Verdade sobre o mal

.: Ouça essa pregação na íntegra

Quais são os dias maus em nossas vidas? São aqueles dias em que não estamos muito bem, que estamos meio nervosos, preocupados com alguma coisa. E é nesse momento que o demônio quer o pegar, ou você acha que ele vai vir na hora em que estiver tudo bem?! Por isso precisamos abraçar o escudo da fé, para que nessas horas difíceis, nós não desanimemos.

Quantas vezes, quando estamos doentes as pessoas querem nos ajudar, querem fazer o bem, mas acabam fazendo o mal. Acabam fazendo um ‘remedinho’ consagrado e você, sem saber, toma e fica contaminado. A partir disso, as coisas vão acontecendo com você, com a sua família, com seus bens.

Não adianta nada você ser abençoado e depois sair usando drogas, matando, etc… Infelizmente muita gente usa a bênção apenas como amuleto. Não podemos fazer isso. Temos de tomar posse da bênção que Deus nos dá, por isso, não podemos abrir brecha ao demônio. Nenhum mal, nenhum mau-olhado atinge você se você estiver com o seu coração aberto à vontade de Deus. Este texto do livro de Efésios capítulo 6, versículo 10, escrito há tanto tempo e que diz: ’Revesti-vos da armadura de Deus… é real em nossa vida atual. Precisamos fechar as portas para as coisas do \’encardido\’ e revestir-nos das coisas espirituais, que nos levam a Deus e nos preservam das coisas malignas.

Um dia, eu vi uma reportagem de um político e que por sinal, o respeito. Ele falou uma bobagem. A apresentadora perguntou em que mês ele havia nascido? E ele respondeu: ‘Escorpião’. Um católico não pode dizer uma besteira dessas. Horóscopo não é de Deus! O signo é sinal de ignorância. Não podemos acreditar nesses símbolos. O único símbolo que devemos acreditar e fazer sempre é o: ‘Em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo’.

É muito comum, hoje, nós vermos muitas pessoas cheias de tatuagens. Na Bíblia, no Livro de Isaías, vemos que Deus nos diz que nossos nomes estão tatuados em Suas Mãos. Isso basta! Eu não preciso ficar marcando o meu corpo com essas porcarias, esses desenhos tribais. Esse tipo de tatuagem é como uma teia de aranha, e essa teia significa que quer te prender.

Outra coisa, são as pessoas que vestem camisetas eróticas, com desenhos malignos: precisamos andar santamente, até no jeito de se vestir, porque se não vamos parecer \’outdoor\’ do demônio.

Nós precisamos renunciar as coisas do maligno: as drogas, a bebida alcoólica, o cigarro… Porque o inimigo quer colocar em nosso coração o seguinte: ‘aquele padre bebe, aquele outro fuma, eu não vou parar!’ Não seja bobo, essa é a voz do \’encardido\’ querendo o enganar.

Precisamos estar revestidos com a couraça da justiça, para anunciar o Evangelho da paz e não nos revestirmos com a couraça da fofoca, da inveja, etc.

A doutrina da fé católica não está pedindo coisas extraordinárias para você fazer. Ela pede coisas concretas e coisas possíveis, como por exemplo, abraçar o escudo da fé, a espada da justiça, o escudo da fé.

Vá trazendo à sua mente, agora, tudo aquilo que você tem em sua casa que não é de Deus: estrelas, livros contaminados, quadros… Vá renunciando as coisas que não vêm de Deus, porque Ele quer o libertar, mas você precisa colaborar com Ele. Renuncie a inveja, principalmente. Se tem uma coisa na qual o demônio age é na inveja.

‘Eu renuncio a todo tipo de horóscopo, toda contaminação, que acabei pegando até mesmo por ignorância. Renuncio as causas dos vícios de cigarro, bebidas alcóolicas. Renuncio a todo e qualquer tipo de relação com falsas doutrinas.’ Vem, Espírito Santo, sobre todas essas realidades e já O agradeço pela graça que realizaste em nós. Muito obrigado, Senhor Jesus!

Transcrição: Leandro Francisco
Fotos: Anderson Nunes
Áudio: Tatiana Gomes

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo