Ultrapassando obstáculos e avançando para o céu

"Se, portanto, ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus. Afeiçoai-vos às coisas lá de cima, e não às da terra" (Cl 3, 1-2).

Em Deus nós encontramos força, salvação, amor, fé, esperança, misericórdia, paz… Tudo isso está lá em cima, por isso, precisamos nos afeiçoar a Deus, precisamos ter um rosto de misericórdia, um olhar de amor, de ternura. Claro que isso é um exercício muito exigente, por isso precisamos rezar para estar diante de nosso Senhor e receber o olhar de misericórdia, de perdão, de carinho d’Ele. Essa é uma transformação que precisa acontecer com você.

O Senhor nos diz que os obstáculos para alcançarmos as coisas do alto são os problemas, porque nós o consideramos metas e tentamos resolvê-los. Mas é o diabo quem nos faz colocar os problemas no centro da nossa vida para que nos foquemos apenas nele. Só vamos conseguir ultrapassar esses obstáculos quando nos afeiçoarmos às coisas do alto.

O novo livro do padre Léo "Buscai as coisas do alto" foi a inspiração que eu tive hoje para dizer a você que nós precisamos ter no rosto a expressão de amor e de bondade.

Meus queridos, a vida é uma só, e a morte é uma passagem para a eternidade. Enquanto estamos aqui nesta terra, precisamos buscar as coisas lá de cima através dos sacramentos, para que, à medida que caminho em direção a Deus, eu vá tomando as feições d’Ele para que ele veja em nós as semelhanças com o céu. Viva esta vida única que Deus lhe deu, porque a forma com que viveremos a nossa eternidade, dependerá das feições que teremos do Senhor.

Há pessoas, que estão criando feições de egoísmo, de ira, de ódio… Deus não vai reconhecê-las quando elas chegarem no céu. Hoje, o Senhor está lhe dando forças para que você ultrapasse e avance em direção a Ele. Busque as coisas do alto, mude de vida.

A tentação de viver como se a hora de passar desta vida para a eternidade não fosse chegar faz com que o homem se sinta imortal. E essa idéia de imortalidade tem sido causa de muita tristeza, pois faz com que ele perca a responsabilidade de buscar Deus.

Mas onde estarão os problemas? Nosso Senhor cuidará deles à medida que nos assemelharmos a face d’Ele.

Se a sua meta é o céu, você precisa tomar uma decisão. Madre Teresa de Calcutá dizia mais ou menos assim: "Não importam as circunstâncias, por mais difícil que elas sejam, eu vou seguir em frente, reunindo todas as forças para que eu me torne cada vez mais ser a pessoa que eu decidi ser".

A Igreja nos prepara para a vinda do Senhor. Tome feições de bondade, porque o mundo esta transformando as preocupações num grande valor. Se você é uma pessoa preocupada, já está travada de preocupação, Jesus não vai reconhecê-lo, porque não foi assim que Ele o criou. Precisamos treinar viver como cidadão de Deus e pra isso nosso Senhor está nos dando força para ultrapassarmos os obstáculos e avançarmos na direção d’Ele. Vamos investir nossa vida nisso, vamos nos decidir a ser santos.

Hoje, nosso Senhor quer nos dar um coração novo, um jeito novo de viver. É preciso juntar forças, inclusive as que não temos e nos valer delas, mergulhando nas nossas misérias e dizendo: "Meu Deus me ajude, porque eu não tenho forças. Eu não vou arredar pé de perto do Senhor porque eu não tenho força".

Por maior que seja o seu problema, ele não é maior que Deus. Tudo é possível ao que crê e nada é impossível para Deus. Creia nisso, porque o Senhor não tem nos desamparado.

Transcrição e Edição:Michelle Mimoso 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo