Quem é Maria?

“A serpente era o mais astuto de todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito. Ela disse à mulher: “É verdade que Deus vos disse: ‘Não comais de nenhuma das árvores do jardim?” A mulher respondeu à serpente: “Nós podemos comer do fruto das árvores do jardim. Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, Deus nos disse: ‘Não comais dele nem sequer o toqueis, do contrário morrereis” Mas a serpente respondeu à mulher: “De modo algum morrereis. Pelo contrário, Deus sabe que, no dia em que comerdes da árvore, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecedores do bem e do mal”.

 

A mulher viu que seria bom comer da árvore, pois era atraente para os olhos e desejável para obter conhecimento. Colheu o fruto, comeu dele e o deu ao marido a seu lado, que também comeu. Então os olhos de ambos se abriram, e, como reparassem que estavam nus, teceram para si tangas com folhas de figueira. Quando ouviram o ruído do Senhor Deus, que passeava pelo jardim à brisa da tarde, o homem e a mulher esconderam-se do Senhor Deus no meio das árvores do jardim. Mas o Senhor Deus chamou o homem e perguntou:

 

“Onde estás?” Ele respondeu: “Ouvi teu ruído no jardim. Fiquei com medo, porque estava nu, e escondi-me”. Deus perguntou: “E quem te disse que estavas nu? Então comeste da árvore, de cujo fruto te proibi comer?” O homem respondeu: “A mulher que me deste por companheira, foi ela que me fez provar do fruto da árvore, e eu comi”. Então o Senhor Deus perguntou à mulher: “Por que fizeste isso?” E a mulher respondeu: “A serpente enganou-me, e eu comi”. E o Senhor Deus disse à serpente: “Porque fizeste isso, serás maldita entre todos os animais domésticos e entre todos os animais selvagens. Rastejarás sobre teu ventre e comerás pó todos os dias de tua vida. Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar”. Gn 3, 1-15

A Igreja chama Maria a Mãe de Jesus, como a Nova Eva, assim como Jesus é o Novo Adão. O Diabo na Sagrada Escritura, simbolizada pela serpente seduz à Eva, e depois apresentou do fruto a Adão, este é o primeiro pecado: a desobediência. No trecho lido, percebemos que ninguém assume a culpa, um acaba jogando no outro, muitas vezes, o mesmo acontecer conosco, culpamos os outros com os ecados que nós cometemos. A inimizade que o Senhor se refere em “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar”, se refere a Nossas Senhora, ela foi corajosa aos olhos de Deus, ao contrário de Eva, por isso que é Feliz Aquela que Acreditou.


Nós somos descendentes da Virgem Maria, até aqueles que não aceitam. Todos nós somos filhos, até mesmo os muçulmanos, que não são cristãos, aceitam e possuem um carinho com Nossa Senhora.


 :: Veja fotos no Flickr
:: Veja + fotos também no Facebook

 


A salvação vem de Jesus Cristo, reconhecer Jesus é também reconhecer Maria. Nós precisamos conhecer essa Mulher, a qual Deus deu o poder de esmagar a cabeça de Satanás: E o Senhor disse a serpente: “Esta [Maria] te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar”. A Serpente é venenosa, cabe a nós ficarmos atentos e vigilantes, pois Nossa Senhora, não espanta a Serpente, mas ela pisa sobre sua cabeça.

 

“Então apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida com o sol, tendo a lua debaixo dos pés e, sobre a cabeça, uma coroa de doze estrelas. Estava grávida e gritava em dores de parto, atormentada para dar à luz. Então apareceu outro sinal no céu: um grande Dragão, avermelhado como fogo. Tinha sete cabeças e dez chifres e, sobre as cabeças, sete diademas. Com a cauda, varreu a terça parte das estrelas do céu, atirando-as sobre a terra. O Dragão parou diante da Mulher que estava para dar à luz, pronto para devorar o seu Filho, logo que ela o desse à luz. E ela deu à luz um filho homem, que veio para governar todas as nações com cetro de ferro. Mas o filho foi levado para junto de Deus e do seu trono. A mulher fugiu para o deserto, onde Deus lhe tinha preparado um lugar, para que aí fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias.” Ap 12,1-6

 

Imagine a raiva que o inimigo tem por ela, porque ele tentou a Eva ela pecou, mas Maria não! Ela permaneceu firme. É por isso, meus irmãos, que o mundo também nos odeia, por nós somos seus descendentes . Não não podemos ceder as ciladas do mal, ninguém está livre de ser tentado, só podemos estar seguros se estivermos em Deus. Mudemos de vida na vivência dos sacramentos.

Se de repente, você se encontra desanimado, saiba que Deus está contigo, nós erramos, pois ninguém está pronto, mas não podemos nos conformar com o pecado, ou com uma vida mais ou menos. Somos únicos em Deus! Mas todos nós devemos lutar contra o pecado. Quais são os seus hábitos religiosos que você tem? Se não tem coloque um ritmo religioso em seu dia? Seus hábitos ao de um cristão? Fique atento às músicas que você ouve. Dê tempo do seu dia a Deus, não O deixe em segundo plano. O Senhor tem paciência, mas é preciso que você dê passos. Comece a ter uma vida de oração. É na caminhada que vamos entendendo o que Deus quer de nós. Busquemos o amadurecimento da fé. Já pensou em ter, em sua casa, um local de oração?

“Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe e a irmã de sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena. Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à mãe: “Mulher, eis o teu filho!” Depois disse ao discípulo: “Eis a tua mãe!” A partir daquela hora, o discípulo a acolheu no que era seu.” Jo 19, 25-27 A Mulher que o evangelista se refere, não é um falta de respeito de Jesus, por não chamá-la de mãe, mas sim o cumprimento da Mulher do Gênesis e que depois nós encontramos em Apocalipse. Não tenhamos medo de nos aproximar de Maria, principalmente pela oração do Santo Terço. Não tenha medo do que os outros vão falar? Deixe que falem, busque a sua vida de entrega a Deus, mesmo que em meio as perseguições, permaneça fiel.

 

Transcrição e Adaptação: Luana Oliveira


Padre Paulinho


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo