Testemunho e evangelização

Damian Stayne
Foto: Robson Siqueira/ Cancaonova.com

Hoje quero falar com vocês sobre testemunho e evangelização, isso só fará sentido quando entendermos o verdadeiro valor que a pessoa tem para Deus. Precisamos descobrir o quanto Deus ama a pessoa e, movidos por esse amor, ter a coragem de nos aproximar  delas e testemunhar o que Deus fez e pode fazer nós dias de hoje.

A evangelização é sempre um desafio, porém, precisamos proclamar a Palavra de Deus com toda coragem! É muito fácil falar de Deus para vocês que estão aqui na Canção Nova, mas precisamos lembrar que também somos evangelizadores quando estamos no barbeiro, no caixa do supermercado, no ônibus. Precisamos falar de Jesus em todos os lugares, usando as palavras e com o nosso jeito de ser. Assim afirma o Catecismo da Igreja Católica: “Os leigos cumprem sua missão profética na evangelização através da Palavra de Deus e do testemunho cristão.”

Todo aquele que faz uma experiência com Deus, automaticamente sai contando para todo o mundo, isso é se chama testemunho.

Cristo precisa ser apresentado a todos com certeza e convicção, não existe lugar no Cristianismo para uma evangelização omissa! Precisamos ter a coragem de Deus para anunciá-Lo. A coragem traz o respeito, precisamos ter a confiança de Deus na proclamação do Evangelho, para anunciar a Boa Nova.

Uma boa história conta a verdade a respeito dos seus heróis, uma história ruim conta a verdade dos autores dessa história. Infelizmente, o nosso medo de evangelizar se dá pelo fato de as pessoas olhem para as nossas falhas em vez de verem e fazerem uma experiência com Deus ao qual estamos anunciando. Mas na evangelização não acontece dessa maneira, senão a evangelização não havia acontecido, nem chegado até nós. Portanto, Deus sempre dá uma graça especial às pessoas que desejam dar testemunho de Jesus Cristo no mundo.

“Deus está fazendo maravilhas!”, enfatiza Damian
Foto: Robson Siqueira/ Cancaonova.com

 Confira + fotos no Flickr

 

 Se você pensa que você não tem forças para evangelizar, clique aqui e ouça o exemplo desta mulher.

 

Quero falar um pouco mais sobre evangelização, terminando este acampamento você vai voltar para sua casa, para o seu trabalho, para sua vida normal e as pessoas vão lhe perguntar como foi o seu fim de semana, e você vai dizer o quê? Foi bom, ofi normal, ou você pode testemunhar o que Deus fez em você aqui neste fim de semana. Precisamos ficar alerta para dizer a respeito do que vivemos com Deus!

Nos encontros casuais testemunhe o que você viveu, diga da sua experiência com sabedoria e ousadia em Deus e você vai ser um evangelizador.

Dentro de todas as pessoas existe uma sede natural de Deus e quando você testemunha essa sede será parcialmente saciada e ela se interessará, aí você pode convidá-la para participar do seu grupo de oração. É importante você ser claro e objetivo nessa conversa, mostrando o antes e o depois, para que a pessoa não fique confusa. Tenha claro em sua mente a experiencia que você viveu.

Precisamos aprender a descobrir que tipo de pessoas estamos evangelizando e qual é o anseio do coração delas. Peça a Deus a graça da sabedoria e do discernimento. A partir disso, dê respostas que vão ao encontro da necessidade da pessoa. Durante este fim de semana nós falamos sobre esse novo tempo no sobrenatural, Deus está nos convidando para viver este novo tempo. Reze e se prepare para vivê-lo, para que, por meio da experiência carismática, as pessoas possam experimentar as graças miraculosas de Deus.

 

Transcrição e Adaptação: Mariana Lazarin Gabriel


Damian Stayne


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo