Um novo Cenáculo

Nós percebemos que ao longo da Sagrada Escritura o fogo simbolizava a presença poderosa de Deus. Assim como na sarça ardente, em muitos exemplos, este elemento [o fogo] está presente na Palavra de Deus.

“Eu vim lançar fogo a terra e tenho desejo de que ele já esteja aceso”. Nesta tarde, irmãos, o Senhor derramará o Seu Espírito Santo, e o Espírito Santo se manifestará como em Pentecostes. Assim como em Atos dos Apóstolos eles ficaram todos plenos do Espírito Santo.

O projeto de Deus para nós é de mantermos o fogo do Espírito Santo aceso na Igreja e nos grupos de oração. A Palavra de Deus diz tudo isso que eu estou falando.

Quando na Palavra diz que os discípulos se reuniam no andar superior, isso quer dizer que nós temos que subir para "o andar superior" também. E quero dizer que hoje Deus estão se levantando homens de fé aqui neste lugar. E quando homens e mulheres de fé se levantam, muitos milagres acontecem.

No livro dos Atos dos Apóstolos diz que os discípulos perseveravam unanimente, na oração. É preciso perseverar na oração, não podemos desanimar. Nós da Renovação Carismática Católica (RCC) precisamos ser o rosto de Pentecostes. Precisamos nos manter fiéis às doutrinas da nossa Igreja.

Grupo de oração é o lugar onde acontece o anúncio da Palavra de Deus, e esta é feita de maneira nova quando um pregador se levanta para pregar a Palavra de Deus com coragem. É meu dever e seu anunciarmos uma palavra que liberta, uma palavra de esperança. É nosso dever proporcionar um encontro pessoal com Jesus aos demais. Não haverá lugar em nossas igrejas de tantas pessoas que estarão lotando as nossas igrejas.

A Renovação Carismática tem nome, e o nome é Jesus Cristo. Em Pentecostes, a oração tinha como centro Jesus Cristo, tudo era feito no senhorio de Jesus.

Precisamos tratar também do louvor dentro dos nossos grupos de oração, e para isso o Senhor quer nos dar uma nova maneira de orar. O louvor precisa ocupar pelo menos 50% do tempo no nosso grupo de oração.

Algumas pessoas vivem no saudosismo dizendo que a Renovação de hoje não é tão boa quanto antes, mas o passado já não está mais em nossas mãos e é preciso construir um tempo novo nela [RCC]. Para que seja dado prosseguimento nesse movimento eclesial é preciso que haja unidade. E muito mais que mãos unidas, são corações unidos, de forma que tomamos consciência de que nós precisamos do nosso irmão e que ele é um dom de Deus para nós.

Sede sóbrios, pois o leão ruge ao nosso redor, o nosso inimigo, o demônio, está em ronda a ponto de nos devorar. O leão não chega e ataca um grupo de zebras, mas ele acompanha, e solta um rugido, o que é ameaçador. Então uma delas se assusta e fica olhando para trás, enquanto as outras continuam em grupo, e à medida que ela se afasta, o leão vem e a pega. E quantos irmãos são tentados e se afastam dos grupos. Quero dizer que se você não permanece no grupo, o leão [inimigo de Deus] também o ataca. É hora de você assumir o seu posto.

Existe uma característica no Cenáculo de Pentecostes: o batismo no Espírito Santo. É nosso dever trazer luz ao nosso Brasil pelo fogo de Pentecostes, nós temos de invocar a presença do Espírito Santo. A Sagrada Escritura nos ensina: “Batei e vos será aberto, pedi e recebereis”.

Temos que ter consciência e o conhecimento que não pertencemos a este mundo, pertencemos ao Reino do Céu. A esperança precisa estar no nosso coração, é preciso fazer a diferença em nossas casas, em nossas famílias. Também precisamos assumir a graça de Pentecostes com todas as conseqüências, é preciso viver todos os efeitos desta graça.

Eu era um menino de 16 anos, eu era triste, tinha perdido minha mãe, e minha família estava passando por grandes dificuldades, quando eu encontrei com a Lucélia, que hoje é minha esposa. Então ela me convidou para ir ao grupo de oração. E eu fui para vê-la, mas eu cheguei lá e Jesus me encontrou. Naquele grupo, eu entendi que Jesus não tinha culpa de nada, e sim, o pecado, e que Ele tinha derramado seu sangue para apagar nossos pecados. Foi ali que eu tive a minha vida transformada. O que seria de mim se minha esposa não tivesse me levado para aquele grupo de oração?

É preciso que um profundo amor brote dos nossos corações por meio dos grupos de oração. É preciso que tenhamos esperança, é preciso que os grupos se multipliquem por toda a nossa nação. O grupo de oração é um lugar onde a graça do Espírito Santo é derramada, dando-nos um novo ardor missionário, gosto pela vida em santidade, graças e carismas.

É preciso que os grupos vivam sua identidade, é preciso que acolham os carismas, por meio das quais acontecem profecias. Precisamos definitivamente viver como um verdadeiro carismático.

Na Renovação Carismática Católica não há lugar para acomodados, mas para aqueles que querem assumir o seu lugar, acolhendo os carismas que Deus quer lhes dar, colocando os dons a serviço, para levar um verdadeiro Pentecostes aos nossos grupos de oração.

Deus está reconstruindo os nossos grupos de oração. O Senhor quer reconstruir a nossa tenda, e nossa responsabilidade é levar aos grupos de oração um novo ardor.

Vem, Espírito Santo, renova a face da terra!

Transcrição: Célia Grego
Fotos: Lucilene Silva
Edição: Willieny Isaias


Adquira essa pregação pelo telefone:
(12) 3186-2600



Lázaro Praxedes de Oliveira


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo