Ser de Deus por inteiro

Frei Josué
Foto: Wesley Almeida / Fotos CN
Meus amados, vejamos o Evangelho de hoje que se encontra em São Mateus (13, 10-17):

“Naquele tempo, os discípulos aproximaram-se e disseram a Jesus: 'Por que tu falas ao povo em parábolas?' Jesus respondeu: “Porque a vós foi dado o conhecimento dos mistérios do Reino dos Céus, mas a eles não é dado. Pois à pessoa que tem, será dado ainda mais, e terá em abundância; à pessoa que não tem, será tirado até o pouco que tem. É por isso que eu lhes falo em parábolas: porque olhando, eles não vêem, e ouvindo, eles não escutam, nem compreendem. Deste modo se cumpre neles a profecia de Isaías: 'Havereis de ouvir, sem nada entender. Havereis de olhar, sem nada ver. Porque o coração deste povo se tornou insensível. Eles ouviram com má vontade e fecharam seus olhos, para não ver com os olhos nem ouvir com os ouvidos, nem compreender com o coração, de modo que se convertam e eu os cure'. Felizes sois vós, porque vossos olhos vêem e vossos ouvidos ouvem. Em verdade vos digo, muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes, e não ouviram, desejaram ouvir o que ouvis, e não ouviram””.

Acabamos de ler dois lamentos: um do Pai, que é o nosso Deus, e outro do Filho, Jesus Cristo, diante de uma multidão que quer ver tanto o milagre, mas não quer abrir o seu coração de verdade. Imagine o que Jesus sente quando você O troca, O deixa, O abandona. Como nós traímos Deus, meus amados! Como traímos a Ele por tantos amores falsos. Preferimos cavar cisternas que são podres, com água contaminada, a beber de Deus, que é a fonte da vida.

Precisamos nos entregar completamente ao Senhor, mas é exatamente disso que temos medo. Por isso, nos entregamos parcialmente, mas quando Deus nos pede "aquela" penitência nós não a fazemos porque temos medo. Só seremos felizes quando Deus for o Senhor absoluto das nossas vidas. Estar com Deus é se perder para se encontrar. Só vai ter paz quem realmente buscar o Senhor. Liberdade somente com Jesus. Eu sei que você tem medo de se entregar ao Senhor, mas a nossa vontade de ser feliz tem de ser maior que o nosso medo.

Conheço uma história que simplifica bem essa luta entre medo e a vontade de ser feliz. Havia um bonequinho de sal que tinha um grande sonho de conhecer o mar, mas seus pais o proibiam de todo o jeito. Um dia, quando eles saíram, o bonequinho foi em busca de sua felicidade. Ao chegar no mar, mesmo com medo, tocou o seu dedinho na água salgada. A sensação que ele sentiu era inexplicável. Ele maravilhou-se de alegria, mas quando olhou para o pé percebeu que ele tinha se dissolvido. Ele ficou com mais medo ainda, mas estava feliz. Não contente de ter perdido apenas o dedo, ele colocou também as pernas, os braços e, posteriormente, todo o seu corpo naquela água. O bonequinho de sal foi sumindo, sumindo… Foi aí que ele descobriu que ele era o mar e o mar era ele.

"Você nasceu para ser todo de Deus, meu amado. Entregue-se a Ele, não endureça o seu coração"
Foto: Wesley Almeida / Fotos CN


Você nasceu para ser todo de Deus, meu amado. Entregue-se a Ele, não endureça o seu coração.
Seja como o bonequinho de sal e não tema! Saia da multidão, como nos diz o Evangelho de hoje. Não queria apenas a sua cura, a resolução dos seus problemas. Jesus não é o seu empregado! Ele não vai satisfazer os seus desejos. Entregue-se a Ele e confie!

Você quer ser muito amado pelo Senhor? Ajoelhe-se aos Seus pés, e então peça sabedoria para enfrentar os problemas que você vive. Há coisas que o Senhor só revela àqueles que perseveram na adoração, no silêncio.

A rede vai ser lançada. Se você só quer uma bênção de Deus, um milagre, vai ser jogado fora da rede. Meu amado, é tempo de se entregar completamente ao Senhor. Saia do meio da multidão. Faça uma caminhada séria. Jesus busca pessoas que não O traiam.

Temos que salvar nossas almas do inferno, senão o que valeu o sangue de Jesus derramado na cruz? O que adianta o homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder a sua alma? Onde você vai passar a sua eternidade?

O Senhor o chama a um discipulado, a uma consagração. Você que é casado e quer viver um bom casamento, comece a fazer um acompanhamento na Igreja. Você vai encontrar o seu lugar. Se você é jovem, faça um caminho vocacional, se aproxime de Nosso Senhor.

Posso afirmar que como sacerdote sou tão feliz buscando a Jesus. Quando chego a um altar – seja aqui na Canção Nova com milhares de pessoas ou na zona rural com apenas duas -, me sinto muito alegre por trazer o Corpo de Jesus ao coração dos homens. Não há felicidade maior. Queira essa felicidade para a sua vida, meus amados. Que Deus abençoe e proteja os seus passos. Amém.


Transcrição e adaptação: Ariane Fonseca


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE: (12) 3186 2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo