Revestidos do amor de Deus

Tem gente que vai acumulando as coisas em casa, bagunças, tantos cacarecos, que podem refletir os entulhos que guardamos em nosso coração. Hoje, o Deus que é sempre novo, nos convida a uma mudança de vida. É o amor de Deus que nos ensina a nos desprender das coisas da terra.

Todas as casas tem o famoso quartinho da bagunça, e quem faz a festa lá são os ratos e baratas. De vez em quando precisa dar uma passadinha por esse quarto da bagunça e fazer uma faxina geral.

"Seja amigo de Cristo e aprenda a conhecer o irmão"
Foto: Elcka

Não estou fizendo para você se desfazer de todas as coisas que você tem em sua casa, mas o convite é você retirar uma coisa por vez daquelas que lhe atrapalham, dos entulhos: tantos os externos como os internos.

Vamos nos basear na Palavra de Deus que está em Romamos 13, 8-14:

“Não fiqueis devendo nada a ninguém a não ser o amor que deveis uns aos outros, pois quem ama o próximo cumpre plenamente a Lei. De fato, os mandamentos: 'Não cometerás adultério', 'Não matarás', 'Não roubarás', 'Não cobiçarás', e qualquer outro mandamento, se resumem neste: 'Amarás o próximo como a ti mesmo'. O amor não faz nenhum mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento perfeito da Lei. Sabeis em que momento estamos: já é hora de despertardes do sono. Agora, a salvação está mais perto de nós do que quando abraçamos a fé. A noite está quase passando, o dia vem chegando: abandonemos as obras das trevas e vistamos as armas da luz. Procedamos honestamente, como em pleno dia: nada de glutonerias e bebedeiras, nada de orgias e imoralidades, nem de contendas e rivalidades. Pelo contrário, revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e não atendais aos desejos e paixões da vida carnal.”

Quem ama o próximo cumpre plenamente a lei! Quando fazemos a experiência do Deus amor, também começamos a fazer a experiência de amar as pessoas que estão ao nosso lado, por mais difíceis que sejam.

Pode ser que você diga: “as pessoas com quem convivo são muito difíceis!” Mas talvez você não tenha consciência também das suas fragilidades!

Não tem como você viver sozinho, se isolar, viver em uma ilha! A nossa vida é feita de relacionamentos, seja em casa, no trabalho ou entre amigos. E quantas pessoas vivem machucadas e feridas por situações que viveram dentro da própria casa.

Não tem como caminhar nas trevas e na luz ao mesmo tempo! Abra mão das trevas que talvez você esteja apegado! Vá ao encontro das pessoas que há muito tempo você não faz um gesto de amor para com elas.

Se você acha difícil amar, comece pelos que você tem mais facilidade e depois vá se abrindo aos outros.

Nos atos concretos de amor está a mão de Deus. Vá ao encontro das pessoas que estão afastadas de você. Seja criativo. Surpreenda com gestos que manifeste o seu carinho e estima! O cristão deve ser uma pessoa caridosa. Aproveite enquanto as pessoas estão vivas para dar flores e não só depois que elas estão no velório.

Quem caminha na fé entende até a morte. E vai chegar a hora da morte também, porém, o que vai prevalecer é só o amor que nos reveste.

 

 


Padre Paulinho


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo