Sou profeta do amor

Padre Eliano Gonçalves
Foto: Ariane Fonseca
São Lucas 4, 21-30:
 
“Naquele tempo, estando Jesus na sinagoga, começou a dizer: 'Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir'. Todos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca. E diziam: 'Não é este o filho de José?' Jesus, porém, disse: 'Sem dúvida, vós me repetireis o provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo. Faze também aqui, em tua terra, tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum'. E acrescentou: 'Em verdade eu vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria. De fato, eu vos digo: no tempo do profeta Elias, quando não choveu durante três anos e seis meses e houve grande fome em toda a região, havia muitas viúvas em Israel. No entanto, a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a uma viúva que vivia em Sarepta, na Sidônia. E no tempo do profeta Eliseu, havia muitos leprosos em Israel. Contudo, nenhum deles foi curado, mas sim Naamã, o sírio'.

Quando ouviram estas palavras de Jesus, todos na sinagoga ficaram furiosos. Levantaram-se e o expulsaram da cidade. Levaram-no até ao alto do monte sobre o qual a cidade estava construída, com a intenção de lançá-lo no precipício. Jesus, porém, passando pelo meio deles, continuou o seu caminho”.

Para quem tem ouvido para ouvir, esta profecia acontece. Por isso, é importante estar de ouvidos atentos. O gesto de Jesus marca um tempo único. O Senhor é aquele que dá sentido, é ungido por excelência. Veja como é bela essa expressão do Evangelho, porque chegou um tempo de graça. Mas o coração que está preso em seus limites não consegue perceber a salvação prometida por Deus. Esta salvação não se limita aos critérios pobres e estreitos dos seus conterrâneos. É necessário a pobreza do coração. Para aquilo que é o principal na minha vida eu sempre irei disponibilizar tempo, porque justamente esta dedicação vai determinando aquilo que vou me tornando.

A profecia de amor sempre irá nos desafiar, uma palavra que vai realmente nos incomodar. Os conterrâneos de Jesus ficam com os seus preconceitos. Todas às vezes em que nós tomamos a decisão de ficar fechados em nós, fazemos a mesma coisa que eles: negamos os dons do Senhor. Quem semeia na carne só pode colher corrupção. Quem semeia no Espírito só pode colher a graça.

Este coração que só quer as provas extraordinárias é um coração que não irá crer nunca. Um amor seletivo é sempre pobre, estreito, restrito. Nós precisamos aprofundar e ampliar a nossa visão da vida porque Jesus nos oferece a oportunidade. Será que o seu coração se abre para amar de todo coração a Deus e se entregar com caridade?

O coração que é preconceituoso sempre vai ficar revoltado e vai rejeitar a verdade do amor. Quantas vezes a verdade lhe foi dita e você a rejeitou? Entenda que quando nós rejeitamos o amor nunca conseguimos ser felizes. Não conseguimos abraçar aquilo que é mais belo e digno de uma pessoa. A reação perante os fatos verdadeiros não é uma escuta que se contenta; é uma escuta que se revolta porque justamente não quer uma mudança. Jesus sempre vai insistir conosco, como insiste na liturgia de hoje.

"Quem semeia na carne só pode colher corrupção. Quem semeia no Espírito só pode colher a graça"
Foto: Ariane Fonseca

Qual tem sido a sua reação perante a verdade que lhe é proclamada? Eles [na passagem bíblica acima] rejeitaram a Jesus por conhecerem sua origem humilde. E você como está reagindo à verdade?  Avalie-se. A sua capacidade de amar, de acolher está nula? Como está o seu coração? Faça uma revisão de vida nesta tarde.

Amar é ir ao encontro. A experiência do verdadeiro amor acontece quando nós damos o passo de fazer o que o samaritano fez. Chegar perto, parar a nossa viagem, derramar o azeite, o vinho, dar de nós mesmos… Quem não chega perto vai sempre rejeitar o ferido para amar simplesmente aquele que acha que é são, mas que também tem deficiências. Quem não adora a Deus de todo o coração não consegue amar o próximo como a si mesmo. Ame a Deus de todo o coração!

É preciso ouvir a Palavra de Deus e amá-la de uma forma que eu possa acolhê-la verdadeiramente. O amor sempre vai falar e vai incomodar. Um acolhimento que é interesseiro sempre deseja manipular ao Senhor. Lute para não ser este interesseiro dentro da sua casa e com as pessoas com as quais você convive. Porque a todo o momento esta opção egoísta nos é oferecida. É preciso ouvir a Palavra de Deus com amor, assim você sempre contemplará as verdades do seu coração.

Respire este ar puro do seu estado de vida, da sua consagração, da sua vocação… Quando nós perdemos o foco, ficamos endurecidos. Em tudo que você fizer se não houver caridade, não valerá de nada. Só existe sentido de caridade quando realizamos algo em Deus. Se Ele não for o primeiro na sua vida, você não irá saber aquilo que é belo e que é bom nela. Sem o Altíssimo nem aquilo que é belo saberemos administrar. Nós fomos feitos para seguir o caminho, cujo modelo perfeito é Jesus.

"Eu só tenho condições de enfrentar o mundo lá fora, se tenho os elementos da fé para me amparar"
Foto: Ariane Fonseca

Você não pode tudo, é por isso que a Palavra de Deus nos ensina o que é realidade. Sem caridade você não é nada. Você ama produzindo liberdade? O amor não vive para si mesmo. A caridade só pode guardar em si aquilo que é belo; aquilo que é santo. O perdão nos torna livres. A caridade não guarda rancor. Ela nunca estabelecerá união com as trevas, ela não quer modelar o outro.

Está faltando amor verdadeiro em nosso meio.
Despertem porque está faltando o essencial, uma vida sem o essencial deixa de ser profecia. Eu só tenho condições de enfrentar o mundo lá fora, se tenho os elementos da fé para me amparar. Somente o amor pode colocar em ordem e harmonizar o seu interno para que você seja capaz de enfrentar as coisas externas. Você precisa deixar-se amar para amar. Deus conhece você, Ele o escolheu.

É preciso viver a entrega na promessa de Deus, senão vou viver tremendo diante dos combates da vida. É preciso acreditar. Não tema, pois  o Senhor está com você. Confie n'Ele. Deus não envia ninguém para a derrota e, sim, para a vitória. Mas a forma como eu parto para a guerra também influencia nesta vitória.

Transcrição e adaptação: Pollyana Fonseca


Acompanhe as pregações pelo twitter @cancaonova e
retuite a mensagem que mais falar ao seu coração.

ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE:
(12) 3186 2600

Veja também:

:: Vídeos sobre depressão na WebTVCN
:: Leia este conteúdo no Iphone
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova


Padre Eliano Luiz Gonçalves


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo