Viver sempre contente. Orar sem cessar

André Botelho
Foto: cancaonova.com

Neste dia, Deus quer levantar o nosso coração de todas as tristezas, pois Ele nos fez para que vivêssemos na alegria.

São Paulo diz aos Tessalonicenses que eles precisam viver sempre contentes. O apóstolo nos ensina que nós cristãos, mesmo na tristeza, somos mais que vencedores. 

O céu está em nosso coração, e, hoje, somos chamados a fazer morada no céu. Esta alegria não é uma realidade póstuma, porque o cristão tem essa felicidade. O homem de Deus, o justo, não teme receber notícias más.

Ajuntai para vós tesouros no céu, onde não os consomem nem as traças nem a ferrugem, e os ladrões não furtam nem roubam. (Mateus 6,20). Temos um tesouro, temos uma vitória que está dentro do nosso coração. Nós fomos salvos em Cristo, fomos criados para viver a felicidade de Deus. O homem sabe que, independente do que aconteceu na sua vida, ele foi criado por Deus. O Senhor nos criou para que vivêssemos a felicidade d'Ele!

A glória do Pai é a nossa felicidade, Ele é um ser absoluto, é um ser completo em si mesmo. Deus não precisa de nada para ser completo, não precisa de nós, pois Ele é consistente em si. Felicidade não é feita de meras emoções, mas é uma paz interior.

Os santos são aqueles que descobriram a sua riqueza. Antes de uma pessoa ser considerada santa, a Igreja verifica se ela foi feliz, pois não existe santo que não tenha encontrado a felicidade. Ser feliz é ter a alegria e a paz de Deus no coração!

Cada um de nós é chamado a ser feliz de uma maneira na criação de Deus. Que esta seja uma verdade: Deus quer nos levantar!

Felicidade é ter a alegria e a paz de Deus no coração
Foto: cancaonova.com

Fomos adquiridos para o louvor da glória de Deus. Por meio do louvor agradecemos a Deus, porque louvar nos traz a bênção do Pai, abre as portas para a glória de Deus. Aquele que louva é como São Paulo, é mais que vencedor!

O que é o sacrifício do louvor? É o fruto que brota dos nossos lábios, de quem tem um coração obediente a Deus. Quando nós louvamos, nós atendemos a vontade do Senhor; quando fazemos uma experiência de louvor, este nos traz o céu. Só pode louvar a Deus quem confia n'Ele. O Senhor nos coloca em situações difíceis para que possamos amadurecer.

Deus nos dá a Sua glória, porque, muitas vezes, nós as perdemos. O Senhor conhece os desígnios de nossa vida, Ele sabe do que precisamos e, por isso, tantas vezes Ele se cala. Quem não confia em Deus não pode testemunhá-Lo. O homem que louva é cheio de alegria, porque ama e está sempre disposto para Deus. Um cristão não é triste, carrancudo, mas é feliz. Não pode haver cristão sem felicidade.

O louvor nos insere na graça de Deus. A melhor maneira de vencermos a atitude de autopiedade é sairmos de nós mesmos e ajudar os outros. Tantas vezes, vamos atrás disto ou daquilo, mas é o louvor que exorciza o pecado. Louvar é uma atitude de obediência, de confiança. Sabem qual é o maior louvor que existe? A Missa. Ela é ação de graças! Quem vive na glória de Deus é sustentado nela. O coração que só fica lamuriando precisa da graça divina.

O Senhor nos chamou para nos levantar, para derramar bênçãos sobre nós. Ele quer nos levantar do meio da tristeza e nos elevar para a Sua glória.

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida


André L. Botelho de Andrade


Fundador da Comunidade Pantokrator

Facebook

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo