Tire a pedra, já cheira mal

Irmã Maria Eunice
Foto: Wesley Almeida/Foto CN

Jesus veio para curar e salvar aquilo que está perdido. O Senhor veio para você, Ele quer te encontrar. Vamos abrir a Palavra de Deus que está em Ezequiel 37, 12-14:

“Por isso, dirige-lhes o seguinte oráculo: eis o que diz o Senhor Javé: ó meu povo, vou abrir os vossos túmulos; eu vos farei sair deles para vos transportar à terra de Israel. Sabereis então que eu é que sou o Senhor, ó meu povo, quando eu abrir os vossos túmulos e vos fizer sair deles, quando eu meter em vós o meu espírito para vos fazer voltar à vida e quando vos hei de restabelecer em vossa terra. Sabereis então que sou eu o Senhor, que o disse e o executei – oráculo do Senhor”.

O Senhor está dizendo que vai abrir os nossos túmulos hoje. Ele vai cumprir está profecia. O Espírito Santo quer repousar em nós, quer nos trazer nova vida. A nossa vocação é ser sacrários; e não túmulos. A nossa vida não deve ser moradia de cadáver. Você não é túmulo, és um sacrário onde habita Deus. Nós somos fontes de luz, assim como o Senhor. A nossa vida precisa estar aberta à luz.

Não podemos ficar remoendo frustrações, más recordações. A nossa vida não existe para ser um palco de fracassos, de ódio, de rancor, de mágoa, de tristeza; ela existe para ser moradia do Espírito de Deus. Deixa o Senhor abrir o seu túmulo hoje, porque já cheira mal. Curar é transformar os nossos túmulos em sacrários.

Mas, para Jesus se manifestar, é necessário abrir o túmulo, tirar a pedra. O Senhor não faz por nós o que podemos e o que devemos fazer. Quem tem que tirar a pedra sou eu e é você. O grande erro que cometamos é rolar a pedra em cima daquilo que não está bem resolvido dentro do nosso coração.

Quando sepultamos dentro de nós alguma coisa ruim, mais tarde, tudo isso explodirá; causando muitos estragos – tanto em nós como no próximo.
Nossos traumas emocionais são situações dolorosas da nossa vida que interferem constantemente no nosso comportamento. Cura interior é deixar Deus tocar a Sua mão santa no nosso problema não tratado.

Muitas vezes temos medo de nos abrir, no entanto, enquanto não colocarmos para fora aquilo que está entalado dentro de nós, vamos sofrer e fazer as pessoas em nossa volta também sofrerem. Deus é misericordioso e ama você, independente do que você é ou tenha feito. Um exemplo disso é a ressurreição que Jesus concedeu a Lázaro, um grande amigo do Senhor que era leproso.

Jesus freqüentava a casa de Lázaro e também quer freqüentar a sua, independente do que você seja. Uma das irmãs do leproso era uma prostitua, mas o Senhor não queria ver isso. Os amigos de Jesus morrem, sofrem, ficam deprimidos, mas ressuscitam. Quando todo mundo pensa que está derrotado, vem Jesus e traz a luz.

"A nossa vida não existe para ser um palco de fracassos, de ódio, de rancor, de mágoa, de tristeza; ela existe para ser moradia do Espírito de Deus".
Foto: Wesley Almeida/Foto CN

Com ou sem doença, na alegria e na tristeza; precisamos ser amigos de Jesus. Eu fui uma pessoa visitada pelo câncer, mas estou aqui, graças a Deus. Se somos amigos de Jesus, os nossos problemas vão somente fortalecer nosso vigor, a nossa fé. De noite pode vir o choro, mas de manhã volta a alegria. Essa é uma das especialidades de Deus. Ele pode transformar luto em música, dor em festa.

Seja amiga do Senhor, mais ainda, diante dos seus problemas. Marta e Maria, irmãs de Lázaro, disseram a Jesus: “Senhor, aquele que tu amas está enfermo”. Essa é umas orações de cura mais linda que existe. Talvez hoje seja você mesmo – aquele que o Senhor ama – que está enfermo e precisa de ajuda. Não se apresse, assim como Jesus atendeu Lázaro, vai te acolher. Você precisa entender o tempo de Deus.

Você é um amigo muito amado de Jesus, Ele não nos trata como doentes, mas sim como pessoas que necessitam de amor. Você não é uma prostituta, um drogado, um cachaceiro; é um filho amado. Jesus nunca rotula você, mas sim te ama cada vez mais.

Jesus sempre sabe o que faz. Ele não fala para nós o que vai fazer, mas Ele sabe. O Senhor demorou para chegar e Lázaro morreu, mas, depois de quatro dias, Ele o ressuscitou. Foi para a glória de Deus que isto aconteceu. Precisamos esperar e entender o momento. O endereço que devemos ir para sarar nossas dores, nossos sofrimentos e mágoas é aos pés da cruz.

Temos que chorar sim, mas com as mãos abertas, confiando na providência divina, confiando em Deus. Se não está tudo bem na sua vida, fale para o Senhor. Ele é seu amigo e vai chorar com você. Jesus quer saber o motivo das suas lágrimas, das suas dores e lutos para curar você. Não esconda suas dores, pois um dia elas explodirão.

Precisamos remover a nossa pedra, porque estamos escondendo o nosso mal cheiro. Deus quer a nossa participação no processo de cura. Eu não posso me curar, mas posso remover a minha pedra para Jesus entrar. Deixa a luz de Deus entrar no seu túmulo para extrair tudo aquilo que você viveu no passado e que te machuca até hoje. Saia do chão, busque as coisas do alto. Deus é Deus, nós só devemos ser adoradores. Ele sabe o que faz.

Se você precisa perdoar, perdoe; se precisa amar, ame. As suas mágoas e seus ressentimentos só vão fazer você apodrecer no túmulo. Saia! Mesmo o morto, se levanta. Nada pode resistir a Palavra de Jesus. Que dor você precisa tirar do seu coração? Jesus está dizendo agora: Tire a pedra e vem para fora!

Transcrição e adaptação: Ariane Fonseca


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE (12) 3186 2600


Irmã Maria Eunice


Missionária da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo