Se tu creres, verás a glória de Deus!

Padre Cleidimar Moreira
Foto: Leandro Premoli

Um dia recebi um convite para ir à uma fazenda. Quem me convidou disse assim: “Olha lá é simples, mas tem uma casa, um riacho, cavalo… Amanhã cedo passo de caminhonete para te pegar.”

Comecei a imaginar como era a fazenda, a casa devia ser enorme, o riacho deve ser um rio grande com cachoeira, e virão me buscar com uma caminhonete ‘cara’, ou algo assim… Dormi aquela noite já imaginando como seria o fim de semana.

No outro dia de manhã meu amigo chegou com um ‘fusquinha 68’. Perguntei se a gente num iria de caminhonete, ele disse que o outro carro estava problema e então fomos com o fusca. Chegando lá, eu vi a casa – na verdade um casebre. Pensei, vamos ver o que tem mais. Conheci o cavalo, era um pangaré. Fomos ao riacho, era um corregozinho que não dava quase nem ‘na canela’. Mas tudo bem, eu disse, vamos aproveitar esse fim de semana e ser felizes com o que nos foi proporcionado.

Esse Kairós foi anunciado a muito tempo. Divulgamos que o monsenhor Jonas estaria aqui, e infelizmente ele não pode estar. Criamos uma expectativa e não aconteceu como a gente tinha imaginado. Mas, temos aqui o que Deus tem para nós.

Tomara que você tenha vindo aqui por causa de Jesus, por que daí sim vai sair daqui com o que você estava procurando.

Os problemas, as enfermidades, as crise de família, tem um tempo para terminar. Esse tempo é hoje!

Quando você tem tribulações onde você vai colocar seus problemas? Em jogos, em vícios, em pessoas? Não, coloque-os só em Deus!

“Onde podes apresentar tuas feridas? A quem podes entregar a sua vida? Só em Deus!”

Deus quer o melhor para nós, assim como um pai quer o melhor para seu filho. De todo mal Deus tira um bem maior.

 

Deus sabe dos nossos problemas, e Ele não brinca com as nossas necessidades.
Foto: Leandro Premoli

Grande parte das pessoas que estão aqui vieram hoje em busca de um impossível. Deus sabe dos nossos problemas, e Ele não brinca com as nossas necessidades.

Ao contrário do que aconteceu em Sodoma, hoje temos aqui mais de 10.000 pessoas que se colocam em oração. E se colocamos os nossos joelhos no chão não acontecerá com nossa família o que aconteceu com Sodoma.

“Eu e minha casa serviremos ao Senhor”.

“Tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vô-lo dará”. Deus está presente neste lugar agora e se estamos em comum acordo no impossível que estamos pedindo, Deus nos dará. “Vem Senhor passar neste lugar, derrama tua graça sobre nós…”

A situação da nossa família muitas vezes é semelhante a de Sodoma. Então agora vamos rezar, pedindo à Deus. Não desista! Peça ao Senhor que não permita que sua família seja destruída.

Diga comigo: “Resgata a minha família das garras de Santanás. Eu te peço no nome Jesus, resgata a minha família. Se ela está adorando bezerros de ouro, eu te peço Senhor, não permita, no nome de Jesus. Eu e minha casa serviremos ao Senhor. A minha não é para o inferno. Tende misericórdia”.

 

Transcrição: Ellen Cristina 


Padre Cleidimar Moreira


Sacerdote da Diocese de Goiânia

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo