Servir a Jesus com amor e temor

Padre Roberto Lettieri
Foto: Robson Siqueira/Foto CN
“Senhor, eu não sou digno que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo”.

O Papa Bento XVI deu um exemplo para nós cristãos. Todos que comungam com a Sua Santidade têm que se ajoelhar e receber o Corpo e o Sangue de Cristo nos lábios. A atitude de se ajoelhar é uma atitude de humildade, de reverência. Não é uma determinação eclesial, mas é um exemplo muito forte.

O Pontífice escreveu: "Não há perigo de exagerar no cuidado e no amor que temos de ter com Jesus no Santíssimo Sacramento". O apóstolo Paulo também disse: "Ao nome de Jesus se dobre todo o joelho". Se ao nome do Senhor já devemos nos dobrar, quanto mais ao Corpo e ao Sangue d'Ele!
Quando você se ajoelha o seu interior fica mais preparado para receber o Senhor. Alguns padres não aceitam esse sinal de respeito, mas saibam: em qualquer diocese você tem liberdade de comungar de joelhos. Ninguém pode proibir você de fazer isso. Aproxime-se com amor, reverência e temor ao Senhor.

Filhos e filhas, que alegria poder ter Jesus como alimento! Mas, infelizmente, Ele não está sendo reverenciado e adorado como merece. Há muita profanação com o Seu nome. O Seu Corpo e o Seu sangue não têm sido tratados com o amor que Ele merece. O Santíssimo Sacramento muitas vezes é descartado e até pisado por muita gente.

Em Santas Missas grandes, com muitos fiéis, muitas vezes, os cantores são mais importantes que Jesus Eucarístico. Isso tem que parar! Tem que haver amor e cuidado com o Corpo de Deus. Uma das maneiras de demonstrar esse cuidado é mostrar para o mundo que você tem amor e temor para com o Nosso Jesus Cristo presente na Missa.

'O problema da atualidade é que tudo é colocado em dúvida. Falta fé nos homens!'  afirma  Pe. Roberto
Foto: Robson Siqueira/Foto CN

Ninguém deve comungar o Corpo de Cristo sem antes adorá-Lo. Depois de consagrado, Ele não é mais pão. Há muitos padres que estão com medo de beber o Sangue de Jesus na Santa Missa por causa da Lei Seca (que proíbe a ingestão de bebidas alcoólicas ao dirigir). Eu creio fielmente que, depois de consagrado, não é mais vinho, é o Sangue do Senhor! Posso ser criticado por isso, mas eu creio! Será que você acredita que é o Sangue de Jesus que está consagrado na Celebração Eucarística? Será que acredita que a Carne que comungamos é o Corpo do Senhor?

Há alguns irmãos que cuidamos que têm problemas com bebidas alcoólicas. Com qualquer gota de álcool eles já podem ter uma recaída. Mas, todos os dias eles bebem o Sangue de Jesus e, ao contrário, ficam melhores do que nunca!

O problema da atualidade é que tudo é colocado em dúvida. Falta fé nos homens!
Adoremos ao Senhor de todo o nosso coração. O Corpo de Jesus é mais precioso do que tudo. A Missa é o sacrifício do Senhor.

Espero que isso que eu falei agora possa chegar ao coração de muitas pessoas, que vocês possam renovar o amor e o temor a tão sublime Sacramento: Corpo, Sangue, Alma e Divindade! Obrigado, Papa, pela sua sensibilidade e exemplo de amor ao Senhor!

Transcrição e adaptação: Ariane Fonseca


ADQUIRA ESTA PREGAÇÃO PELO SHOPPING CN OU PELO TELEFONE: (12) 3186 2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo