Tenho sede, dai-me de beber

Frei Elias Vella
Foto: Robson Siqueira/cancaonova.com

“Foi, pois, a uma cidade de Samaria, chamada Sicar, junto da herdade que Jacó tinha dado a seu filho José. E estava ali a fonte de Jacó. Jesus, pois, cansado do caminho, assentou-se assim junto da fonte. Era isto quase à hora sexta. Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. Porque os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida. Disse-lhe, pois, a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (porque os judeus não se comunicam com os samaritanos). Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva.” (João 4, 1-ss)

Evangelho de João 4, vamos partilhar o encontro de Jesus com a Samaritana.

Jesus tinha que passar na Samaria, e no tempo de Jesus Israel era divida em vários estados, e os viajantes tinha que passar entre os estados e sempre teve um conflito entre a Samaria e a Judeia, e Cristo era judeu.

E na Samaria tinha o poço de Jacó, a escritura diz que Jesus cansado e sentou-se a beira do poço, e quero que você reflita – Jesus estava cansado, Ele que era filho de Deus. E ai tocamos Jesus foi humano como nós, sentiu cansado, rejeitado, Jesus teve medo. Por tanto quando você senti cansado se una a Jesus, no momento do medo una-se ao medo de Jesus.

Imagine o quanto Jesus sofreu quando o povo escolheu Barrabás, o criminoso, no lugar d' Ele, pense a dor do coração de Jesus quando Judas o traiu, quando Pedro o negou.

"O encontro com Jesus nos transforma
", afirma frei Elias Vella
Foto: Robson Siqueira/cancaonova.com

Quantas vezes estamos cansado, com medo sofremos, nestes momentos podemos encontrar o Cristo que viveu o que vivemos.

Jesus encontrou a samaritana, que era uma mulher que buscava o amor, e teve 5 maridos, e nenhum saciou a sua sede de amor, de paz e alegria, mas ela estava bebendo na fonte errado. Faço pergunta a você: Onde você tem buscado viver? Onde tem buscado o amor?

A mulher da Samaria vai meio dia, o momento onde sol tava mais quente, talvez escolheu aquele horário, porque ela se escondia do poco que sabia de sua vida de pecados. E você esconde seu sofrimentos onde? Atrás de sorrisos falsos?

O encontro com Jesus nos transforma. A samaritana que estava cheia de amarguras, pede a Jesus dai-me de beber desta água viva. E hoje precisamos desta água viva na nossa vida. Precisamos desta água que nos tira o vazio.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo