemos de nosso orgulho e voltamos a ser puros, sem máculas, sem pecados.

Sei que não é fácil perdoar, mas com esse ato de humilhação pelo qual passamos, deixamos o orgulho de lado e geramos céu na vida do irmão. Peça perdão quantas vezes for necessário, pois quando vamos ao encontro do irmão, nós também estamos sendo canais de Deus para a vida dele.

"Somos chamados a assumir a vida diante d'Aquele que vive na Eucaristia."
Foto: Maria Andréa/cancaonova.com

Até curas físicas acontecem em nossa vida depois que perdoamos! Muitos até passam a sorrir, a ter esperança e motivação para viver, pois antes, por não perdoarem, sentiam um desânimo, permitiam que a escuridão tomasse conta do seu coração.

Nós precisamos ser suporte, porque estamos alicerçados na Rocha firme, que é Cristo. Precisamos acordar para a santidade de vida, ter paciência com o próximo, pois santidade não é deixar de cair, mas ter a capacidade de olhar para a misericórdia. Somente as obras do Senhor são verdadeiras e justas em nossa vida.

Deus quer operar em nossa forma de pensar; Ele quer que nos esforcemos para viver sempre a misericórdia e, assim, possamos ser misericordiosos com os outros.

Senhor Jesus Cristo, dê-me a graça de me comprometer com Sua obra, que é verdadeira e justa, para que eu possa testemunhar a vida que experimento na Eucaristia e também para que eu amadureça por meio das cruzes que sou chamado a carregar, a cruz da vida, do amor e da misericórdia”.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Transcrição e adaptação: Michelle Mimoso


Adquira essa pregação pelo telefone (12) 3186-2600


Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade cristã de relacionamento
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo