Tende ânimo e vereis a libertação

Irmã Maria Eunice/ Cancaonova.com
Foto: Wesley Almeida/ cancaonova.com

Peça a Deus uma chuva de bênçãos no deserto do seu coração. De vez em quando, passamos por uma crise de fé, mas, no deserto, também pode brotar um oásis, porque para Deus nada é impossível!

Moisés respondeu ao povo: “Não temais! Tende ânimo, e vereis a libertação que o Senhor vai operar hoje em vosso favor. Os egípcios que hoje vedes, não os tornareis a ver jamais. O Senhor combaterá por vós; quanto a vós, nada tereis a fazer.” O Senhor disse a Moisés: “Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que se ponham a caminho. E tu, levanta a tua vara, estende a mão sobre o mar e fere-o, para que os israelitas possam atravessá-lo a pé enxuto. Vou endurecer o coração dos egípcios, para que se ponham ao teu encalço, e triunfarei gloriosamente sobre o faraó e sobre todo o seu exército, seus carros e seus cavaleiros. Os egípcios saberão que eu sou o Senhor quando tiver alcançado esse glorioso triunfo sobre o faraó, seus carros e seus cavaleiros.” O anjo de Deus, que marchava à frente do exército dos israelitas, mudou de lugar e passou para trás; a coluna de nuvens que os precedia pôs-se detrás deles, entre o acampamento dos egípcios e o de Israel. Era obscura, e alumiava a noite. E não puderam aproximar-se um do outro, durante a noite inteira. Moisés estendeu a mão sobre o mar. O Senhor fê-lo recuar com um vento impetuoso vindo do oriente, que soprou toda a noite. E pôs o mar a seco. As águas dividiram-se e os israelitas desceram a pé enxuto no meio do mar, enquanto as águas formavam uma muralha à direita e à esquerda. Os egípcios os perseguiram: todos os cavalos do faraó, seus carros e seus cavaleiros internaram-se após eles no leito do mar. À vigília da manhã, o Senhor, do alto da coluna de fogo e da de nuvens, olhou para o acampamento dos egípcios e semeou o pânico no meio deles. Embaraçou-lhes as rodas dos carros de tal sorte que, só dificilmente, conseguiam avançar. Disseram então os egípcios: “Fujamos diante de Israel, porque o Senhor combate por eles contra o Egito.” O Senhor disse a Moisés: “Estende tua mão sobre o mar, e as águas voltar-se-ão sobre os egípcios, seus carros e seus cavaleiros.” Moisés estendeu a mão sobre o mar, e este, ao romper da manhã, voltou ao seu nível habitual. Os egípcios que fugiam foram de encontro a ele, e o Senhor derribou os egípcios no meio do mar. As águas voltaram e cobriram os carros, os cavaleiros e todo o exército do faraó que havia descido no mar ao encalço dos israelitas. Não ficou um sequer. (Êx 14, 13-28)

Que coisa maravilhosa! Deus trabalha com o 'hoje', com este presente que nós, muitas vezes, não sabemos administrar, porque não sabemos vivê-lo. Vivemos somente o passado, mas precisamos viver o presente, pois Deus trabalha para ele. Mas nós temos um inimigo que nos engana; ele sim é nosso real inimigo. Duas armas poderosas o inimigo tem nas mãos: o medo e o desânimo. O medo já matou muitos e o desânimo tem levado outros à morte. O Senhor os combaterá por nós, pois Ele caminha conosco, combate por nós.

Nós temos de mandar embora os nossos inimigos. Você está com medo por quê? Onde está a sua fé, a sua esperança neste Deus maravilhoso? Quando nós temos a proteção do Céu, o inimigo não nos alcança.

"O Senhor está conosco, Ele combate a nosso favor!", ressalta Irmã Maria Eunice
Foto: Wesley Almeida/ cancaonova.com

Com Deus, veremos aquela situação de depressão ir embora, mas é preciso que queiramos, é preciso que fiquemos espertos, pois Deus quer cuidar de nós! Nós precisamos tomar cuidado, pois o nosso Deus é o único Senhor. Não haverá outro! Mas sabe qual é o nosso problema? Nós não sabemos escutar, não O deixamos nos amar e nos salvar.

O Senhor veio para curar e salvar aquilo que estava perdido, Ele veio para nos salvar. Isso é uma promessa, pois Ele disse que iria tirar de nós toda a enfermidade. Temos muitas feridas físicas, emocionais, espirituais, mas o Senhor cuidará de cada uma delas. Renda-se a Ele!

Perceba como vivemos armados. Alguém fala conosco e já estamos com a resposta na ponta da língua. Desarme-se! Quanta gente armada pela raiva, pelo desamor! Talvez você pense que o nome mais forte e poderoso seja câncer, morte, paralisia… Não! O nome mais poderoso é o de Deus. O Senhor vai cuidar de nós, vai cuidar bem do nosso corpo.

O pecado traz consequências maléficas tanto para o corpo como para a alma. Quando não estamos dispostos a amar, o nosso corpo fica paralisado, as feridas começam a sair, ficamos encurvados. Peça que Jesus, o Salvador, o liberte.


Transcrição e adaptação:
Karina Aparecida


Irmã Maria Eunice


Missionária da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo