Que poderei retribuir ao Senhor?

\”Que poderei ao Senhor Deus, por tudo aquilo que Ele fez em meu favor?\” (Salmo 116)

Se somos ressuscitados com Cristo, a alegria tem que estar estampada em nossos rostos. O homem fala menos que a mulher. Muitas vezes, ele chega em casa, e por ser mais prático, quer ficar em silêncio, e as mulheres querem contar tudo o que aconteceu no seu dia e o que se passou com elas.

Vamos exercitar o dom da palavra, falar somente o que nos edifica. Muitas vezes, falamos de palavras que destroem. Hoje, precisamos levar palavras que constroem.

Concretamente, o que o Senhor lhe deu? Quais os dons que Ele lhe deu? Ele lhe deu a vida, o amor, a sabedoria, o dom da palavra, etc. E como nós podemos retribuir isso tudo ao Senhor Deus?

Gratuitamente recebemos todos esses dons de Deus, então, devemos doá-los gratuitamente. Muitos irmãos meus da Comunidade Canção Nova, assim como eu, receberam o dom do canto, em um certo período, comecei a perceber este dom que recebi. Gratuitamente o Senhor nos dá e gratuitamente retribuimos ao Senhor através de nossos dons.

Há muita gente que está triste, para \”baixo\”, porque ainda não entendeu isso, que quanto mais damos, tanto mais ganhamos, sendo mais amados e mais é felizes.

Quando deixamos de viver para nós mesmos e passamos a viver para os outros, Deus vai nos retribuindo, e assim, conseguimos viver o céu aqui na terra.

Certa vez, em um show, na hora da música ‘Neste nome há poder’, como sempre se fazia uma encenação da cura de um paralítico, e em uma dessas apresentações, a pessoa que iria interpretar o paralítico não foi, e no lugar havia um paralítico de verdade, que tinha acompanhado os ensaios, e foi chamado para participar. Os responsáveis pela encenação tiveram fé que ele seria curado, e na hora, realmente o menino levantou-se totalmente curado!

Um dia, eu estava falando sobre vocação e um jovem me perguntou como poderia descobrir a sua. Algumas pessoas acham que Deus vai descer do céu e falar para elas qual é o seu chamado. Não, a nossa vocação está dentro de nós e, aos poucos, vamos descobrindo quais são.

Certa vez, pedi para o Senhor confirmar a minha vocação, queria saber se realmente era o sacerdócio. Cheguei em casa e na minha cama tinham várias cartas. Uma delas era de uma moça, que dizia oferecer os 40 anos dela na cadeira de rodas pelo meu sacerdócio. Com certeza, isso foi a maior confirmação de Deus para mim.

Muitas vezes, não aceitamos o que Deus faz em nossa vida e que Ele nos deu tantos dons. Nós temos de assumir o que o Senhor nos dá, retribuindo por tudo aquilo que Ele fez em nosso favor.


Padre Cleidimar Moreira


Sacerdote da Diocese de Goiânia

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo