Se não for para ser santo, de nada vale

Magda Ishikawa
Foto: Natalino Ueda/cancaonova.com

Se não for para ser santo, de nada vale. Essa é nossa meta, a nossa busca. Deus tem um plano de salvação para sua vida. É uma responsabilidade, um desafio deixar tudo por causa de uma meta, atualizando a vocação, à qual somos chamados a viver: 'ou santos ou nada'. A santidade é para todos, não uma exceção. O cristão não pode ter medo de se expor, porque não estamos sozinhos, muitos outros estão buscando esta meta.

Talvez o seu estado seja de uma pessoa morta, sem sentido, dizendo "não tem mais jeito". O mundo mudou, mas uma coisa não deve mudar: seu anseio pela felicidade.

Onde você tem buscado a felicidade, o prazer, a alegria? Mudamos tanto! Mas, de repente, o Senhor nos desperta. Quem não sabe para onde vai, não sabe o que quer. Em Lv 11,44, o Senhor nos diz: “Porque eu sou o Senhor vosso Deus. Santificai-vos e sede santos, porque eu sou santo. Não vos mancheis, pois, com nenhum réptil que se arrasta pelo chão”. Escutamos a Palavra de Deus, mas parece que continuamos surdos, ainda somos atraídos pelo pecado. Hoje, o Senhor nos chama à santidade. Deus o trouxe à Canção Nova para tirar sua cegueira pela água do Espírito, para tirá-lo da condição de morto e fazê-lo livre.

“A vontade de Deus é a nossa santificação.”
Foto: Natalino Ueda/cancaonova.com

A dificuldade sempre chega até nós. Nesta hora, precisamos ter pessoas que nos amam ao nosso lado, para nos conduzir à felicidade. Em que lugar a santidade precisa se encaixar em sua vida? Na sua família, no seu namoro, no seu trabalho? Em Mt 6,33-34, Deus nos diz: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão dadas por acréscimo. Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá sua própria preocupação!”. O que você tem buscado? A conversão da sua família, um emprego, um carro? Quantas coisas você tem buscado?

O fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib, sempre nos ensinou que “a vontade de Deus é a nossa santificação”.

Não deseje outra coisa a não ser a santidade. "Ou santos ou nada". Ser santo não é uma coisa impossível. Santidade é cair, mas ter a coragem de se levantar, de pedir ajuda, é ter responsabilidade e assumir o compromisso de mudar de vida, seguir de pé como um homem novo, uma mulher nova. Somos convidados a nos preparar para a volta de Jesus, e o caminho é a santidade. Fomos feitos para ser santos.

Transcrição e Adaptação: Thais Oliveira

Confira um trecho da pregação:

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo