"Quem como Deus"

Ironi Spuldaro
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com

Precisamos entender o que é a voz de Deus e o que é a voz do inimigo; a voz do mal desde da Criação do mundo quer nos enganar, nos apresentando de uma maneria sutil, nos conduzindo a um caminho contrário ao caminho de Deus. Quando nos entregamos ao mal estamos cometendo o pecado da desobediência. Deus é o nosso princípio, devemos permitir que Ele retire de nós a inclinação para o mal que temos pelo pecado original.

Leia Jo1, 1-18. Neste trecho temos três tempos distintos: o primeiro é o tempo do Verbo, que estava com o Pai junto com o Filho e o Espírito Santo. Amados, se queremos viver contra o mal devemo viver na verdade. A desobediência leva-nos a desgraça de sermos insubmissos a Deus. Sejamos obedientes a voz do pastor.

Mesmo que venhamos perder as nossas forças, se temos Deus como meta por Ele seremos revigorados. Deus quer se revelar a nós, muitas vezes, por meio do Dom da Ciência, onde o Senhor continua falando com o seu povo, da mesma forma que falou com Moisés.

O inimigo não quer que assumamos a verdade, pois Deus é a verdade! Decidamos por Deus, pois nele poderemos nascer do Espírito. O nosso Deus tem palavra de vida e não de morte.

O segundo ponto, para sermos libertos do mal é viver a Palavra e deixar de lado a iniquidade. O Senhor quer ver ao Seu lado direito todos aqueles que escolheram por Deus. O Sangue de Cristo pagou o preço do nosso resgate, por isso a vontade de Deus é que sejamos santos e cidadãos do Céu, tenhamos portanto cumplicidade com as trevas.

"A maior caridade que o cristão pode usar com o outro é a verdade", disse Ironi
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com

:: Veja + fotos também no Facebook

Apresento três consequências do mal: não reconhecer o mal, onde tudo o que se faz é relativo, como assistir novelas, ver filmes que não convém a um cristão; Negar a Palavra de Deus, viver no secularismo; Matar a Deus, onde somos por vezes, os 'novos herodes' deste tempo, vivamos no amor, acolhendo a todos, menos o pecado.

A maior caridade que o cristão pode usar com o outro é a verdade, pois ela traz a luz e dissipa as trevas. Ela pode até ferir e doer, mas ela traz a luz. Na Bíblia temos todas asa respostas que precisamos, nela somos capazes de construir nossas casas em solo fértil.

Não podemos desobedecer a ordem de Deus, pois o Verbo se fez carne e habitou entre nós. Jesus não é apenas um grande profeta ou alguém que veio ressuscitar os mortos, mas Ele é o nosso Salvador! Não dá para viver sem Ele.

Quando Paulo se encontrou com o Salvador deixou de Saulo e tornou-se Paulo, ou seja, conversão! Paulo se tornou um novo homem. Precisamos entender que Jesus morreu para nos salvar. Sem ele não poderemos fazer nada de bom, pois um corpo sem alma é morta.

 

 

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira


Ironi Spuldaro


Membro do Conselho Nacional da RCC Brasil

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo