Seguidores do evangelho!

Padre Toninho
Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

Celebramos hoje a Solenidade de São Pedro e São Paulo, dois grandes pilares da Igreja.

Vamos conhecer um pouco aa vida de São Pedro. Ele era um pescador, irmão de André.

Um dia seu irmão André, apresentou Jesus a Pedro que era conhecido pelo nome de Simão. Pedro tinha uma personalidade muito forte.

Certo dia Jesus queria fazer uma enquete com seus discípulos e perguntou, conforme situação do Evangelho de hoje que está Mateus 16,13-19:

“Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?” Eles responderam: “Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”. Então Jesus lhes perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?” Simão Pedro respondeu: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”. Respondendo, Jesus lhe disse: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”.

Naquela hora, Pedro ficou sem entender, mas depois que passou um tempo, ele tomou consciência do que Jesus havia prometido a ele, como nos diz a primeira leitura em que Pedro estava preso e sendo vigiado por cerca de 16 soldados, como narra no livro dos Atos dos Apóstolos 12,1-11, que diz: “Naquela mesma noite, Pedro dormia entre dois soldados, preso com duas correntes; e os guardas vigiavam a porta da prisão. Eis que apareceu o anjo do Senhor e uma luz iluminou a cela. O anjo tocou o ombro de Pedro, acordou-o e disse: “Levanta-te depressa!” As correntes caíram-lhe das mãos. O anjo continuou: “Coloca o cinto e calça tuas sandálias!” Pedro obedeceu e o anjo lhe disse: “Põe tua capa e vem comigo!” Pedro acompanhou-o, e não sabia que era realidade o que estava acontecendo por meio do anjo, pois pensava que aquilo era uma visão. Depois de passarem pela primeira e segunda guarda, chegaram ao portão de ferro que dava para a cidade. O portão abriu-se sozinho. Eles saíram, caminharam por uma rua e logo depois o anjo o deixou. Então Pedro caiu em si e disse: “Agora sei, de fato, que o Senhor enviou o seu anjo para me libertar do poder de Herodes e de tudo o que o povo judeu esperava!”

Olha só o que Deus fez por Pedro, exatamente o que nós proclamamos no Salmo 33: “De todos os temores me livrou o Senhor Deus.”

Pedro morreu na cruz de cabeça para baixo, porque não se achava digno de morrer igual seu Mestre. Pedro, não teve medo de seguir Jesus, mesmo sofrendo. Pedro se tornou um mártir, porque não teve medo de seguir Jesus até o fim! Ele honrou sua resposta que vimos acima: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”. Conforme a resposta que você dá em sua vida hoje, será o compromisso que você estará assumindo com Ele.

""Não retenha a graça de Deus em sua vida!" afirmaPadre Toninho
Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

 

Paulo, antes de ser apóstolo, era um perseguidor dos cristãos.

“Saulo, durante a viagem, quando já estava perto de Damasco, de repente viu-se cercado por uma luz que vinha do céu. Caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: “Saul, Saul, por que me persegues?” Saulo perguntou: “Quem és tu, Senhor?” A voz respondeu: “Eu sou Jesus, a quem tu estás perseguindo.” E, de perseguidor, passou a ser perseguido, por causa de Jesus e se tornou um grande pregador e seguidor de Jesus.

Hoje, na segunda leitura, deixou seu testamento para os cristão em 2º Timóteo 4,6-8.17-18:

"Caríssimo: Quanto a mim, eu já estou para ser derramado em sacrifício; aproxima-se o momento de minha partida. Combati o bom combate, completei a corrida, guardei a fé. Agora está reservada para mim a coroa da justiça, que o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que esperam com amor a sua manifestação gloriosa. Mas o Senhor esteve a meu lado e me deu forças, ele fez com que a mensagem fosse anunciada por mim integralmente, e ouvida por todas as nações; e eu fui libertado da boca do leão. O Senhor me libertará de todo mal e me salvará para o seu Reino celeste. A ele a glória, pelos séculos dos séculos! Amém. Em sua carta aos Gálatas 2,5, o apóstolo afirma: “Eu vivo mas não sou eu quem vivo, é Cristo que vive em mim.” Esse apóstolo, assumiu que a sua vida só tinha sentido se fosse com Jesus.

Precisamos viver o que esses dois grandes apóstolos viveram. Depois que eles se encontraram com Cristo, tiveram sua vida transformada por Ele. Precisamos ser homens e mulheres de Deus, que exalam o perfume da santidade. Como cristãos precisamos exalar o bom odor de Cristo: perdoando, amando, rezando, confessando, adorando, jejuando, cantando, louvando, etc… Assumindo isso no dia a dia.

Hoje vocês fizeram a experiência de chegarem aqui vazios, e durante todo este dia foram se enchendo com a graça de Deus, seja você um portador da graça de Deus por onde quer que vás. Pedro e Paulo durante os sofrimentos e as perseguições conservavam sempre a sua alegria e esperança em Cristo Jesus. Convido você nesta tarde para fazer a opção de seguir Jesus, Se você encontrou Jesus, O apresente, para que outras pessoas também possam conhecê-lo. A exemplo de Pedro e Paulo, que possamos a cada dia seguir Jesus, não somente com palavras, mas também com a própria vida! Amém.

Transcrição e Adaptação: Mariana Lazarin Gabriel

Padre Toninho Justino Filho


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo