Temos a fisionomia de Deus

Evangelho de São Mateus 3, 13-17
A afeição é justamente essa capacidade de, ao longo de uma vida, dar um pouco da nossa afeição, dar o mais profundo da nossa alma, e também ter a capacidade de receber isso das pessoas: dos nossos pais, dos irmãos, professores, dos que nos amam… Pessoas as quais você ama e que também amam você, e pessoas que o próprio Deus colocará na sua vida.

Você que foi batizado, , que tem esse Sacramento de ter Deus dentro de você, você não é um \’santo do pau oco\’! Você é um santo preenchido pelo Espírito Santo. E eu não estou exagerando de te chamar de santo, porque santo significa selecionado. Você nasceu santo e também pecador.
A vontade de Deus é a nossa santificação .

Você também vive com Deus a sua afetividade. Em você também está a face de Cristo, assim como Jesus disse: \’quem me vê, vê o Pai\’. Por exemplo, quem vê algum membro da comunidade Canção Nova, vê um pouquinho do padre Jonas.
Preciso te dizer: quem me vê, vê o Padre Jonas, porque existe essa afetividade, essa afeição entre nós, que é a capacidade de ter afeição de alguém ou de dar a sua afeição a alguém.
Para isso é preciso entrar num processo de santificação.

Por exemplo: uma pessoa que está na prostituição, que convive com outras que vivem a mesma coisa, essas pessoas também vivem a afetividade entre elas, mas é uma afetividade deformada, e se a afetividade está deformada, passa-se também uma feição deformada.
Ouça: Dunga explica sobre o dar o melhor ou o pior de si para o outro

A afetividade é a capacidade de termos ou darmos a nossa afeição ou ter a afeição de alguém.
Quem me vê, eu, Dunga, vê o padre Jonas, vê a minha esposa, meus filhos, meus melhores amigos. E quem vê essas pessoas vê um pouquinho de mim também. Isso porque tenho afeição por estas pessoas e elas por mim.

E nós nos parecemos com o nosso Deus. Que maravilha!

Tomemos a passagem no livro I Tessalonicenses 4, 3: \”Esta é a vontade de Deus: a vossa santificação; que eviteis a impureza.\”
Deus está pedindo para que nós não nos misturemos com a impureza. Ele quer a nossa santificação.

Você já nasceu santo, porque Deus quer a sua santidade. O fato é que nós nascemos também pecadores.
São dois fatos: 1º sou santo, 2º sou pecador.
A vontade de Deus não é a sua santidade, porque santo você já é. A vontade de Deus é a vossa santificação.

Ouça: Dunga fala dos seus 20 anos de casado e o processo de santificação

Nesse processo contínuo de santificação, de afetividade você vai dando a sua face, o melhor de você para que as pessoas colham dessa \’árvore maravilhosa cheia de frutos\’ que você é.

Você pode ser melhor a cada dia!

O mundo fala tanto em qualidade de vida, mas vive se ferindo. Existe aquela lei da vantagem, de ganhar vantagem em tudo, em cima de outras pessoas. Para gente ser feliz de fato é necessário que haja pessoas felizes do seu lado, felizes e realizadas. Eu já me convenci disso.
Hoje, eu trabalho para que as pessoas sejam felizes: as pessoas que trabalham comigo, a minha esposa, o meus filhos, os meus amigos.

Sabia que você se relaciona com mais ou menos 50 pessoas? Ninguém se relaciona com 500, 1500 pessoas. Isso, segundo pesquisa realizada. Pessoas com as quais todo dia você se encontra: o padeiro, o seus pais, seus vizinhos, seus colegas de escola/faculdade etc… São essas pessoas com as quais verdadeiramente você vai conviver.
Tem pessoas que vivem realmente perto de você, que te conhecem, que sabem o que você gosta, o que te irrita, o time que você torce. Dentro desse grupo, você é convidado a viver a afetividade.

Quantos aqui tiveram um namoro na \’carnen, mas, hoje, não mais. Agora estão sendo honestas com a pessoa com que namora. Mesmo que esse namoro acabe, não dê certo, a amizade continua. Isso porque houve respeito, houve afetividade entre as pessoas. Isso é processo de santificação.

No livro de Jeremias 15, 19-21
A intenção do diabo não é vencer Deus, é juntar mais derrotados a ele, porque ele é um derrotado.
O Nome de Jesus está acima de todos os nomes. O diabo é um vencido!
E se você estava com a sua afetividade deformada, Deus diz para você: \’se você voltar eu farei de ti meu servo, eu o usarei para reconstituir faces, farei de você um servo bem usado por mim\’. Deus fará de você, como diz a palavra: \’se você apartar o precioso daquilo que é vil e desprezível, se você tomar essa decisão na sua vida, de separar o que é precioso do que é desprezível, você será como a minha boca, será a boca de Deus na sua casa, na sua família, na sua escola, no campinho de futebol onde você joga, com o seu namorado(a)\’.

Você se tornará a \’boca\’ de Deus e as pessoas que você ama virão ao seu encontro.
As pessoas buscarão em você a feição de Deus, elas vão querer pegar um pouquinho de você, de sua face, sua afetividade.

Ouça: Dunga fala de como se prova o amor

\’Eis o meu filho muito amado, o qual eu coloco toda a minha afeição\’.
Diga isso: Eu sou esse filho muito amado, o qual Deus colocou a Sua afeição, e eu vou viver a minha afetividade dentro do processo de santificação. Serei como a \’boca de Deus\’ e as pessoas virão até a mim para viver comigo o amor de Deus.

Transcrição: Tatiane Bastos
Fotos: Ana Paula Rosa

Versión en español: Tenemos la fisonomía de Dios


Adquira esta pregação em CD ou VHS
Ligue: (12) 3186-2600


Veja mais:

:.Afetividade e sexualidade… Duas forças que Deus colocou em nós!
:.Educar-se para a castidade é possível para quem busca o desígnio de Deus
:. O amor cresce

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo