Total confiança e suprema entrega

 

Profecia que a Luzia trouxe durante a oração da manhã  (Você por adquirir  a oração dessa manhã,  conduzida por Luzia Santiago,  pelo shopping.cancaonova.com)

Ás vezes pensamos que Deus cuida apenas da nossa parte espiritual. Ficamos muito espiritualizados ou até alienados, como muitos dizem.

Nessa passagem, que a Luzia cita, Jesus está falando de coisas concretas. ‘Não vos preocupeis com o dia de amanhã…’.

A grande doença dos tempos de hoje é a preocupação, que causa em nós estresse, mas o Senhor diz:’ …lançai sobre  mim todas as vossas preocupações porque eu tenho cuidado de vós…’

Repita comigo: ‘Eu lanço sobre Deus todas as minhas preocupações porque Ele é meu Pai,  Ele cuida de mim em todas as coisas, e por isso posso lançar sobre Ele todas as minhas preocupações. Deus cuida de mim, em tudo e por tudo&rsquo

Padre Jonas reza pedindo que a Palavra de Deus seja gavada em nossos corações

Você que foi tomado pelo desespero, Jesus sabe o estado do seu coração.

‘Coragem! Eu venci o  mundo!’

Uma coisa muito importante é que diante dessa verdade, que Deus cuida de cada um de nós, acabamos pensando  que tudo sempre irá bem nas nossas vidas, porque sabemos que  Deus cuida de mim, da minha saúde, da saúde dos meus familiares…, mas quando acontece alguma coisa ruim conosco ou alguém que amamos nós tomamos um susto, parece que a nossa fé desapareceu, mas na verdade ela eclipsou, então, você não vê mais nada.
Por esse motivo, quanta gente se angustia e se desespera e ainda fica decepcionada e zangada com Deus e abre mão das coisas de Deus, da Igreja, do grupo…

Quando você se decepciona com o seu marido ou você, filho ou filha, se decepciona com seu pai ou sua mãe por causa do alcoolismo, do adultério etc ou de repente você perdeu o emprego, ou ficou doente, ou alguém muito íntimo faleceu, apesar de você ter rezado muito por essa pessoa… muita gente, nessa hora, se decepciona com Deus, abandona as coisas de Deus e entra numa pior. Se perto de Deus já passamos por tudo isso, imagine longe de Deus…o diabo deita e rola na sua vida, em especial se você está zangado com Deus.

Na hora de doença, de morte , de desespero… é hora de ter coragem!
Jesus disse: ‘Tereis tribulações…’. Tivemos problemas esse ano e ainda teremos problemas ano que vem. Estamos numa guerra espiritual. E parece que quanto mais somos de Deus, o demônio nos ataca, ele arma as piores coisas para nós na hora em que menos esperamos, e nessa hora nós ficamos super ‘pra baixo’, e nem parece mais que somos cristãos, mas nós não somos pagãos. Nós temos um Deus, temos Jesus, nosso Salvador, temos Maria, a Mãe de Jesus, temos a comunhão dos Santos…. nós temos auxílio!
Vejamos essas passagens destes Evangelhos:

:.São Mateus 26, 36-39: ‘36 Retirou-se Jesus com eles para um lugar chamado Getsêmani e disse-lhes: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar. 37 E, tomando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se. 38 Disse-lhes, então: Minha alma está triste até a morte. Ficai aqui e vigiai comigo. 39 Adiantou-se um pouco e, prostrando-se com a face por terra, assim rezou: Meu Pai, se é possível, afasta de mim este cálice! Todavia não se faça o que eu quero, mas sim o que tu queres’.

:.São Marcos 14,32: ‘32 Foram em seguida para o lugar chamado Getsêmani, e Jesus disse a seus discípulos: Sentai-vos aqui, enquanto vou orar. 33 Levou consigo Pedro, Tiago e João; e começou a ter pavor e a angustiar-se. 34 Disse-lhes: A minha alma está numa tristeza mortal; ficai aqui e vigiai. 35 Adiantando-se alguns passos, prostrou-se com a face por terra e orava que, se fosse possível, passasse dele aquela hora. 36 Aba! (Pai!), suplicava ele. Tudo te é possível; afasta de mim este cálice! Contudo, não se faça o que eu quero, senão o que tu queres’.

:.São Lucas 22, 40: ‘40 Ao chegar àquele lugar, disse-lhes: Orai para que não caiais em tentação. 41 Depois se afastou deles à distância de um tiro de pedra e, ajoelhando-se, orava: 42 Pai, se é de teu agrado, afasta de mim este cálice! Não se faça, todavia, a minha vontade, mas sim a tua. 43 Apareceu-lhe então um anjo do céu para confortá-lo’.

O Pai cuidava de Jesus, pois Jesus era seu Filho. O Pai não O abandonou, e também no momento da dor estava com Ele.

Por que os três evangelistas São Mateus, São Marcos e São Lucas narram diferentes?
Os três evangelistas têm razão no que narram, porque na verdade esses três sentimentos profundos estavam dentro de Jesus e Jesus acabou dizendo com palavras dele tudo que estava dentro d’Ele, por isso Marcos, Lucas e Mateus escreveram assim.

Jesus tem a perfeita confiança em Seu Pai e tem uma grande certeza: o Pai pode tudo!
E em todos problemas que temos que enfrentar, Jesus quer que tenhamos aquela extrema confiança em Deus como Ele teve. O Pai cuida de nós, mas se o Pai não nos atende do jeito que queremos a gente se decepciona, a gente se revolta e deixamos as coisas de Deus.

Em São Mateus 26,39: 39: ‘Adiantou-se um pouco e, prostrando-se com a face por terra, assim rezou: Meu Pai, se é possível, afasta de mim este cálice! Todavia não se faça o que eu quero, mas sim o que tu queres’, quando Jesus viu tudo aquilo que ia acontecer com Ele, e sabia tudo que ia passar, sua prisão, seu julgamento e sua morte, Ele entrega-se totalmente ao Pai.

Temos que ter a confiança extrema que Jesus teve, como relatou São Mateus, mas ao mesmo tempo também devemos  ter uma total entrega como Jesus se entregou, como narrou São Marcos: ‘35 Adiantando-se alguns passos, prostrou-se com a face por terra e orava que, se fosse possível, passasse dele aquela hora. 36 Aba! (Pai!), suplicava ele. Tudo te é possível; afasta de mim este cálice! Contudo, não se faça o que eu quero, senão o que tu queres’.

Meus irmãos,  precisamos aprender isso se não a gente se decepciona e se revolta. Saber que Deus pode tudo, mas que Ele é o Senhor de tudo também: da saúde e da doença, da vida e da morte, do emprego e do desemprego… Nós não podemos impor as coisas ao Senhor, e por isso, assim como Jesus disse:  ‘Tudo te é possível; afasta de mim este cálice! Contudo, não se faça o que eu quero, senão o que tu queres’ devemos dizer: ‘afasta de mim essa situação Senhor…’, mas ao mesmo tempo devemos ter uma extrema entrega: ‘…pai eu estou nas tuas mãos…’.

Você que reza pelo seu casamento, precisa dizer Pai eu te entrego, mas que seja feito como Tu queres e não como eu quero. Você precisa se entregar.
‘Não é como eu quero, mas do jeito e na hora, da maneira que o Senhor quer’.

Muitas coisas não dependem apenas de Deus, mas de você mesmo ou da pessoa pela qual você está rezando, do que ela fez ou deixou de fazer. O Senhor nos fez pessoas livres, mas ao mesmo tempo se precisamos expressar numa profunda entrega a Deus.

Seja feita a Tua Vontade, Senhor!

O evangelista Lucas que é muito preciso, ele era médico e pesquisador.
 Veja Lucas 22,42: 42: ‘Pai, se é de teu agrado, afasta de mim este cálice! Não se faça, todavia, a minha vontade, mas sim a tua. . 43 Apareceu-lhe então um anjo do céu para confortá-lo’.

Temos que ter a suprema obediência e submissão ao Pai como nos mostra Lucas para que, então, o Senhor mande um anjo do Céu para nos fortalecer e superar aquela situação, como foi enviado a Jesus na hora da Sua Paixão. Embora Jesus tenha suado sangue, o Pai o fortalecia através daquele anjo e você precisa dessa fortaleza; a fortaleza vem.

Muitas vezes ficamos como crianças rebeldes revoltadas quando nos decepcionamos porque as coisas não aconteceram do nosso jeito, mas é necessário a extrema submissão a Deus quanto as minhas orações pelo emprego que se reza, pelos filhos que se reza, pelo casamento que se reza…

Quem cuida de nós é o Pai, por isso devemos ter a extrema confiança, a extrema entrega e a extrema obediência ao Pai.

Se nós treinarmos para unir esses três setimentos, Jesus dirá a nós: ‘…levante-se meu filho e minha filha e vamos! Agüenta firme, meu filho, minha filha e vamos!’
A palavra de Jesus é ‘vamos’ não é ‘eu vou’ ou ‘vão vocês’…

Mesmo tendo morrido Jesus, o Pai atendeu o Seu pedido no horto das Oliveiras.
Ele morreu, mas você foi salvo, se Ele não tivesse morrido você não teria sido salvo.
Deus tanto ouviu a oração de Jesus que O ressuscitou no terceiro dia.
Deus O deixou passar por tudo aquilo porque era necessário para você ser salvo, mas depois O ressuscitou. Com você será a mesma coisa.

O agir do Pai será muito mais rápido na sua vida se você unir esses três sentimentos de Jesus: a extrema confiança, a extrema entrega, a extrema obediência ao Pai.
Não queira que as coisas aconteçam do seu jeito, mas do jeito do Pai.

Deus cuida de ti!

Padre Jonas ministra a música ‘Deus cuida de mim’, cantada pela Salette

Transcrição: Tatiane Bastos
Edição áudio: Tatiana Gomes
Fotos: Lucilene Silva


Adquira esta palestra através
do telefone 12 3186 2600


 

.: CD: Deus cuida de mim, Salette Ferreira


Monsenhor Jonas Abib


Fundador da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo