Saciar a alma no encontro com Cristo

Thiago Tomé – Comunidade Canção Nova
Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

Sinto privilegiado por Deus por está neste projeto: Encontramos o Cristo. Mas estou ainda mais grato ao Senhor pelas imensas maravilhas que o Ele tem realizado na vida de muitos a partir do encontro com o Senhor. Durante todo este dia nos foi dito que a condição única para encontramos com Deus é abrir-nos a Ele.

Quero no início desta pregação, contar a vocês uma história que ocorreu com o beato João Paulo II. Certo dia o papa estava dando doces às crianças, e no meio delas, havia uma que não estava satisfeita com a quantidade de doces que tinha recebido, e pedia ainda mais, o beato vendo a vontade daquela criança pegou um monte de doces e colocou nas mãos dela. Alguns perguntavam: Por que ele tinha dado muito doce para aquela criança? Será que tinha sido injusto, privilegiando aquela criança? Ele respondeu: “Dei mais doces aquele que desejou mais, quem deseja muito recebe muito.”

Com este exemplo, devemos hoje abrir muito mais nosso coração a Deus, como aquela criança que quis muitos doces, para receberemos todas as graças que Deus tem para nós.

Convido você a pegar sua palavra no evangelho de São João (1, 37-42):

“Os dois discípulos ouviram-no falar e seguiram Jesus. Voltando-se Jesus e vendo que o seguiam, perguntou-lhes: Que procurais? Disseram-lhe: Rabi (que quer dizer Mestre), onde moras? Vinde e vede, respondeu-lhes ele. Foram aonde ele morava e ficaram com ele aquele dia. Era cerca da hora décima. André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que tinham ouvido João e que o tinham seguido. Foi ele então logo à procura de seu irmão e disse-lhe: Achamos o Messias (que quer dizer o Cristo). Levou-o a Jesus, e Jesus, fixando nele o olhar, disse: Tu és Simão, filho de João; serás chamado Cefas (que quer dizer pedra).”

Este evangelho nos apresenta a busca por Deus. Se olharmos em nossa vida, percebemos o quanto também estamos a procura, como os discípulos e isto nos leva a uma reflexão: O que estamos procurando? Será que podemos dizer que encontramos o Cristo, como estes discípulos?

O interessante desta palavra é que Jesus ao pergunta-los sobre aquilo que estavam procurando, eles logo queriam saber onde o Senhor morava. Ora, aqueles discípulos queriam intimidade com o Senhor logo no primeiro encontro, e esta é a lição: Precisamos buscar intimidade com Deus.

O Catecismo da Igreja Católica (27) afirma que só em Deus o homem encontra a verdade e a felicidade, esta que procuramos sem descanso. A felicidade no qual procuramos está em Deus!

"Testemunhe como os discípulos seu encontro o Cristo", afirma Thiago Tomé
Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

 : Veja + fotos no Flickr
:: Comente as fotos no Facebook

 

Pergunto: Você quer ser feliz? Meu irmão, sua alma, minha alma tem sede de Deus. Por isso, há momentos que nos sentimos tão cansados, mesmo estando fisicamente descansados. Somente há uma maneira de descansarmos, e isto se dá no encontro com o Senhor, pois lá estão nossa felicidade e verdade, estas que procuramos sem descanso.

A felicidade no qual temos direito tem um nome e um rosto: Jesus Cristo, afirmou Bento XVI no Youcat (Catecismo Jovem). E foi justamente este rosto que aqueles discípulos encontraram, por isso saíram anunciando que viram o Messias.

Pergunto novamente: O que você tem procurado? Quem você tem procurado?

Posso dizer que encontrei-me com o Senhor muito cedo aos 13 anos, recordo-me que naquele encontro de jovem, eu decidir que iria fazer da minha vida algo que agradece a Deus, sem ter noção do peso daquela decisão, hoje sou missionário, e olhando para trás, vejo como Deus cuidou de cada decisão, e a cada dia, procuro novamente me lançar rumo a sua vontade, para me encontrar com Ele, e assim testemunhar que encontrei-me com o Cristo.

Digo do meu testemunho, primeiramente para dizer que vale a pena seguir Jesus, buscar intimidade com Ele, mas também para convida-lo a procurar o Senhor, a gastar a sua vida na busca por um encontro verdadeiro com Ele, pois somente em Deus, repousa aquilo que você tanto procura.

A palavra de Deus nos apresenta vários exemplos de pessoas que testemunharam com sua vida o encontro com o Senhor, dentre elas, destaco São Paulo, aquele que deu a vida pelo Senhor, testemunhando ao mundo seu encontro com o Deus no caminho para Damasco.

Meus irmãos, o Senhor hoje quer nosso coração, quer que sejamos íntimos Dele, e assim, Ele deseja saciar a sede de eternidade, sede de céu que há em nós.

Abramos ao Senhor todo nosso coração, para vivermos um momento único em nossa história de intimidade com Ele. E assim, cheios de Deus, possamos sair daqui dizendo a todo mundo: Encontramos com Cristo!

Deus nos abençoe.

Transcrição e adaptação: Ricardo Gaiotti

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo