Somente sua escolha pode levá-lo para Deus

Padre Alberto Linero
Foto: Fotos CN/ Wesley Almeida

Queremos sentir o poder de Deus nessa manhã. Permitir que o Seu Santo Espírito realize uma obra nova em nossa vida. Gostaria, nessa pregação, de falar sobre a escolha que os homens maus acabaram fazendo, e também da escolha que hoje podemos fazer nesse Acampamento de Oração. Para isso, eu abordo três pontos importantes:

Primeiro ponto:
Deus fez boas todas as coisas. Você e eu confessamos o Deus da vida como sendo o nosso Criador. Ele está acima de tudo e todos. Bendizemos a Deus porque Ele nos criou! E aqui temos que ter claro que nada pode estar acima de Deus. Ele nos comunica a Sua bondade. Deus não criou nada mau. Nada da criação é mau. Tenhamos claro que o mal não é obra de Deus. Você é bom! Você é um homem bom, uma mulher boa, um jovem bom. Que ninguém o convença de que você é mau, pois você é valioso para Deus. Quero dizer isso com muito ânimo: “Você é bom, porque Deus o fez bom”.

Às vezes você erra, se equivoca. Mas isso não muda a sua natureza: você é bom. Por isso, o seu destino não é o pecado, a infelicidade. Você foi criado para a felicidade, para a plenitude de uma vida em comunhão com Deus. Você foi criado para ser feliz. Todas as dificuldades da sua vida serão superadas em Deus.

Uma das tentações do Inimigo é fazer com que acreditemos que somos maus. Mas hoje não! Creia que você saiu das mãos de Deus. Assuma a bondade de Deus em sua vida!

Outra tentação é a de que fomos feitos para a dor, para a infelicidade. Não, meus irmãos! Fomos feitos para a felicidade, para vivermos na glória de Deus.

Eu quero insistir – até o cansaço! – que Deus fez tudo bom. Por isso é possível sermos e vivermos felizes. Talvez você esteja machucado pelo pecado, pelas escolhas erradas que fez na vida, mas não precisamos mais temer os malefícios, os ataques do mal, porque fomos criados para a bênção.

Eu digo tudo isso porque existem pessoas que querem colocar Satanás no mesmo nível de Deus. Isso não é certo! Só existe um Deus, o nosso Deus, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo. Quem como Deus? Ninguém está acima d'Ele! Isso precisa ser uma verdade em nosso coração. Precisa ser uma certeza. Ninguém pode vencê-Lo. Ele está acima de todos!

Segundo ponto: De onde vem o mal, meus irmãos? Se Deus fez boas todas as coisas, de onde saiu o mal? A resposta é que Deus nos fez à Sua imagem e semelhança, com a capacidade de amar e ser livre. Deus não quer que você esteja ao lado d'Ele obrigado, como se fosse um robô. Deus não quis assim. Você poderia ser um robô? Sim, e um belo robô! Mas não é essa a vontade de Deus. Ele o fez livre. Ele quer que você O ame do fundo do seu coração.

Preste muita atenção no que afirma o Catecismo da Igreja Católica, no número 391:

Por detrás da opção de desobediência dos nossos primeiros pais, há uma voz sedutora, oposta a Deus, a qual, por inveja, os faz cair na morte. A Escritura e a Tradição da Igreja veem neste ser um anjo decaído, chamado Satanás ou Diabo. Segundo o ensinamento da Igreja, ele foi primeiro um anjo bom, criado por Deus. «Diabolus enim et alii daemones a Deo quidem natura creati sunt boni, sed ipsi per se facti sunt mali – De fato, o Diabo e os outros demônios foram por Deus criados naturalmente bons; mas eles, por si, é que se fizeram maus».

"Você não pode optar pelo mal. A fé consiste em todos os dias optarmos por Deus", ensina Padre Alberto Linero
Foto: Fotos CN/ Wesley Almeida

 :: Veja fotos no Flickr
:: Veja + fotos também no Facebook

Esse é o pecado. Daí surge o mal. Ele nasce a partir dessa negativa do homem. Por isso, eu e você temos que escolher, todos os dias, sermos de Deus. Jovem, decida-se a amar a Deus, a ser de Deus!

O mal consiste em acreditarmos que, ao fecharmos nosso coração a Deus, teremos a bênção. Isso é uma grande mentira! Satanás tem enganado a muitos com essa mentira. O Catecismo nos ensina que por trás da escolha errada de nossos pais havia uma voz sedutora que, por inveja, os fez cair na morte.

Hoje eu quero convidar você a estar consciente de que, se você não disser “sim” a Deus, o mal viverá em seu coração. É uma decisão sua! Abrir ou fechar o coração a Deus é uma escolha sua. É a sua decisão. Você não é um robô. Ou é?

Você tem a decisão em suas mãos. Você não pode optar pelo mal. A fé consiste em todos os dias optarmos por Deus. Precisamos renovar a nossa fé. Do contrário, corremos o risco de perdê-la.

Um dia, fui treinar boxe. E o treinador me disse: “Cuidado para não baixar a guarda!” Fui para a luta e achei que estava indo bem mas, de repente, eu baixei a guarda e… Pronto! Já estava caído sobre a lona. E por quê? Porque eu baixei a guarda. Compreendeu? Apenas um dia que você baixar a sua guarda, você acabará caindo!

Não adianta você ficar dizendo: “Ah! Mas eu sou muito bom naquilo que faço” Se um dia você baixar sua guarda, você será nocauteado. A Palavra de Deus nos ensina: “É por inveja do demônio que a morte entrou no mundo, e os que pertencem ao demônio prová-la-ão” (Sabedoria 2,24).

Foi por inveja do demônio, meus irmãos! Precisamos tomar muito cuidado com isso. Precisamos ser homens e mulheres de fé. Do contrário, nos desviaremos.

O diabo não nos seduz com coisas feias, mas com coisas belas. Esteja atento! Todos os dias você precisa afirmar sua fé em Jesus. Assim você terá a vitória sobre o mal. Logo de manhã, ao acordar, diga: “Eu sou do Senhor!” E isso em todos os momentos do seu dia, do amanhecer ao anoitecer faça isso. Reafirme a sua fé em Deus. Temos que nos manter firmes na fé! Deus quer que você seja feliz e viva n'Ele. A chave para a vitória é permanecer em Deus, como os ramos que permanecem unidos ao tronco da árvore.

Terceiro ponto: A força do Espírito Santo nos assegura viver em Deus. Se o pecado consiste no rompimento da nossa relação com Deus, se consiste em matar Deus dentro do nosso coração – como o filho mais novo fez na “parábola do filho pródigo” (cf. Lc 15,11-14) -, se consiste em viver distante, longe de Deus, se consiste em gastar mal a herança de Deus, os Seus dons, o Espírito Santo, por outro lado, nos leva a dizer: “Jesus, que o Senhor viva sempre em meu coração”. Isso é o oposto do pecado.

Fiéis escutam atentamente a pregação do Padre Alberto Linero no Acampamento "Quem como Deus"
Foto: Fotos CN/ Wesley Almeida

Porque eu creio, sei que o mal não tem espaço em meu coração. Porque eu creio, deixo o Espírito Santo encher o meu coração nessa manhã. Meu filho, deixe o Senhor Jesus ser o “número 1” na sua vida. Daí você conseguirá vencer o mal que está ao seu redor. Que o Espírito Santo coloque no seu coração essa certeza: é possível viver uma vida em Deus.

Clamemos juntos: “Vem, Espírito Santo! Renova-nos e encha-nos com o Seu amor e poder”.


Transcrição e adaptação: Alexandre Oliveira (@alexandrecn)

Confira um trecho desta pregação:


Padre Alberto Linero


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo