Santidade: passaporte para o céu

A imensa multidão de anjos que estão na presença de Deus contemplando a Sua santidade,  junto a eles está a Santa Mãe de Deus. Maria está no céu não somente porque ela é mãe de Jesus, mas porque fez a vontade de Deus. Assim santo é aquele que faz a vontade de Deus: os mártires, as virgens, homens e mulheres que guardaram a sua virgindade, assim como Santa Terezinha, Santa Clara, São Francisco, Santo Antonio e todos os santos.

No dia de hoje a Igreja celebra a festa de todos os santos. Porque a Igreja celebra? Porque no céu estão todos os santos que foram canonizados, mas o céu não está habitado somente por santos canonizados, mas está repleto de homens e mulheres que não foram canonizados, mas foram santos aqui nesta vida. Meu avô está lá entre os santos. É por isso que a Igreja celebra o dia de todos os santos.

Para sermos santos e estarmos na presença de Deus, é preciso estar puros, assim como Deus é puro e santo. E a palavra está nos dizendo hoje que seremos como Jesus.

É preciso retirar de mim tudo aquilo que não é puro. É preciso sermos parecidos com Deus. O que nos faz parecidos com Deus é a nossa bondade, é o amor.

A pessoa que vive cheia de rancor, falando mal dos outros, nisto não se parece em nada com Deus, mas os que respondem com a bondade, estes são parecidos com Deus. Você pode até dizer padre, mas eu não tenho sangue de barata! Graças a Deus que você não tem mesmo porque você tem o sangue de Jesus.

Quando nos aproximamos de Jesus, nos aproximamos para sermos purificados. Porque muitas coisas em nós, não são nossa culpa, como por exemplo o nosso temperamento, que muitas vezes são heranças negativas que trazemos dos nossos avós. Eu nem conheci Adão e Eva, mas como sou filho de Adão e Eva então trago em mim a mancha do pecado original, eu nem estava lá.

Quando você pega o primeiro livro da Bíblia no novo testamento, livro de São Mateus, onde nos fala da genealogia de Jesus e percebemos que nem todos que estão descritos na genealogia eram santos. Maria foi santa e imaculada, mas nem todos da genealogia de Jesus eram santos.

Eu estou contando tudo isso, primeiro, para que você conheça a sua história, e uma vez que você conheça a sua história você conheça melhor quem é você, e conhecendo melhor quem é você, então você purifique a sua história. A sua história pode ter tudo para dar errado, mas se você contar com a graça de Deus, ela tem tudo pra dar certo, porque com a graça de Deus nós podemos mudar o rumo da nossa história.

Ouça trecho desta pregação

Transcrição e áudio: Célia Grego
Fotos: Renan Félix


Padre Roger Araújo


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo